17 agosto 2018

Pesquisa Ibope/TN: Fátima vence, com folga, primeiro e segundo turnos

Pesquisa divulgada neste sábado deixa pré-candidata petista bem à frente dos seus adversários
A senadora Fátima Bezerra (PT), pré-candidata ao governo estadual, lidera com boa margem a disputa nessa fase de pré-campanha. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) divulgada neste sábado (21), ela soma 31%.

O resultado desponta na pergunta Estimulada (quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados ao entrevistado). A pesquisa do Ibope foi encomendada pelo jornal Tribuna do Norte, com registro na Justiça Eleitoral sob os números RN-03429/2018 (TRE) e BR-07949/2018 (TSE).

Foi realizada entre os dias 14 e 17 de julho, ouvindo 812 eleitores.


Fátima Bezerra tem mais da metade das intenções de votos sobre Carlos e larga margem para Robinson (Fotos: Web)

O mais próximo adversário de Fátima Bezerra é o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), com 15%. Ou seja, menos da metade do que ela acumulou.

Em terceiro lugar apareceu o atual governador Robinson Faria (PSD), com 9%.

Carlos Alberto (PSOL) obteve 4%, o vice-governador dissidente Fábio Dantas (PSB) teve 3% e Freitas Júnior (REDE) tem 2%. O nome de Breno Queiroga (Solidariedade) não foi incluído no questionário).

Branco e ou/Nulo chegaram a 32%. A resposta Não Sabem em quem votar deu 5%. A margem de erro é de 3% (para mais ou menos) e o nível de confiança de 95%.

Espontânea

Na resposta espontânea (sem a apresentação dos nomes dos candidatos), Fátima tem 8%. Carlos Eduardo conseguiu 5% e Robinson Faria 4%.

Rejeição


Quanto à rejeição, Robinson Faria é o campeão disparado com 54%, seguido por Freitas Júnior com 21%, Carlos Eduardo Alves com 19%, Fábio Dantas somando 18%, Carlos Alberto com 15% e Fátima Bezerra sendo vista com 14%.

Segundo Turno

Numa simulação de segundo turno, Fátima Bezerra supera todos os seus adversários com boa margem. Enfrentando Carlos Eduardo, o placar aparece com 47% contra 27%. Num embate com Robinson Faria, a sua dianteira é ainda maior: 52% x 16%.

Numa hipotética disputa entre Carlos Eduardo e Robinson, os números que surgiram são estes: Carlos 42% x 17%.
Fonte: Blog do Carlos Santos

Muita comoção no sepultamento do filho do ex-prefeito de Lajes, morto em sequestro!

Sepultamento aconteceu em Lajes na manhã desta sexta (17). Benes Júnior foi morto a tiros na quarta-feira (15).

O corpo de Luiz Benes Júnior foi sepultado na manhã desta sexta-feira (17) na cidade de Lajes, interior do Rio Grande do Norte. O adolescente de 16 anos foi morto a tiros durante um sequestrorelâmpago na tarde de quarta (15). Ele é filho de Benes Leocádio, ex-prefeito de Lajes. Centenas de pessoas acompanharam o sepultamento sob forte comoção.

"Não serei o último pai a passar por essa situação de ver o filho vítima da violência. Aqui não tem um pai revoltado, nem amargurado. Aqui tem, sim, um pai sofrido com o coração sangrando", disse Benes Leocádio na Igreja Nossa Senhora da Conceição, onde foi realizada missa de corpo presente.

O corpo também foi velado em Natal durante toda a quinta-feira e seguiu para Lajes no fim da tarde. A família optou por fazer o sepultamento nesta sexta para aguardar a chegada de um irmão de Benes Júnior que estava fora do país.

"Nós, como mãe, estamos sentindo a mesma dor que essa mãe está sentindo da perda do seu filho assim precoce. Ele era uma pessoa muito querida por todos daqui de Lajes e das cidades vizinhas", disse Luciana Justino, que mora em Pedra Preta, mas veio participar da missa de Benes Júnior.

G1

RN: Debate na Band é marcado por críticas ao governador Robinson Faria; ex-prefeito deste município teve uma participação pífia


O debate da TV Band RN, que deu início ao primeiro dia de campanha dos candidatos ao Governo do RN, foi marcado por críticas ao governador Robinson Faria (PSD).

Seus sete adversários criticaram principalmente a Segurança Publica, além de problemas na Saúde e desoneração fiscal do Rio Grande do Norte.

Dois candidatos considerados nanicos, assumiram posição de destaque: o Professor Carlos Alberto (PSOL) e Freitas Júnior (Rede). Trataram de propostas e argumentaram bem em relação aos adversários.

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT) destacou suas quatro gestões à frente da Capital do RN, enfatizando que tem capacidade de ir para o Governo do Estado enfrentar e vencer os desafios.

A senadora Fátima Bezerra (PT) deu foco ao ex-presidente Lula (PT), a política nacional do seu partido e fez críticas principalmente ao governador: “Arrume a mala e se prepare para deixar o Governo”. Robinson rebateu: ““Em 2014, quando não tinha mais ninguém para a senhora se aliar, sobrou a aliança comigo. Vou tirar sua máscara”.

Breno Queiroga, candidato do Solidariedade, teve uma participação tímida, seguido pelo candidato do PSTU, Dário Barbosa.

Já Heró Bezerra (PRTB), procurou ligar sua imagem ao candidato à Presidência, Jair Bolsonaro.
Fonte: Heitor Gregório com alteração  no título feita por este  Blog

EX-PREFEITO DESTE MUNICÍPIO: PATRIMÔNIO DO CANDIDATO A GOVERNADOR BRENNO QUEIROGA EVOLUI 660,7% EM SEIS ANOS


O ex-prefeito de Olho D’Água do Borges e candidato a governador do Rio Grande do Norte, Brenno Queiroga aumentou praticamente 7 vezes seu patrimônio entre 2012 e 2018.

Em 2012, quando foi candidato a prefeito, ele declarou ter R$ 147.570,97 e agora, para eleição que se avizinha, sua fortuna quase milionária declarada gira em torno dos R$ 975.000,00.

Os dados estão disponíveis no site do TSE.

