26 março 2019

Conheça os Bares, Restaurantes e Pousada deste município Certificados pelo "CADASTUR' do Mtur

Prestadores de Serviços estão Certificados pelo "CADASTUR" do Ministério do Turismo como Prestadores de Serviços Turísticos.
Secretaria de Turismo ainda espera que outros Comerciantes/Prestadores de Serviços  façam seus cadastros no Cadastur. Interessados compareçam à Semtur ou façam cadastro acessando o seguinte link: https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/sou-prestador/inicio
Olho D'água do Borges: Trabalho para Avançar no "Lugar Acolhedor".

VEJA CERTIFICADOS

NOME DE FANTASIA:  "RESTAURANTE SABOR DA TERRA"
NOME DE FANTASIA: "POUSADA ACONCHEGO"
NOME DE FANTASIA: "ZN LANCHES"
NOME DE FANTASIA: "APOIO A EVENTOS"
NOME DE FANTASIA: "O BAR DA PRAÇA"

Após tragédia, Professores da Escola Raul Brasil, em Suzano retornam às atividades


Reuters/Ueslei Marcelino/Direitos Reservados

Professores da Escola Raul Brasil, em Suzano, retornam às atividades

Os professores da Escola Estadual Professor Raul Brasil retomaram ontem  (25) às atividades para dar continuidade ao ano letivo. O retorno dos alunos está programado para amanhã (26), a partir das 7h com as boas-vindas de toda a equipe da escola.

As aulas na Raul Brasil estão suspensas desde o dia 13, quando dois ex-alunos de 17 e 25 entraram na unidade, armados e encapuzados para um ataque que deixou sete alunos mortos, além de 11 feridos. Eles também morreram no ataque.

Na sexta-feira (22), professores, gestores e a equipe pedagógica da Secretaria Estadual de Educação, além de instituições parceiras, reuniram-se para elaborar as diretrizes pedagógicas da retomada das atividades regulares na escola.

De acordo com a secretaria, diversas instituições se colocaram à disposição para dar continuidade aos trabalhos na escola, tanto no âmbito pedagógico quanto no suporte psicológico de alunos e funcionários.

Entre os parceiros estavam o Centro de Apoio Psicossocial (Caps); o Centro de Referência e Apoio à Vítima (Cravi); a Universidade Braz Cubas; a Universidade Cruzeiro do Sul; o Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Suzano; a Neuroconecte; o, Conselho Regional de Psicologia; a Defensoria Pública; a Secretaria Municipal de Educação de Suzano; a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Universidade Federal Mato Grosso do Sul (UFSM).

Agência Brasil

Vereador de Natal é atacado por um jumento no meio da rua

O vereador Sueldo Medeiros (PHS), da Cãmara Municipal de Natal, foi mordido por um burro quando atravessava avenida Rodrigues Alves, no bairro Tirol. O animal estava sendo utilizado para tracionar uma carroça, que se encontrava parada no canteiro.

O caso aconteceu na tarde do último sábado (16), mas o parlamentar disse que não se feriu. Apenas teve a camisa rasgada.

Veja mais...

BOLSA FAMÍLIA: MEC inicia acompanhamento da frequência escolar de 2019



Foto: Divulgação

A impressão dos formulários para registro da frequência escolar dos estudantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) está disponível desde o dia 13 último, para instituições que ainda não contam com o sistema informatizado. O prazo para registro dos beneficiários que têm de seis a 17 anos começa no próximo dia 1º de abril e será encerrado às 23 horas e 59 minutos do dia 25 de abril. Este é o primeiro dos cinco períodos de coleta e registro dessas informações ao longo do ano e se refere aos meses de fevereiro e março de 2019.

Os gestores municipais devem levar os formulários para as instituições de ensino que ainda não têm o sistema informatizado, que os devolvem devidamente preenchidos, para que o gestor providencie a inclusão dos dados no Sistema Presença. No caso das escolas informatizadas, os dados podem ser incluídos diretamente no sistema, sem a necessidade de impressão do formulário. Em qualquer dos casos, o prazo de registro – 1º a 25 de abril – é o mesmo.

O esforço conjunto do governo federal, das administrações estaduais e das prefeituras envolve uma rede de aproximadamente 56 mil profissionais da educação, mobilizados ao longo de cinco períodos bimestrais. “É um importante instrumento da garantia do direito à educação, sobretudo, das populações mais vulneráveis”, destaca a coordenadora geral de Acompanhamento da Inclusão Escolar do MEC, Simone Medeiros.