Com informações do  Advogado Igor Ramon









Vereadores situacionistas de Olho D'água do Borges aprovaram várias proposições na tarde de ontem; oposição não compareceu à Sessão

 

No final da tarde de ontem,  os Edis Fernandes Júnior,  Jéssica Queiroga, Gildênia Paiva, Maria Alexandre, Pedro Paiva e Vilmar Araújo compareceram à Sessão da Câmara Municipal e aprovaram as seguintes proposições:
- Projeto de Lei que Reconhece o "Açude do  Brejo" como local de visitação Artística, Cultural e Ambiental, de autoria da Vereadora Jéssica Queiroga;
- Projeto de Lei que Institui o "Dia do Desbravador" da Igreja Adventista do 7º Dia, de autoria do Vereador Vilmar Araújo;
- Projeto de Lei que Institui  A  Semana "Quebrando o Gelo", de autoria do Vereador Vilmar Araújo.
- Projeto de Lei que Institui o Conselho Municipal de Turismo, de autoria do Poder Executivo.
- Requerimentos também foram aprovados. A novidade foi que nenhum  Vereador oposicionista compareceu à Casa Legislativa para votar as  proposições de interesse do Município.



Campanha de 2018 será das mais restritas em propaganda de rua

A campanha eleitoral, cujo período permitido começou nesta quinta (16), será uma das mais restritas dos últimos tempos em termos de propaganda visual de rua.

Desde 2006, o legislador tem criado regras que contribuíram para diminuir a poluição visual nas cidades, em busca de redução de custos e um maior equilíbrio na disputa.

A propaganda móvel foi resumida a bandeiras e mesas para distribuição de materiais.

Bonecos e cavaletes não são permitidos. O carro de som, de que ninguém sentirá falta, teve seu uso limitado a carreatas, caminhadas e passeatas ou durante reuniões ou comícios.

Na propriedade particular, que a legislação chega ao extremo de regular, só podem ser afixados adesivos ou papel, medindo até meio metro quadrado. Pinturas, placas e faixas em muros particulares não são permitidos, conforme a reforma eleitoral de 2015.

Veja valores dos patrimônios que os candidatos a governador do RN declararam à Justiça

O governador Robinson Faria, candidato à reeleição pelo PSD, declarou à Justiça Eleitoral ter um patrimônio avaliado em mais de R$ 10,5 milhões. À frente dos outros sete adversários, ele é o candidato mais rico a disputar a eleição para o Governo do Rio Grande do Norte.

Segundo a declaração apresentada ao Tribunal Regional Eleitoral, o patrimônio de Robinson está distribuído em bens imóveis, aplicações financeiras, depósitos bancários, veículos e ações. O valor declarado (R$ 10,5 milhões) é superior ao que foi apresentado à Justiça em 2014, quando o governador disse ter R$ 8,3 milhões.

O segundo candidato mais rico na disputa para o Governo é Carlos Alberto Medeiros (PSOL). O socialista declarou à Justiça Eleitoral ter patrimônio avaliado em R$ 4,9 milhões – composto também por bens imóveis, aplicações financeiras, depósitos bancários, veículos e ações. Candidato a vice-prefeito de Natal em 2012, Carlos Alberto disse ter R$ 2,5 milhões àquela época.

Na terceira posição, aparece Carlos Eduardo Alves (PDT). Ele declarou ter atualmente R$ 3,5 milhões, valor superior aos R$ 1,9 milhão declarados em 2016, quando o pedetista disputou a Prefeitura do Natal.

Depois dele, surge Brenno Queiroga (Solidariedade), com R$ 975 mil de patrimônio – distribuídos em veículos, cotas de capital e bens imóveis.

Primeira colocada nas pesquisas de intenção de voto, Fátima Bezerra (PT) declarou ter patrimônio de R$ 807 mil. Ela é a quinta (de oito candidatos) com maior valor em bens. Ela declarou ter R$ 558 mil em 2014, quando venceu a disputa para o Senado.

CONFIRA O PATRIMÔNIO DE TODOS OS CANDIDATOS

1° Robinson Faria (PSD) – R$ 10.586.005,00
2° Carlos Alberto Medeiros (PSOL) – R$ 4.922.716,02
3° Carlos Eduardo Alves (PDT) – R$ 3.522.502,89
4° Brenno Queiroga (Solidariedade) – R$ 975.000,00
5° Fátima Bezerra (PT) – R$ 807.668,42
6° Dário Barbosa (PSTU) – R$ 215.000,00
7° Freitas Júnior (Rede Sustentabilidade) – R$ 1.103,20
8° Heró Bezerra (PRTB) – Não declarou bens

Do Agora RN

16 agosto 2018

Campanha presidencial imprevisível começa oficialmente diante de eleitorado disperso

 © 
É dada oficialmente a largada das eleições 2018 nesta quinta-feira (26) com a permissão para os 13 candidatos à Presidência da Repúblicainiciarem suas campanhas.

A partir de agora os presidenciáveis podem descaradamente, sem nenhum medo de pedir votos, anunciar o número ao eleitor e convidar para atos públicos de comício, em vez de dar outros nomes aos eventos em que anunciam suas propostas e ouvem os eleitores.

São com essas novas armas em mãos que os candidatos das eleições mais imprevisíveis dos últimos tempos tentarão conquistar o eleitorado. Uma boa parte é de indecisos e a outra de fiéis. No momento, os líderes nas pesquisas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, e Jair Bolsonaro, do PSL, estão confiantes na quantidade de eleitores cativos para seguirem para o segundo turno.
Lula e o plano fidelidade

Quem mais confia nesta tese é Lula. Mesmo de dentro da prisão, onde está desde abril cumprindo sentença da Operação Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro, o petista é um dos principais articuladores do xadrez político. Barrado pela Lei da Ficha Limpa por causa da condenação em segunda instância, ele aposta nos eleitores cativos para levar seu substituto ao segundo turno.

© Adriano Machado / Reuters Embora preso, Lula confia no eleitorado que conquistou nos 8 anos em que governou o País.A candidatura do plano B, caso seja efetiva, tem Fernando Haddad, com Manuela D'Ávila, do PCdoB, na vice. O ex-prefeito de São Paulo, derrotado pelo tucano João Doria na tentativa de se reeleger em 2016, entretanto, é pouco conhecido, especialmente no Nordeste, reduto lulista — e não tem o mesmo carisma.

Sem Lula, a tal chapa triplex, em alusão ao imóvel no Guarujá (SP) que levou à condenação do petista, já tem sido chamada de chapa para o DCE da USP.

É em meio a incertezas, sem a presença garantida em debates de TV e na propaganda eleitoral que começa dia 31, que os petistas colocam sua campanha na rua.

UERN: Matrículas curriculares no semestre 2018.1 serão abertas nesta quinta-feira



A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) inicia nesta quinta-feira (16) o cronograma de matrículas curriculares nos cursos de graduação, semestre letivo 2018.1. O primeiro dia será voltado, exclusivamente, para o trancamento voluntário do programa de estudos.

Devem efetuar matrícula todos os alunos ingressantes através do SiSU 2018, com entrada no primeiro semestre, os alunos regulares veteranos e os alunos ingressantes através do Processo Seletivo de Vagas Não-Iniciais (PSVNI).

O período para realização da matrícula será de 16 a 20 de agosto, exclusivamente na forma on-line, via Plataforma Íntegra (integra.uern.br).

Conforme o cronograma, das 9h do dia 17 de agosto, às 23h59 do dia 18 de agosto, os estudantes poderão realizar a pré-matrícula nos componentes curriculares.

O estudante poderá solicitar ajuste em sua matrícula, de forma on-line via Plataforma Íntegra, no período de 27 a 31 de agosto.

Confira o Edital.

Governo do RN paga nesta sexta (17) o 13º para quem ganha entre R$ 3 a 4 mil e atinge 75% do total

O Governo do Estado paga nesta sexta-feira (17) o décimo-terceiro de 2017 para quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, atingindo o número de 84 mil servidores ativos e inativos com décimo pago, equivalente a 75% do total de 111 mil servidores.


Com o pagamento de amanhã, 81% dos policiais militares do RN terão recebido o décimo. Os salários estão 100% em dia e sobre os 25% restantes do décimo, para salários acima de R$ 4 mil, o Governo informa que segue acompanhando as receitas, para anunciar em breve a finalização do pagamento.

No último dia 10 de julho receberam antecipação de 40% do décimo terceiro de 2018 os servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta com arrecadação própria.

Trabalhadores lotam Caixa Econômica Federal para sacar cotas do PIS

Agências da Caixa ficam lotadas de trabalhadores para sacar cotas do PIS

Agências da Caixa Econômica Federal em Mossoró ficaram lotadas de trabalhadores de qualquer idade que têm direito a cotas dos fundos do Programa de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), com direito a sacar seus recursos desde ontem (14). Mesmo com o prazo aberto até 28 de setembro, no primeiro dia de liberação dos recursos foi grande o número de pessoas nas agências. A maioria estava em busca de informações sobre como proceder para sacar o dinheiro.

“Como não tenho conta na Caixa e o valor que tenho direito não pode ser sacado nos caixas eletrônicos nem lotéricas, tive de vir até aqui enfrentar a fila”, disse o desempregado Antônio Neto de Sousa, 49 anos.

Para os estagiários que atuam na orientação dos trabalhadores que procuram a Caixa, nos próximos dias as filas devem reduzir, tendo em vista que as informações repassadas a quem já veio no primeiro dia são repassadas para outros.

Embora nas agências da Caixa o número de clientes tenha sido bem acima da média para este período do mês, nas agências do Banco do Brasil o expediente transcorreu de forma tranquila, com poucos servidores buscando informações sobre o saque das cotas do Pasep.

Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente.

Desta a terça-feira, todas as pessoas já podem sacar os recursos corrigidos. Já a partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na lei 13.677/2018.

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal pelo telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, por meio dos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Eleições 2018: período de propaganda eleitoral começa nesta quinta (16)

O período de campanha eleitoral do primeiro turno das eleições 2018 começa no dia 16 de agosto. A partir desta data, passam a ser permitidos comícios, carreatas, distribuição de material gráfico, como adesivos, cartazes, folders, santinhos, , faixas e bandeiras, além da campanha por carros de som. Os partidos e coligações poderão funcionar das 08 às 22h, realizando comícios e fazendo uso de alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos.

Estão autorizadas, até o dia 06 de outubro, véspera do primeiro turno, a distribuição de material gráfico (este material deve conter CNPJ ou CPF do responsável pela confecção, quem a contratou e a tiragem) a realização de caminhadas, carreatas ou passeatas, a divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos através de automóveis. Até 05 de outubro será permitida à inserção de anúncios pagos até um limite de 10 (dez) por veículo, em datas diversas para cada candidato, na imprensa escrita, considerando jornais e revistas, assim como a reprodução na página da internet do jornal impresso.

Entre as ações autorizadas, incluem-se também propagandas na internet, desde que não pagas e publicação em site oficial do candidato, do partido ou da coligação hospedados no Brasil ou em blogs e redes sociais bem como fazer o impulsionamento de conteúdo na internet (post pago em redes socais), desde que identificado como tal e contratado exclusivamente pelos partidos, coligações e candidatos e seus representantes, devendo conter CNPJ ou CPF do responsável e a expressão “propaganda eleitoral”.

As campanhas eleitorais acontecem em geral mediante outdoors, na imprensa e no rádio e na televisão. Durante este período existem algumas regras que disciplinam a conduta dos candidatos, partidos e coligações e que devem ser observadas. As regras veriam de acordo com o tipo de campanha (paga, gratuita, distribuição de material gráfico, comícios, passeatas e outros). Aquele que descumprir as determinações incorrerá em infração eleitoral e ficará sujeito ao pagamento de multa em valores determinados pela Justiça Eleitoral.

MPE impugna pedido de registro da candidatura de Lula

A procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge, apresentou no início da noite desta quarta-feira (15) impugnação ao registro de candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de presidente da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em petição encaminhada ao relator do caso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, Raquel Dodge afirma que o requerente não é elegível. Em janeiro de 2018, o ex-presidente foi condenado criminalmente em segunda instância, no âmbito da operação Lava Jato. Segundo a Lei da Ficha Limpa, esse fato retirou dele a capacidade eleitoral passiva.

No documento, a procuradora-geral Eleitoral apresenta certidão emitida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que confirmou a condenação determinada em primeira instância, e aumentou a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Com essa decisão, a situação do ex-presidente enquadra-se na lista de condicionantes de inelegibilidade prevista na Lei Complementar 64/1990, considerando a redação dada pela Lei da Ficha Limpa (135/2010). Segundo o texto legal, não podem se candidatar condenados em decisão proferida por órgão judicial colegiado por crimes de lavagem de dinheiro e corrupção.

Em outro trecho da impugnação, Raquel Dodge lembra que o Tribunal Superior Eleitoral já consolidou o entendimento de que condenações como a do TRF4 são causa de inelegibilidade. De acordo com a Súmula 61 da Corte, o condenado só retoma a capacidade eleitoral passiva oito anos após o término do cumprimento da pena. No caso do ex-presidente, a pena começou a ser cumprida em abril deste ano, após determinação da Justiça Federal.