Ela explica que o levantamento identifica também os motivos que levaram os estudantes a ter uma baixa frequência escolar. “Isso permite a construção de indicadores e a produção de diagnósticos socioeducacionais e territorializados de situações de acentuada vulnerabilidade social. Essas informações, portanto, são uma ferramenta fundamental para ações de combate ao abandono e à evasão, disponível aos gestores dos diferentes níveis de governo”, detalha a coordenadora. De acordo com dados previamente levantados pela área, 13,8 milhões crianças e adolescentes serão acompanhados nos dois meses iniciais de 2019.

Além das informações prestadas pelos gestores do programa no Sistema Presença, é necessário que as famílias atualizem seus dados no Cadastro Único nos casos em que houve mudança de escola. Elas também devem informar às escolas sua condição de beneficiárias do PBF. A mesma orientação é direcionada aos responsáveis pelas crianças que completaram seis anos depois de 31 de março de 2018 ou que completarão essa mesma idade até 31 de março de 2019, pois ingressarão na faixa etária de acompanhamento do programa.

“A atualização dessas informações é fundamental para a identificação dos estudantes, o monitoramento de sua frequência escolar e o recebimento do benefício do Programa Bolsa Família condicionado à educação. Para realizá-la com sucesso é preciso que a família compareça, com CPF ou título de eleitor, ao setor responsável pelo Cadastro Único no seu município”, explica Simone Medeiros. Fonte: MEC

5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN acontecem nesta semana em Natal

Este município deverá participar apenas no próximo ano.


A capital potiguar recebe nesta semana, nos dias 29 e 30, o 10º Fórum de Turismo do RN e a 5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur), no Centro de Convenções. Analisar, debater e apontar estratégias para a melhoria do turismo norte-riograndense são focos nas palestras durante os dois dias de evento.

Na edição 2019, está confirmada a presença de 36 municípios e mais de 60 expositores para a Femptur. Além da novidade da Ilha de Capacitação, que traz oficinas, entre elas, “Tendências Tecnológicas do Turismo”; “Oficina de Fotografia com Smartphones” e mais. A Feira é aberta ao público, das 14h às 22h e sem cobrança de estacionamento.

Stands com produtos turísticos e legitimamente potiguares, como queijos, manteigas, cachaças, doces de frutas, biscoitos e castanhas estarão disponíveis para comercialização; artesanato, exposição fotográfica, feira de agricultura familiar tudo faz parte do roteiro e o visitante poderá, ainda, adquirir pacotes promocionais de viagem. E, claro, atrações culturais, como grupos folclóricos, bandas e orquestras de vários municípios. Entre os destaques o novo espetáculo cênico-musical “Terra do Descobrimento”, de Touros-RN. Na parte gastronômica, cardápio variado: da pizza de frutos do mar ao crepe de queijo de coalho; da carne de sol ao camarão. E um dos restaurantes presentes, está o Paçoca de Pilão, conhecido por todos que passam pela praia de Pirangi-RN.

Já para o Fórum de Turismo é necessário realizar inscrição através da página: www.forumdeturismorn.com.br. Dentre as principais discussões a serem abordadas no evento, está no painel de abertura “O RN vai decolar – como incrementar a malha aérea para Natal”, em duas palestras: “Integração dos aeroportos na cadeia produtiva do Turismo”, com o gerente de Desenvolvimento do RIOgaleão, Bruno Reis e “Os gargalos da aviação comercial brasileira”, através do presidente da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz. Como debatedores, o diretor de Novos Voos da Inframérica, Roberto de Oliveira; da secretária de Turismo do RN, Ana Maria Costa; o presidente da ABAV-RN, Abdon Gosson e o presidente da ABIH-RN, José Odécio.

Sustentabilidade, impactos socioeconômicos, case de sucesso e o RN na Segunda Guerra Mundial também serão temas em palestras do Fórum. O evento conta com apoio da Prefeitura do Natal, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, SEBRAE-RN, Fecomércio-RN, Banco do Nordeste, DataShow, SERHS Natal Grand Hotel e InterTV.

Confira programação completa AQUI.

Setur/RN realizou Oficinas de Remapeamento em todos os Polos Turísticos do RN

Oficina de Atualização do Mapa do Turismo 2019 – Polo Seridó. Data: 26/03 – 08h Local: CDL – Currais Novos Governo do Estado do Rio Grande do Norte


Foi realizado na manhã do dia (19) oficina de Remapeamento do Polo Serrano, em Pau dos Ferros. Pela Setur participou a coordenadora operacional e interlocutora do Programa de Regionalização junto ao MTur, Carmen Vera Araújo de Lucena e as tecnicas Mércia Motta(Setur) e Vera Barreto(Emprotur). #polo

Oficinas de Atualização do Mapa do Turismo 2019 dos Polos Serrano e Costa Branca foram  realizadas  nos dias 19/03 e 20/03 nas cidades de Pau dos Ferros e Mossoró!

25 março 2019

Fortes Chuvas registradas no último final de semana no RN

  

Martins(Particular) 172,5

João Dias(Emater) 120,0
São Rafael(Emater) 71,0
São Rafael(Particular Ii) 71,0
Patu(Particular) 68,0
Riacho De Santana(Emater) 64,0
Porto Do Mangue(Prefeitura) 63,2
Venha Ver(Emater) 62,0
Jose Da Penha(Emater) 60,0
Campo Grande(Particular 2) 59,7
Campo Grande(Particular) 56,5
Parau(Prefeitura) 53,5
Lucrécia (Emater) 51,2
Grossos 51,0
Major Sales(Prefeitura) 50,4
Tibau(Prefeitura) 50,3
Riacho Da Cruz(Emater) 50,2
Portalegre(Particular) 47,5
Luis Gomes(Delegacia) 46,0
Dr. Severiano(Emater) 45,0
Água Nova(Prefeitura) 44,0
Rafael Fernandes(Emater) 41,6
Rafael Godeiro(Emater) 41,6
Areia Branca(Emater) 41,2
Coronel João Pessoa(Emater) 30,0
Pilões (Prefeitura) 29,3
Mossoró (Prefeitura) 26,1
Janduís (Emater) 26,0
Parana(Emater) 26,0
Baraúna (Emater) 20,5
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 18,5
Francisco Dantas(Emater) 17,0
Vicosa(Prefeitura) 15,0
Itaja(Emater) 10,0
Jucurutu(Emater) 10,0
Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) 10,0
Pendencias(Ana) 9,1
Assu(Particular) 8,8
Ipanguacu(Emater) 8,5
Messias Targino(Prefeitura) 8,4
Olho D’agua Dos Borges(Particular) 5,7
Apodi(Base Fisica Emparn) 5,2
Pau Dos Ferros(Particular) 5,0
Sao Francisco Do Oeste(Prefeitura) 2,3
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 2,1
Caraubas(Particular) 1,0

MESORREGIAO CENTRAL POTIGUAR
Sao Joao Do Sabugi(Emater) 145,0
Florania(Sitio Jucuri) 77,5
Carnauba Dos Dantas(Emater) 71,3
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 46,0
Santana Do Matos(Emater) 45,0
Angicos(Prefeitura) 44,7
Santana Do Serido(Emater) 36,9
Sao Jose Do Serido(Associacao Usuarios Agua) 28,9
Pedro Avelino(Particular) 27,3
Caico(Acude Itans) 25,3
Parelhas(Emater) 22,9
Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 22,2
Jardim De Angicos(Emater) 19,0
Caico(Emater) 18,1
Macau(Posto Nosso Barco) 18,1
Bodo(Emater/trf p/delegacia) 16,9
Guamare(Lagoa Doce) 13,9
Cruzeta(Base Fisica Da Emparn) 12,5
Sao Bento Do Norte(Prefeitura) 12,0
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 8,7
Currais Novos(Sec Meio Amb. Ex Cersel) 8,6
Macau(Defesa Civil (ex-emater)) 7,3
Sao Vicente(Emater(ex-particular)) 6,2
Cerro Cora(Emater) 6,1
Ouro Branco(Sindicato Trab.rurais) 5,0
Acari(Particular) 3,7
Sao Fernando(Emater) 2,6

MESORREGIAO AGRESTE POTIGUAR
Coronel Ezequiel(Particular) 29,0
Jacana(Emater) 26,7
Monte Das Gameleiras(Emater) 14,0
Joao Camara(Centro Saude) 5,4
Monte Alegre(Emater) 5,0
Tangara(Emater) 4,6
Parazinho(Emater – Ex-particular) 3,5
Bento Fernandes(Riacho Dos Paus-part.) 3,0
Ielmo Marinho(Prefeitura) 2,5
Serrinha(Emater) 1,9

MESORREGIAO LESTE POTIGUAR
Maxaranguape(Particular) 33,0
Ceara Mirim 30,0
Natal 27,4
Baia Formosa(Destilaria Vale Verde) 11,3
Extremoz(Emater) 11,2
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 8,1
Sao Goncalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 1,5

Enem 2019: Edital é divulgado com taxa de inscrição no valor de R$ 85,00

Foto: Reprodução

O edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A publicação está disponível noDiário Oficial e no novo hotsite da prova.


O exame será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. Conforme comunicado anteriormente, as inscrições deverão ser feitas de 6 a 17 de maio.


Neste ano, a taxa a ser paga será de R$ 85. Na edição de 2018, era de R$ 82. Ela deverá ser quitada entre os dias 6 e 23 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e correios.