Por entender que faltam ao pedido os pressupostos de validade e eficácia, o Ministério Público Eleitoral pede ao relator que o registro seja indeferido. Sustenta ainda que não há hipótese de candidatura sub judice.“Disso (da falta de capacidade eleitoral passiva) deve decorrer a rejeição liminar do requerimento, sem qualquer outro efeito jurídico que habilite o impugnado a ser considerado candidato sub judice ou a pretender o financiamento de sua candidatura com recursos públicos, que são destinados apenas a financiar campanhas dos elegíveis”, completou.

15 agosto 2018

Lula lidera com 30% das intenções de voto a menos de dois meses das eleições


Por Redação Portal T5

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera com 30,8% a pesquisa das intenções de voto para presidente na eleições deste ano. Em segundo lugar, o candidato Jair Bolsonaro obteve 22% das repostas dos entrevistados. Em seguida, Mariana Silva teve 8,1% das intenções e Geraldo Alckmin, 6,6%. O candidato Ciro Gomes obteve 5,9% e Álvaro Dias registrou 4%.

Cerca de 14% dos entrevistados na pesquisa disseram não ter candidato para estas eleições.

O questionário foi realizado pelo Instituto Paraná com 2.002 eleitores em 168 municípios dos 26 estados e no Distrito Federal.

No segundo cenário, sem o ex-presidente Lula, o número de eleitores sem candidato sobe para 23,1% e Jair Bolsonaro lidera com 23,9% das intenções de voto. Em segundo lugar, Marina Silva apresenta 13,2% dos possíveis votos. Seguem Ciro Gomes, com 10,2%, Geraldo Alckmin, com 8,5, e Álvaro Dias, com 4,9% das intenções.

Fernando Haddad como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) recebeu 3,8% das intenções neste cenário.
 
Fonte: Blog do Primo

PT registra candidatura de Lula à Presidência da República;

O vice da chapa é o ex-ministro Fernando Haddad, eventual substituto de Lula no caso de impugnação do ex-presidente.

Da Agência Brasil

O PT registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República nas eleições de outubro. O vice da chapa é o ex-ministro Fernando Haddad.

Ao registrar a candidatura, o PT declarou que o ex-presidente tem R$ 7,9 milhões em bens. Haddad declarou total de R$ 428 mil em bens à Justiça Eleitoral.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba desde 7 de abril em função da condenação a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro na ação penal do caso do triplex do Guarujá (SP).

Em tese, o ex-presidente estaria enquadrado no artigo da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados. No entanto, o pedido de registro e a possível inelegibilidade precisam ser analisados pelo TSE. O pedido funciona como o primeiro passo para que a Justiça Eleitoral analise o caso.

Lula tenta chegar ao terceiro mandato presidencial. O ex-presidente foi eleito para o cargo nas eleições de 2002 e reeleito para mandato de mais quatros em 2006. Ele começou sua trajetória política na década de 1980 como dirigente sindical em São Bernardo do Campo (SP) e é um dos fundadores do PT.

Rito

O pedido de registro de candidatura, cujo prazo para apresentação no TSE termina às 19h, não garante automaticamente ao candidato o direito de disputar o pleito.

Com o fim do prazo, o tribunal vai publicar um edital para dar publicidade aos registros. Após a publicação, o Ministério Público Eleitoral (MPE), partidos e coligações poderão impugnar as candidaturas, alegando que candidato não poderá disputar as eleições em função de alguma inelegibilidade prevista na Lei da Ficha Limpa.

Após o eventual pedido de impugnação, o ministro-relator do pedido vai decidir se o registro será aceito ou não. O prazo para decisão é 17 de setembro.

GME do mês de agosto dos servidores de escolas e das Direc's está garantida, diz SINSP/RN

A diretoria do SINSP/RN informa a categoria que a Gratificação de Mérito Educacional (GME) de agosto está garantida!

Como é esperado pelos servidores da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) lotados nas escolas e DIREDs, no mês de agosto é previsto o pagamento da Gratificação de Mérito Educacional (GME).

A direção do SINSP, cumpre mais uma vez seu papel como representante legítimo dos servidores da administração direta do RN, segue atuando para garantir que os direitos adquiridos sejam respeitados e cumpridos rigorosamente. Informamos à categoria que o pagamento da GME está garantido para este mês.

A GME é uma conquista dos servidores da educação e alcançada com muita luta e deve ser cumprida e respeitada! É importante lembrar que a GME é uma gratificação que é paga aos funcionários lotados nas escolas do Estado nos meses de fevereiro, abril, agosto e outubro. O SINSP/RN é sempre atuante, acompanhando e cobrando ao longo de todo o ano, para garantir a implantação e o pagamento da GME no contracheque dos servidores da educação.

O Sinsp/RN e os servidores da administração direta do RN uma parceria que se fortalece a cada dia, trazendo vitórias e conquistas para a categoria!

Saiba mais:

SINSP/RN cobra a GME do mês de agosto
 
 

Período e horário de funcionamento da Justiça Eleitoral no Interior do RN

Período: de 15 de agosto a 12 de outubro de 2018. O documento prevê que este prazo poderá ser estendido até 11 de novembro, em decorrência do segundo turno.
Os Órgãos da Justiça Eleitoral Potiguar funcionarão, nos dias úteis, de segunda a sexta-feira no horário das 12 às 19h. Durante os sábados e domingos, das 14h às 19h. Os Cartórios Eleitorais da capital e do interior funcionarão das 08 às 13h, para atendimento ao público externo, e das 13 às 15h, em expediente interno.

Fonte: TRE

Eleição para Presidente da República: Conheça candidatas e candidatos


 
– Alvaro Dias (Podemos)
– Cabo Daciolo (Patriota)
– Ciro Gomes (PDT)
– Geraldo Alckmin (PSDB)
– Guilherme Boulos (PSOL)
– Henrique Meirelles (MDB)
– Jair Bolsonaro (PSL)
– João Amoêdo (Novo)
– Marina Silva (Rede)
– Vera Lúcia (PSTU)

Projeto de Lei que Institui o Conselho Municipal de Turismo de Olho D'água do Borges deverá ser aprovado na Sessão da Câmara Municipal que será realizada no final da tarde desta quarta-feira (15)

  Iniciativa do Projeto que Institui o COMTUR  é do Poder Executivo que,  pede Regime de Urgência na votação.
Já a Vereadora Jéssica Queiroga apresentará  Projeto de Lei que Reconhece o Açude do Brejo como  local de 'visitação Turística, Cultural e ambiental'. Proposição deverá ser aprovada, pois trata-se de iniciativa que visa o progresso deste Município.
Secretário de Turismo agradece à Prefeita e aos Edis Jéssica Queiroga e Vilmar Araújo pela contribuição que estão dando a SEMTUR, como também as  Vereadoras e  aos Vereadores que votarão a favor.
A  Instituição do  Conselho é o primeiro passo para o Município integrar o POLO TURÍSTICO SERRANO DE MARTINS  a partir de 2019. 