Novidades na edição de 2019


Nesta edição do exame, os lanches levados pelos candidatos serão revistados. Além disso, haverá as seguintes novidades:

novo sistema de inscrição;
inclusão opcional de foto na inscrição;
espaço com linhas para rascunho da redação;
espaço para cálculos no final do caderno de questões;
surdos, deficientes auditivos e surdocegos poderão indicar, na inscrição, se usam aparelho auditivo ou implante coclear.

Estrutura da prova

No primeiro dia de prova, em 3 de novembro, serão aplicadas as provas de:

linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias.
duração: 5h30

No segundo domingo, dia 10 de novembro, será a vez das questões de:

ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.
duração: 5h

Pedidos de isenção


Os pedidos de isenção da taxa de inscrição irão do dia 1º de abril ao dia 10 do mesmo mês. Assim como em 2018, esse processo será feito antes do período de inscrições para o exame. Terão direito à gratuidade:

estudantes que estejam cursando o último ano do ensino médio na rede pública;

candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;

aqueles que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Em todos esses casos listados acima, o participante deverá ter documentos que comprovem a condição declarada. Informar dados falsos pode acarretar a eliminação no exame.

Aqueles que pleitearem a isenção saberão do resultado em 17 de abril, no site do Enem. É importante lembrar que, mesmo conseguindo esse benefício, o candidato não estará inscrito automaticamente no Enem. Ele precisará, assim como os demais, fazer a inscrição regular.

Justificativa de ausência

Caso o estudante tenha conseguido a isenção em 2018 e faltado aos dois dias de prova, precisará justificar sua ausência entre as 10h do dia 1º de abril às 23h59 do dia 10 de abril, na página oficial do Enem. Ele terá de anexar documentos que comprovem a necessidade de ter faltado à prova.

Caso a justificativa seja recusada ou sequer informada, o candidato terá de pagar a taxa de inscrição em 2019.

Cartão de confirmação


O cartão de confirmação de inscrição será disponibilizado em outubro. Ele traz dados como: número de inscrição,

data/hora/local de prova;
atendimento especializado e ou específico
opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Acessibilidade


O candidato que necessitar de recursos de acessibilidade para fazer a prova deverá solicitá-lo entre os dias 6 e 17 de maio.

Atendimento especializado:

Autismo
Baixa visão
Cegueira
Deficiência auditiva
Deficiência física
Deficiência intelectual (mental)
Déficit de atenção
Discalculia
Dislexia
Surdez
Surdocegueira
Visão Monocular

Atendimento específico


Gestante
Idoso
Lactante
Estudante em Classe Hospitalar
Outra Situação Específica

Uso do nome social


O uso de nome social deverá ser solicitado entre os dias 6 e 17 de maio.

Calendário


Pedido de isenção: 1º a 10 de abril
Justificativa de ausência no Enem 2018: 1º a 10 de abril
Resultado da solicitação de isenção: 17 de abril
Solicitação de recursos caso a isenção seja negada: 22 a 26 de abril
Pedido de atendimento especial ou de uso de nome social: 6 a 17 de maio
Pagamento da taxa de inscrição: 6 a 23 de maio
Inscrições: 6 a 17 de maio

G1
Provas: 3 e 10 de novembro

Governo do RN negocia venda da conta do Estado com bancos públicos e privados

O Governo Fátima Bezerra (PT) está negociando com bancos públicos e privados para decidir com qual ficará as contas dos servidores estaduais. Não existe nada ainda fechado, mas a instituição financeira que fizer a melhor proposta, ficará com a conta do Estado. O governo espera arrecadar uma boa quantia com essa operação, para ajudar na missão de pagar os salários  atrasados dos servidores.

Calendário para atualização do Mapa do Turismo Brasileiro

Municípios terão de 1º de abril a 30 de julho para enviarem documentos para análise das Unidades da Federação. Novo mapeamento deverá ser publicado em agosto

01 de abril a 30 de julho de 2019: Cadastramento e inserção dos documentos no Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo, através do endereço  eletrônico www.sistema.mapa.turismo.gov.br, e validação das Regiões Turísticas junto aos Fóruns e/ou Conselhos Estaduais de Turismo.
31 de julho de 2019: Encerramento do Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo.
01 a 15 de agosto de 2019: Ministério do Turismo faz coletânea do banco de dados do Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo.
Agosto de 2019: Publicação da Portaria que define o número de municípios e regiões turísticas que deverão compor o Mapa do Turismo Brasileiro 2019.

24 março 2019

Tribuna: Pesquisa mostra aprovação da gestão de Fátima Bezerra superior aos índices de votos nas eleições de 2018

A pesquisa divulgada neste sábado pela Tribuna do Norte, mostrou que em Natal, onde o candidato derrotado a governador, Carlos Eduardo Alves (PDT), foi o mais votado, a governadora Fátima Bezerra (PT) vem sendo bem avaliada, e até subindo no quesito popularidade.

Segundo a pesquisa, feita só em Natal, Fátima cresceu em relação aos dois turnos das eleições, e alcança hoje, só na capital, 47% de simpatia da polulação.

Levando em consideração as eleições do ano passado, veja os números de Fátima.

No primeiro turno ela chegou a 29% dos votos dos natalenses:



No segundo turno, só em Natal, Fátima fechou com 39%.


Passados 3 meses de gestão, a aceitação da governadora é de 47% só na capital.


A popularidade da governadora Fátima Bezerra poderia estar mais positiva, caso a pesquisa tivesse sido feita em todo o Estado, como deveria ser, afinal de contas, gestão estadual tem que ser avaliada em todo o Estado.

Mas, a pesquisa da Tribuna ouviu apenas 800 pessoas em Natal.

Deixou claro que não interessava, de jeito nenhum, mostrar uma governadora bem avaliada.

Levando em conta os números da campanha passada em todo o Estado, e não somente em Natal, relembre o resultado das urnas:




Então, se a aprovação da gestão em Natal hoje é superior ao índice de votos na capital, certamente se a pesquisa tivesse sido feita em todo o Estado, a aprovação da gestão de Fátima hoje ultrapassaria também o índice de votos que alcançou: 57%.

Porém… não era esse o interesse da pesquisa.

PODER QUE PODE: Ezequiel promulga lei do 13º e terço de férias

Presidente promulga lei (Foto: Assessoria/AL)

O presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) promulgou nesta sexta-feira a lei que regulariza o pagamento de 13º e terço de férias para deputados estaduais.

O documento está no Diário Oficial do Estado.

A lei prevê pagamento dos benefícios de forma retroativo aos anos de 2017 e 2018 para os deputados da legislatura gerando uma grande polêmica nas redes sociais.

O projeto deveria ser sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT), mas ela “lavou as mãos”.

Água e turismo sustentável




Trilha do Passo do “S”, em Jaquirana (RS). Crédito: Divulgação/Prefeitura de Jaquirana

Assim como o corpo humano, mais de 70% da terra é constituída por água. Apenas 3% é de água doce e estima-se que menos de 1% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios subterrâneos. Daí a importância do uso racional da água doce e preservação dos rios, mares e geleiras, inclusive para o lazer. O turismo responsável é uma das formas de conscientização e conservação dos recursos hídricos. O Brasil é o primeiro país do mundo em recursos naturais segundo o Fórum Econômico Mundial, sendo responsável por 12% das reservas de água doce do planeta.

A água é o principal atrativo de alguns dos destinos turísticos brasileiros mais visitados como a Amazônia, o Pantanal, as Cataratas do Iguaçu e o arquipélago de Fernando de Noronha, todos reconhecidos pela Unesco como patrimônio natural da humanidade, tamanha é a importância de cada ecossistema para a biosfera, além da beleza cênica e uma infinidade de atrativos turísticos. O turismo de sol e mar é também a principal oferta turística da costa do Brasil atraindo brasileiros e estrangeiros em busca de lazer e cenários paradisíacos.

O Distrito Federal, conhecido como "Berço das Águas", está rodeado de nascentes como as do Parque Nacional da Água Mineral e mais de 30 cachoeiras, além do Lago Paranoá que banha Brasília, todos com atividades esportivas, de lazer e ecoturismo. As águas do Planalto Central alimentam as bacias do Amazonas, São Francisco e Paraná. No entorno da capital federal, o estado de Goiás é rico em atrativos turísticos que aliam história e natureza. Entre os destinos mais famosos estão Pirenópolis; a antiga capital, Goiás; e a Chapada dos Veadeiros, outro patrimônio natural da humanidade que abrange cinco municípios repletos de cachoeiras em meio ao Cerrado. A mais recente “descoberta”, a cachoeira do Label, em São João da Aliança, já é considerada a maior queda d`águas de Goiás com 187 metros de altura.

Em São Paulo, o Circuito das Águas, na Serra da Mantiqueira, é um roteiro que abrange oito cidades e valoriza as propriedades medicinais da água como atrativo turístico. O turismo é voltado para cura, repouso e lazer com banhos de imersão, hidromassagem, ducha escocesa, limpeza de pele e massagens. Além do poder de cura da hidroterapia, a oferta turística na região é variada. Águas de Lindoia, Amparo, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro contam com atividades de aventura, esportes radicais, ecoturismo, turismo rural e histórico, gastronomia, artesanato, compras e opções de hospedagem em chalés, pousadas e hotéis com a tranquilidade das cidades do interior.