Plenário da Câmara Municipal de Olho D'água do Borges

Servidores da Saúde do RN aprovam paralisação em protesto pelo pagamento do 13º salário de 2017

O Sindsaúde-RN anuncia um dia de paralisação dos servidores da saúde em todo o Rio Grande do Norte, alegando os atrasos consecutivos de salários desde janeiro de 2016 e a não conclusão do 13º de 2017.

O dia 30 será marcado pela paralisação e a concentração será no Hospital Walfredo Gurgel, o maior hospital do estado, às 9h.


Fonte: Heitor Gregório

STF nega recurso e Agripino segue réu em ação que investiga pagamento de propina na construção da Arena das Dunas


A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta terça-feira (14), um recurso da defesa do senador José Agripino Maia que tentava derrubar a denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR) que acusa o parlamentar por corrupção e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas.

Segundo a PGR, Agripino teria recebido mais de R$ 654 mil em sua conta pessoal, entre 2012 e 2014, da construtora OAS. A pedido do senador, a empreiteira também teria doado R$ 250 mil ao DEM em troca de favores de Agripino. A acusação afirma que Agripino ajudou a OAS ao destravar repasses do BNDES para a construção do estádio.

Com a decisão de hoje, ele continua réu na ação, que é um desdobramento da Lava Jato. O senador nega as acusações.

Julgamento

O recurso está na pauta da Primeira Turma do STF desde junho, quando o ministro Luís Roberto Barroso, relator, já havia dado o voto contrário ao pedido e quando o ministro Alexandre de Moraes pediu vistas. O caso voltou na pauta hoje com o voto também contrário de Moraes. Ele terminou sendo acompanhado pelos ministros Marco Aurélio Mello e Luiz Fux. Rosa Weber não participou da sessão.
 
Fonte: Blog do BG

14 agosto 2018

Eleições 2018RN: Chapa governista é fechada com encaixe de Rafael Motta

Finalmente o grupo do governador Robinson Faria (PSD) conseguiu fechar sua nominata à Câmara Federal. Depois de promover alguns “expurgos” de nomes, o chapa está pronta.

A oficialização ocorreu em registro nesta segunda-feira (13) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ficou definida como Coligação Trabalho e Superação I.


Nominata que finalmente foi fechada, após muita polêmica, tem 16 candidatos (Print: reprodução)
Fonte: Carlos Santos com pequenas retificações deste blog

URGENTE: Operação do MPRN em Caicó prende prefeito Batata e vereador de Caicó

Vereador Lobão e Prefeito Batata

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu nesta terça-feira (14) o prefeito de Caicó, Batata, o vereador da cidade Lobão e ainda um lobista suspeitos de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação.

A operação Tubérculo cumpriu três mandados de prisão, e outros seis mandados de busca e apreensão na cidade seridoense e em Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito Robson de Araújo e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos. O lobista Edvaldo Pessoa de Farias teve prisão temporária decretada.

A operação Tubérculo é desdobramento das operações Cidade Luz e Blackout. Ao todo, 12 promotores de Justiça, 22 servidores do MPRN e 28 policiais militares participaram da operação Tubérculo. Os gabinetes do prefeito e do vereador foram alvos dos mandados de busca e apreensão.
 
Fonte: Blog do BG

Prêmio Congresso em Foco: Fátima Bezerra é escolhida por jornalistas como a 4ª melhor senadora da atual legislatura

Na tradicional premiação anual do site Congresso em Foco, a senadora Fátima Bezerra foi a única parlamentar do Rio Grande do Norte relacionada entre os que se destacaram.

Entre os melhores congressistas do Senado, ela foi a quarta colocada.

A avaliação levou em conta o voto popular e de jornalistas.

O resultado foi anunciado na noite desta segunda-feira durante evento no Porto Vittoria Espaço, em Brasília.
Só puderam ser votados os congressistas que não respondem a inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal, ou ainda que exerceram o mandato por pelo menos 60 dias no atual ano legislativo.

Confira os cinco primeiros colocados do Senado de acordo com a votação dos jornalistas:
 
1º – Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
2º – Paulo Paim (PT-RS)
3º – Simone Tebet (MDB-MS)
4º – Fátima Bezerra (PT-RN)
5º – Cristovam Buarque (PPS-DF)

“Recebo com muita alegria o fato de ter sido escolhida como uma das senadoras mais bem avaliadas pelos jornalistas. Mas não recebo esse prêmio com vaidade, mas como um incentivo para continuar minha luta, fazendo política com dignidade e compromisso”, disse Fátima.

Participaram da votação 89 profissionais de imprensa de 44 diferentes veículos de comunicação.

Cada jornalista votou em até dez deputados e no máximo cinco senadores.

De acordo com a votação popular, a primeira colocação no Senado foi para a senadora Fátima Bezerra.

Em segundo lugar ficou a senadora Ana Amélia (PP-RS), indicada vice do candidato a presidente Geraldo Alckmin e em terceiro, Regina Sousa (PT-PI).

Os senadores Armando Monteiro (PTB-PE) e Paulo Paim (PT-RS) completaram a lista de 5.

De acordo com o regulamento, não puderam participar da votação os jornalistas vinculados a empresas de lobby, assessoria de comunicação ou consultoria política, assim como aqueles que exercem o cargo de assessor de deputado federal ou senador, de bancadas partidárias ou de partidos com assento no Congresso.
 
Fonte: Thaisa Galvão

Sem o 13° de 2017, militares estaduais decidem interromper as atividades no RN em setembro

Reunidos em Assembleia Geral, policiais e bombeiros militares estaduais, oficiais e praças, decidiram interromper as atividades no dia 7 de setembro caso o Governo do Estado não pague o décimo terceiro salário de 2017 até o dia anterior, 6 de setembro. A reunião aconteceu na tarde desta segunda-feira (13), no Clube Tiradentes, sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), localizada no Alecrim.

“Ainda esta semana iremos enviar um documento oficial comunicando os comandos e Governo sobre a decisão desta Assembleia, e, se o pagamento não for efetivado, os policiais e bombeiros militares vão parar, e isso inclui a nossa participação no desfile cívico”, anuncia a subtenente Célia Melo, diretora da ASSPMBMRN.