No Rio Grande do Sul, a região dos Campos de Cima da Serra, já famosa pelos cânions e cachoeiras dos Aparados da Serra, na divisa com Santa Catarina, abriga outros encantos como o rio Tainhas. No Passo do “S”, em Jaquirana, a 38km de Cambará do Sul, o turista se depara com a deslumbrante paisagem por onde os tropeiros cruzavam o rio sobre um lajeado de 80 metros de largura em forma de “S”. O visitante pode fazer a travessia a pé, de carro ou a cavalo. Um pouco adiante a água despenca do lajeado formando a Cachoeira do Passo do “S” com 100 metros de altura.

REPRESAS – Os lagos artificiais são muito explorados pelo turismo de natureza e aventura. Os cânions do São Francisco, entre Alagoas e Sergipe, resultaram do represamento do Velho Chico para geração de eletricidade para o Nordeste. Um dos estados mais ricos em recursos hídricos, como a Serra da Canastra que abriga a principal nascente do Rio São Francisco, Minas Gerais tem um mar sem ondas a 600 km do litoral. O lago de Furnas, além de gerar energia elétrica e abastecer a população, beneficia o turismo nos 34 municípios banhados pela represa. Capitólio é o principal destino mineiro de praias de água doce. Passeios de lancha, escuna e chalana levam os turistas aos diferentes recantos do lago com suas praias, cânions, grutas e cachoeiras. Também são praticados esportes aquáticos como stand up paddle e jet ski, além de atividades de aventura como escaladas, rapel e rafting.

23 março 2019

CONCURSO PÚBLICO: Governo do RN convoca 88 novos professores entre efetivos e temporários





O Governo do Estado publicou, na edição desta sexta-feira, 22, do Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de 30 professores para o quadro efetivo da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura. Trata-se da primeira convocação de educadores deste ano. Esses profissionais serão distribuídos pelas unidades de ensino estadual espalhadas pelas 16 diretorias regionais de Educação e Cultura.

A convocação, que é referente ao edital 001/2015, em substituição aos candidatos que não se apresentaram na última convocação de 2018. O DOE também traz a convocação de outros 58 professores temporários, referente aos editais Nº 001/2017 e 001/2018 SEE/RN. Estes irão atuar nas 57 escolas do Estado que possuem turmas de educação profissional.

Os professores efetivos são das áreas de Pedagogia (anos iniciais e educação especial), Biologia, História, Química, Sociologia, Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física e Especialista de Educação (suporte pedagógico). Já do eixo tecnológico, os temporários atuarão nas disciplinas Informática, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Industrial e Sistemas Elétricos, Segurança no Trabalho, Administração, Meio Ambiente, Energia Renovável, Nutrição e Dietética, Manutenção e Suporte em Informática, Turismo, Agroecologia, Mineração e Edificaç
2400 × 1600 ões.

Os convocados as vagas efetivas terão trinta dias, a partir desta publicação, para se apresentarem nas Direcs para as quais os aprovados se inscreveram com a documentação exigida no edital de 2015. Os convocados dos editais Nº 001/2017 e 001/2018 terão vinte dias, a partir da data da publicação no Diário Oficial do Estado. Toda a documentação, exames exigidos e local para inspeção médica admissional e entrega de documentos estão listados na convocação.

Confira o link das convocações de acordo com editais abertos:


Convocação de efetivos edital 001/2015 AQUI
Convocação de temporários edital 001/2017 AQUI
Convocação de temporários edital 001/2018 AQUI

CONVOCAÇÃO GERAL AQUI

RUMO A BRASÍLIA: Mais de 4 mil pessoas inscritas na XXII Marcha; GO, Estado mais próximo, aumenta participação

O número de inscrições para a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que será de 8 a 11 de abril, atingiu um novo patamar. Ao chegar aos mais de 4 mil participantes, aumentam as expectativas do movimento para um público recorde. Nas últimas edições, mais de 7 mil pessoas passaram pelo Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) espera que, entre os presentes, pelo menos 3 mil sejam prefeitos.

A 19 dias do evento, realizado anualmente na capital federal, lideranças municipalistas têm reforçado o convite nos Estados. Na primeira reunião de 2019 do Conselho Político da Confederação, composto pelos representantes das 27 entidades estaduais, os presidentes acordaram em mobilizar os gestores e acompanhar os números de inscrições. O objetivo é reunir, em Brasília, a maior representatividade da administração local para demonstrar a união e a força do movimento.

Esta edição irá coincidir com os 100 dias de gestão do governo do presidente Jair Bolsonaro e a possibilidade de apresentar e defender os pleitos municipais tem feito gestores das cinco regiões do Brasil confirmarem a participação. Por ser o Estado mais próximo de Brasília, Goiás pode ter uma das maiores comitivas. Nesta semana, o número de prefeitos inscritos já ultrapassou o de participantes do ano passado.

Há, até o momento, 86 pessoas de GO confirmadas na Marcha, sendo 62 chefes do Executivo municipal. Em 2018, vieram à capital apenas 58 prefeitos dos 246. Reconhecendo o papel do Estado, a facilidade de deslocamento e as contribuições que os gestores goianos têm a fazer, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, reforçou o convite. No vídeo, ele fala dos temas a serem abordados no encontro com o governo federal e o Legislativo, como o pacto federativo.

Pelo potencial de representatividade em nível nacional – Goiás é o sétimo Estado do país com maior número de entes municipais e líder no Centro-Oeste -, o presidente da Federação Goiana de Municípios (FGM) e prefeito de Campos Verdes (GO), Haroldo Naves também convoca os gestores.

22 março 2019

UERN/PROEG divulga relação de possíveis desligados dos cursos de graduação



A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROEG) divulgou relação de alunos possíveis desligados (por abandono de curso e por decurso de prazo máximo) dos cursos de graduação da UERN, referente ao semestre letivo 2018.2.

O desligamento por abandono de curso por parte do aluno é caracterizado pela não efetivação de matrícula curricular ou de trancamento de programa de estudo em um semestre letivo regular, após benefício já concedido do trancamento compulsório, tal como descrito no artigo 145 do Regulamento de Cursos de Graduação; ou a não comunicação de sua transferência para outra Instituição de Ensino Superior (IES) no prazo previsto no § 1º do artigo 172 do Regulamento de Cursos de Graduação.

A apreciação do recurso do aluno possível desligado por abandono de curso far-se-á mediante processo formalizado junto à secretaria do departamento acadêmico do curso ao qual o aluno é vinculado, em formulário próprio (Anexo 2), nos seus respectivos horários de funcionamento, devendo ser encaminhado à Câmara de Ensino de Graduação do CONSEPE, a fim de que sejam adotadas as providências de protocolo e análise, acompanhado por histórico escolar e justificativa devidamente assinada pelo requerente.
 
Relação dos Possíveis Desligados dos Cursos vinculados ao Campus Avançado de Patu:



Ciências Contábeis/CAP Anaci Pereira Arruda dos Santos (Abandono de Curso)
Thagillo Nascimento Benjamim (Abandono de Curso)
Thalita Gabrielle Souza dos Santos (Abandono de Curso)
Neliany de Paiva Lima (Por decurso de prazo)
Tauanny Kesley de Sousa Vieira (Por decurso de prazo)
Vanessa Alves de Oliveira (Por decurso de prazo)

Letras/CAP Elvislânia Lemos da Silva (Abandono de Curso)
George Vagner de Souza Brito Alves (Abandono de Curso)
Janielly Pereira de Moura (Abandono de Curso)
Maria Luiza Silva Nunes (Abandono de Curso)
Rayana Rane Dantas de Lira Andrade (Abandono de Curso)

Matemática/CAP Alberto Mirelles de Sousa (Abandono de Curso)
Dercio Avelino Bezerra (Abandono de Curso)
Francisco Eloi de Souza (Abandono de Curso)
Joelma de Sousa (Abandono de Curso)
José Inácio Gama da Silva (Abandono de Curso)
Maria Edonaria Dantas dos Santos Oliveira (Abandono de Curso)
Paloma Cristina Bezerra de Oliveira (Abandono de Curso)
Rozana Bezerra Marinho (Abandono de Curso)
Clarice Caroba de Souza (Por decurso de prazo)
Edjaide Almeida da Costa (Por decurso de prazo)
Francisco das Chagas Gomes Oliveira (Por decurso de prazo)
Germano da Silva Sousa Neto (Por decurso de prazo)
Joelisom de Moura (Por decurso de prazo)
Jonnata Tavares da Silva (Por decurso de prazo)
Juciana Martins de Souza (Por decurso de prazo)
Tiago Batista de Oliveira Andrade (Por decurso de prazo)
Veridiano de Oliveira Maia (Por decurso de prazo)
 
Pedagogia/CAP Maria Aparecida da Silva (Abandono de Curso)
Suelene Maria de Miranda Oliveira (Abandono de Curso)
Aline Mariele da Silva Cavalcante (Por decurso de prazo)
Mercya Rayckssa Dantas da Rocha (Por decurso de prazo)

Ciências Contábeis/Núcleo de Alexandria

Omar de Freitas Barreto Junior (Abandono de Curso)

Pedagogia/Núcleo de Alexandria

"Regionalização do turismo" será discutida em Minas Gerais, São Paulo e Brasília

Encontros vão reunir gestores municipais, das instâncias de governança das regiões turísticas e interlocutores do Programa de Regionalização do Turismo dos estados

Lago de Furnas em Capitólio (MG). Crédito: Prefeitura de Capitólio

O “Mar de Minas” como é chamada a região do entorno do Lago de Furnas será palco, nesta sexta-feira (22), de um encontro marcado para discutir as ações do Ministério do Turismo para o desenvolvimento dos destinos e regiões turísticas. Durante o evento realizado em Nepomuceno (MG) serão apresentados ainda os programas de apoio da Pasta para financiamento e fomento do turismo pelo setor público e privado. A apresentação do Programa de Regionalização do Turismo (PRT) será feita pela coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo, Ana Carla Moura, durante a assembleia da Associação dos Municípios do Lago de Furnas, que reúne 34 gestores dos municípios banhados pela represa.