A batalha pelo 13° salário é longa. Ainda em janeiro deste ano o Governo do Estado garantiu, por meio do Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial, a efetivação do pagamento ainda no início do ano. Posteriormente, anunciou que pagaria escalonado por faixa salarial até o mês de junho. Porém, os pagamentos não foram cumpridos na totalidade e não alcançaram os militares estaduais.

“Os policiais e bombeiros militares são os responsáveis diretos pela segurança do estado, são os que estão mais expostos, com suas vidas em risco todos os dias. No entanto, também são desvalorizados com os piores salários e piores condições de trabalho entre os servidores estaduais. O pagamento do salário em dia e a efetivação do décimo terceiro são ações mínimas para a categoria diante de todo o nosso contexto”, ressalta a subtenente.


Foto: Divulgação
 
Fonte: Heitor Gregório 

DESTE BLOG: Muitas outras categorias também ainda não receberam 0 13º salário, inclusive professores aposentados que ganham acima de R$ 3.000,00

UERN/PROEG divulga resultado da quarta chamada do SiSU 2018



A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (PROEG/UERN) torna pública a relação dos candidatos da Lista de Espera do SiSU UERN 2018, que entregaram a documentação e tiveram o cadastro institucional efetivado em quarta chamada. A PROEG também divulgou a relação dos candidatos que estão em Cadastro Reserva.

As vagas são remanescentes da terceira chamada do Processo Seletivo de Vagas Iniciais da UERN – via ENEM/SiSU 2018, provenientes de cancelamentos de cadastro institucional. Os candidatos da Lista de Interesse por Vaga na UERN classificados que estão dentro do limite de vagas disponíveis tiveram o seu cadastro institucional efetivado, estando com o status de
“Cadastro Efetivado”.
O aluno cadastrado institucionalmente no 1° semestre do ano letivo de 2018 poderá efetuar a matrícula curricular no período de 16 a 20 de agosto de 2018.

Mais informações no EDITAL

Às vésperas do registro de Lula, Cármen Lúcia faz elogios à Lei da Ficha Limpa

(Crédito: Jorge William)

Às vésperas do registro da candidatura do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a Presidência nas eleições 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, destacou, nesta segunda, 13, as iniciativas populares de participação na política, ressaltando a Lei da Ficha Limpa, que tornou inelegíveis cidadãos condenados na Justiça por um órgão colegiado.

Candidato do PT à Presidência da República, Lula deve ter o registro de candidatura realizado na quarta-feira, 15, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Condenado e preso na Lava Jato, contudo, o petista deve ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa, já que teve a condenação confirmada em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4).

“Leis eleitorais, nacionais, da maior importância, são de iniciativa popular. A chamada Lei da Ficha Limpa. Foi um conjunto de cidadãos que levou ao Congresso Nacional aquilo que lhe parecia próprio. Uma lei considerada pela ONU como uma das melhores leis que existem”, assinalou a ministra durante palestra no painel ‘Democracia e poder do cidadão’, no UniCEUB, em Brasília, que também contou com a presença do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, e do ministro Tarcisio Vieira de Carvalho, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Cármen, que focou sua fala na liberdade democrática e do Direito, também comentou sobre a legitimidade de governos que foram escolhidos a partir do voto. “Eu escuto agora falar que, no plano nacional e no plano estadual, o governo ‘tal’ não tem legitimidade. Tem sim. Se foi eleito segundo as normas constitucionais e eleitorais, a pessoa que foi levada por nós cidadãos, nós eleitores, com a responsabilidade que temos com nosso País, é claro que nós temos uma legitimidade”, disse a Cármen, que deixa a presidência da Suprema Corte em setembro.

Referindo-se à expressão utilizada pelo colega, ministro Marco Aurélio, Cármen ainda falou em “tempos estranhos” e “perigosos”. “Se você fura a fila da cantina, você vira ministro e fura a fila da licitação. Cansam de me perguntar se as instituições estão funcionando, estão sim. Ministro Marco Aurélio tem a expressão dos “tempos estranhos”, estranhos e perigosos, às vezes”, acrescentou a ministra, que ressalvou, no entanto, que “se vive” de acordo com as normas e a Constituição.

Fake news

Também considerado um dos assuntos “da vez”, o tópico das fake news, como são chamadas as notícias falsas em inglês, também foi comentado. Marco Aurélio Mello, que também atua no TSE, disse que “felizmente” não houve regulamentação sobre o tema. Para o ministro, que reforçou sua posição em entrevista a jornalistas depois da palestra, o combate a disseminação das notícias falsas não deve ter caráter prévio, correndo o risco de soar como censura.

“As ideais são incontroláveis. O que nós precisamos é que posteriormente, diante de uma mentira intencional, de uma inverdade, ter as consequências jurídicas. Mas a priori, qualquer regulamentação soaria como uma censura, e ante os ares democráticos, não podemos ter censura”, afirmou o ministro.

Marco Aurélio ainda disse que o “local próprio ao protesto é a urna”, e pediu que o cidadão compreenda a responsabilidade do voto, na escolha daqueles que irão dirigir o País. “O que precisamos é de homens públicos que observem que o cargo ocupado é para servir aos semelhantes, e não para aquele que está no cargo servir em benefício próprio e em benefício da família”, ressaltou Marco Aurélio.

Isto É, com Estadão/Blog do BG

13 agosto 2018

Agosto é o mês de vacinação contra a raiva



O mês de agosto foi escolhido como o “mês do cachorro louco”. De acordo com Julia Oliveira de Camargo, veterinária e proprietária do Hospital Veterinário Dog Saúde, embora seja uma lenda muito famosa, não há nada científico que comprove o motivo dessa escolha.

Nesse mês, assim como em fevereiro, o cio fica em alta, e é muito comum os machos brigarem ou ‘ficarem loucos’ pelo acasalamento. “Como as brigas aumentam, os cachorros acabam levando mordidas e podem contrair a doença da raiva”, explica a veterinária.

Transmissão da raiva


A raiva é transmitida pelo RNA vírus do gênero Lyssavírus, encontrado na saliva dos animais. “Mordidas são as principais vias de transmissão da doença, mas ela também pode se manifestar por meio de lambidas em mucosas ou feridas abertas”, diz Julia.

Sintomas da doença

Os sintomas mais comuns são agressividade, salivação excessiva, mudanças de comportamento repentinas, paralisia dos membros, dificuldade de deglutir. Há casos menos específicos que provocam nervosismo, ansiedade, isolamento, anorexia, vômito e diarreia.

A veterinária afirma que esses comportamentos podem ocorrer logo em seguida ao contato de um outro animal doente. “Apesar da doença evoluir rapidamente, os primeiros sinais podem demorar a aparecer; alguns animais apresentam os sintomas em pouco tempo, já outros demoram meses”, destaca a especialista.

Não existe tratamento para a raiva


A doença da raiva geralmente leva o animal a óbito. “Infelizmente, são raros os casos em que ela consegue ser combatida”, lamenta a médica veterinária. Caso o animal leve uma mordida, o correto é levá-lo ao veterinário para fazer uma avaliação.

Ainda não é conhecido um tratamento eficaz para a cura da raiva. Por isso, a principal orientação é vacinar os animais. “Vacinar é um ato de amor com seu animal e com o próximo”, destaca a veterinária.

A vacinação é a única forma de prevenção da raiva


A profissional lembra que a vacinação deve ser feita por um médico veterinário de confiança. Quando filhote, ela é administrada em uma única dose, entre o quarto e o sexto mês de vida. Depois, a vacina deve ser feita anualmente. “Raramente há algum tipo de reação, mas isso depende do animal”, reitera Julia.

No Brasil, os casos de raiva têm voltado a aparecer com mais frequência. “A vacina torna-se essencial para a segurança dos animais e seres humanos e para evitar a disseminação da doença”, pondera.

A veterinária conclui que a raiva é uma zoonose (doença que é transmissível para o ser humano) e, por isso, a vacinação é a única maneira de prevenção. “Se todos vacinassem, conseguiríamos extinguir essa doença letal.”

STF libera recursos para o RN: Liminar garante compensação tributária de R$ 35 milhões ao Rio Grande do Norte

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar ao Estado do Rio Grande do Norte para garantir a compensação de créditos previdenciários no valor de R$ 35 milhões, suspensa devido a cancelamento de parcelamento com a União. Na Ação Cível Originária (ACO) 3156, o Estado reclama de cancelamento unilateral e da recusa da Receita Federal do Brasil a emitir certidão de débitos negativa ou positiva com efeitos de negativa, entendendo que está inadimplente com a União.

“Tal fato está acarretando graves e incontornáveis transtornos à administração estadual, na medida em que lhe faltam os recursos devidos da compensação previdenciária para pagar seus aposentados e pensionistas”, alegou o estado.

O ministro Edson Fachin verificou no caso perigo de dano irreparável ou de difícil reparação, além da plausibilidade jurídica nas alegações trazidas pelo estado. O relator determinou assim a expedição de certidão positiva de débitos federais com efeitos de negativa, de maneira a viabilizar a compensação previdenciária no mês de agosto. Também determinou a intimação do estado para que emende a petição inicial, de forma a permitir a realização de audiência de conciliação, atendendo aos incisos VI e VII do artigo 319 do Código de Processo Civil. Determinou ainda a citação a União para que esclareça as questões trazidas nos autos pelo Rio Grande do Norte.

Manifestação


O estado alega que a União cancelou parcelamento tributário relativo ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), sustentando que em abril deste ano a União rompeu unilateralmente o acordo. A alegação foi de que o estado havia desatendido prazo para informações sobre a consolidação do parcelamento.

Servidores públicos do RN seguem sem receber o 13º salário

O SINSP/RN vem trazer toda a indignação e revolta dos servidores públicos da administração direta do RN. O Governo do Estado anunciou esta semana na imprensa que não tem data prevista concluir o pagamento do 13º salário de 2017, para mais de 16 mil servidores públicos estaduais. Com esta atitude, o Governo assina um Atestado de Irresponsabilidade.

Mais uma vez o Governo mostra a falta de compromisso com os servidores públicos. Mais de 16 mil servidores, ativos, aposentados e pensionistas. Apenas os servidores da ativa que recebem até R$ 3 mil. Além daqueles servidores lotados em órgãos que possuem arrecadação própria ou da educação que conta com recursos do FUNDEB, receberam o 13º do ano passado.

Após dois anos de salários recebidos com atraso, os servidores públicos do RN, estão endividados, doentes, sem credibilidade nenhuma no mercado local. Antes era orgulho ser servidor público, hoje é motivo de vergonha. Hoje servidor público, não tem data para receber salário, não paga suas contas em dia, não tem crédito na praça. É ridicularizado e humilhado. Fruto de um Governo desastroso, que não prioriza o pagamento dos seus servidores.

Quem não recebeu o 13º de 2017?


A faixa de servidores públicos que recebem acima de R$ 3.001,00 ativos, aposentados e pensionistas. Não receberam o 13º do ano passado e não tem nenhuma expectativa de receber a antecipação do 13º de 2018. São mais de 16 mil servidores.

Concursos Públicos: Sete órgãos abrem inscrições nesta segunda para quase 1,2 mil vagas

Sete órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (13) para quase 1,2 mil vagas. Os concursos têm oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com postos nos estados do Amapá, Espírito Santo, Minas Gerais e Paraná.

Somente no Grupo Gestão Governamental do Estado do Amapá, há 925 vagas para profissionais de ensino médio e superior. A remuneração chega a R$ 6.830,76. Os candidatos precisam se inscrever até o dia 14 de setembro no site da organizadora do concurso.

A Polícia Militar do Paraná está com seleção aberta para o Curso de Formação de Oficiais – CFO, com 16 vagas. A remuneração pode chegar a R$ 9.544,44, e as inscrições terminam no dia 17 de setembro. Veja mais informações no site da organizadora do concurso.

Mais informações AQUI.

Para não ser fotografado ao lado de Henrique Alves, Carlos Eduardo Alves não compareceu à missa de Aluízio Alves

Henrique Alves e Garibaldi Alves cercado pelos seus amigos O candidato a governador Carlos Eduardo Alves não foi participar e rezar pela alma do seu tio e líder político Aluízio Alves não comparecendo à missa que celebrou, na noite deste sábado, 11 de agosto, os 97 anos de nascimento do pai Aluízio Alves.

Foi uma demonstração de politização das suas relações familiares..

Carlos Eduardo Alves tem uma convivência muito próxima com seu primo Henrique Alves, mas foi orientado a não participar de eventos públicos para não correr o risco de ser fotografado ao lado do seu primo réu na Justiça Federal em vários processos acusado corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro..

A missa na Cidade da Esperança foi muito mais uma ‘comissa’ que um ato puramente religioso..

Facebook Comments

12 agosto 2018

Prisão de Lula: “Moro exigiu que a gente cumprisse logo o mandado”, “30 homens estavam prontos para invadir a CUT” afirma diretor da PF

ESTADÃO CONTEÚDO

Trinta homens do Comando de Operações Táticas (COT), a tropa de elite da Polícia Federal, estavam a postos com suas armas para invadir o Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. Com mandado de prisão expedido pelo juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva resistia a se entregar.

Na primeira entrevista desde que assumiu o cargo, há cinco meses, o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, relata detalhes das negociações para levar o petista a Curitiba naquele sábado, 7 de abril. O número um da polícia se aproximou dos negociadores de Lula: “Acabou! Se não sair em meia hora, vamos entrar”. Em seguida, ordenou que os agentes invadissem o prédio no fim do prazo estipulado.

Como foi o episódio da prisão do ex-presidente Lula?


Foi um dos piores dias da minha vida. Quando eles (interlocutores de Lula) pediram detalhes da logística da prisão, nos convenceram de que havia interesse do ex-presidente de se entregar ainda na sexta (6 de abril, prazo dado pelo juiz Sérgio Moro). Acabou o dia e ele não se apresentou. Nós não queríamos atrito, nenhuma falha.

Chegou o sábado, Moro exigiu que a gente cumprisse logo o mandado. A missa (improvisada no sindicato) não acabava mais. Deu uma hora (da tarde) e eles disseram: ‘Ele vai almoçar e se entregar’.

O sr. perdeu a paciência em algum momento?


No sábado, nós fizemos contato com uma empresa de um galpão ao lado, lá tinha 30 homens do COT (Comando de Operações Táticas) prontos para invadir. Ele (Lula) iria sair em sigilo pelo fundo quando alguém, lá do sindicato, foi para a sacada e gritou para multidão do lado de fora, que correu para impedir a saída. Foi um susto. A multidão começou a cercá-lo e eu vi que ali poderia acontecer uma desgraça. Ele retornou.

Qual era o risco?

Quando tem multidão, você não tem controle. Aquele foi o pior momento, porque eu percebi que não tinha outro jeito. A pressão aumentando. Quando deu 17h30, eu liguei para o negociador e disse: ‘Acabou! Se ele não sair em meia hora nós vamos entrar’. E dei a ordem para entrar. Às 18h, ele saiu.

Houve alguma exigência?


Eles pediram para não haver muita exposição, que não humilhasse o ex-presidente, nós usamos tudo descaracterizado. Ele estava quieto o tempo todo, bastante concentrado.

Por que o ex-presidente está na superintendência da PF?

Isso não nos agrada. Nunca tivemos preso condenado numa superintendência. É uma situação excepcional. O juiz Moro me ligou, pediu nosso apoio, ele sabe que não temos interesse nisso. Mas, em prol do bom relacionamento, nós cedemos.

Recentemente, Lula mandou chamar dirigentes do PT para discutir, dentro da superintendência, a eleição presidencial. É um tratamento diferenciado?

Não somos nós que organizamos isso (as regras para visitas), mas o juiz da Vara de Execuções Penais. O Lula está lá de visita, de favor. Nas nossas novas superintendências não vão ter mais custódia. No Paraná, não vamos mexer agora. Só depois da Lava Jato.

O sr. conversou com o ex-presidente na prisão?

Eu estive na superintendência, mas não fui vê-lo. É um simbolismo muito ruim. O segundo momento tenso para a PF envolveu a ordem de soltar Lula dada pelo desembargador Rogério Favreto e a contraordem de Moro e dos desembargadores Gebran Neto e Thompson Flores, do TRF-4. Eu estava no Park Shopping, em Brasília, dei uma mordida no sanduíche, toca o telefone. Avisei para a minha mulher: ‘Acabou o passeio’.

Em algum momento a PF pensou em soltar o ex-presidente?


Diante das divergências, decidimos fazer a nossa interpretação. Concluímos que iríamos cumprir a decisão do plantonista do TRF-4. Falei para o ministro Raul Jungmann (Segurança Pública): ‘Ministro, nós vamos soltar’. Em seguida, a (procuradora-geral da República) Raquel Dodge me ligou e disse que estava protocolando no STJ (Superior Tribunal de Justiça) contra a soltura.

‘E agora?’ Depois foi o (presidente do TRF-4) Thompson (Flores) quem nos ligou. ‘Eu estou determinando, não soltem’. O telefonema dele veio antes de expirar uma hora. Valeu o telefonema.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, blindou o delegado da PF Cleyber Malta Lopes ao autorizar a prorrogação do inquérito dos Portos, que investiga o presidente Michel Temer. O sr. tentou trocar o delegado?


Não. Eu estive com o Cleyber antes de me tornar diretor-geral. Depois disso sequer o vi. Houve um momento em que eu coloquei 25 policiais para ajudá-lo. Foi no período anterior à decisão do ministro de prorrogar por mais 60 dias. Não lhe pareceu um recado o fato de o ministro especificar em sua decisão que o delegado deveria continuar à frente do caso?Acho que o ministro quis dizer que Cleyber toca bem o caso. Na linha: ‘Olhe, não tire ele, não. Se ele entrar de férias, não põe outro no lugar’.

A PF está perseguindo professores da UFSC que fizeram protestos contra agentes da operação que investigou o ex-reitor Luiz Carlos Cancellier?

Depois que o reitor se suicidou, uma situação terrível, começou um movimento de muita crítica às autoridades que participaram da investigação, a delegada, a juíza, o corregedor da universidade. Foram colocadas fotos deles dizendo: ‘autoridades que cometeram abuso de poder e mataram o reitor’. E essa faixa é exposta toda vez que fazem uma manifestação. E essas autoridades se sentiram ofendidas.

Houve necessidade de abertura de inquérito?


É a mesma coisa de colocar, por exemplo, a foto de servidores e dizer: ‘Esses indivíduos estupraram alguém’. É uma acusação seriíssima. E esses indivíduos, cada vez que saem da oitiva, dizem que estão sendo perseguidos. Não é uma investigação contra a universidade. É de crime contra a honra.

Mas o inquérito não pode ser uma forma de censura?

Tem outros meios de protestar que não acusar uma autoridade de abuso.

O sr. é um gestor, um técnico. Como evitar que o próximo presidente nomeie um delegado amigo para a diretoria da PF?


Tem policial com viés político. E isso é legal. Mas será que um desses, se tornando diretor-geral, é bom para a instituição? A gente teve um exemplo recente que se provou que não é. Se o gestor não tiver legitimidade interna, ele não consegue permanecer. Eu não tenho influência nas investigações. Facebook Comments

Translate