Já no dia 25, será a vez do PRT ser discutido com os gestores e empreendedores do Circuito Lago de Furnas, região turística formada por 10 municípios conhecerem as estratégias do MTur em Paraguaçu (MG). Ana Carla destacou que a presença dos municípios no Mapa do Turismo Brasileiro, que está em processo de atualização nos estados, é fundamental para que o destino integre o PRT através de uma região turística e possa receber recursos para projetos inscritos no Sistema de Convênios do Governo (Siconv), além de financiamentos para gestores públicos e privados através do Prodetur + Turismo e do Fundo Geral do Turismo (Fungetur).

O Cadastur, que reúne os prestadores de serviços turísticos, como meios de hospedagem, agências e guias de turismo, é outro programa que facilita o acesso aos financiamentos e a presença dos municípios no novo mapa, cuja versão atualizada será divulgada no segundo semestre deste ano. “Será uma oportunidade de discutirmos parcerias e participação em programas do MTur relacionados à atração de investimentos, acesso ao crédito, cadastramento e fiscalização de prestadores de serviços turísticos, planejamento do turismo regional, eventos, infraestrutura e estruturação de produtos turísticos”, disse Thayse de Castro, presidente do Circuito Turístico Lago de Furnas.

Ana Carla Moura destacou que essas reuniões têm como objetivo construir e pactuar parcerias para atuação conjunta e integrada entre as instâncias de governança, responsáveis pelas regiões turísticas, os interlocutores do PRT nos estados e o Ministério do Turismo. “Nosso propósito é aprimorar a interlocução, as experiências do setor turístico e sanar gargalos apresentados sobre esses temas de grande interesse para o desenvolvimento do turismo brasileiro”, disse. Ela ressaltou, ainda, a importância do PRT para as regiões turísticas e os destinos onde o turismo, de fato acontece.

No dia 27, em Ribeirão Preto (SP), será a vez do Consórcio de Municípios da Mogiana. A região turística formada por 36 cidades do Nordeste do estado vai discutir o Mapa do Turismo Brasileiro que, na atual fase, poderá sofrer modificação em sua composição. Já no próximo dia 28, Brasília vai reunir representantes de outras Instâncias de Governança Regionais como a Trilha dos Inconfidentes (MG), do Vale do Ribeira (SP) e de Ilha Grande e Pedro Segundo, no Piauí.

Deputado Bernardo Amorim reconhece o trabalho da UERN




Em visita à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o reitor Pedro Fernandes conversou com o deputado estadual Dr. Bernardo sobre a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ele entregou ao parlamentar o Relatório de Informações da FUERN, com o resumo dos dados e informações orçamentárias do exercício fiscal 2019 da FUERN, a participação do orçamento da Instituição no orçamento do Poder Executivo Estadual e alguns resultados de gestão.

O deputado reconheceu a importância da UERN, principalmente para o interior do Rio Grande do Norte, e colocou o mandato à disposição da Universidade. “A gente precisa de um olhar diferenciado para a UERN. Tenho convicção da importância da Universidade por ser uma Instituição que é uma referência no Estado por oferecer ensino superior público, gratuito e de qualidade, além de desenvolver inúmeros projetos que transformam a vida das comunidades em que a Universidade está inserida”, afirmou.

O reitor Pedro Fernandes apresentou ainda alguns indicadores sobre a Instituição, destacando o percentual orçamentário da UERN frente ao Estado do Rio Grande do Norte, que é de 1,92%, referentes a folha de pessoal e custeio, não havendo previsão orçamentária para investimento.

Pedro Fernandes explicou ao parlamentar que de acordo com relatório do próprio Tribunal de Contas do Estado (TCE), não existe impedimento legal para o investimento em educação superior no Rio Grande do Norte. “A Constituição Federal determina o investimento de 25% do orçamento estadual prioritariamente na educação básica. Se o Estado direciona mais de 23% para a educação básica, e menos de 2% para o ensino superior, ele está cumprindo a Constituição. Além disso, a UERN também colabora de forma direta com a educação básica, na medida em que é responsável pela formação de mais de 90% dos professores que atuam na educação básica no interior do Rio Grande do Norte, além de ofertar cursos de mestrado em todas as áreas do conhecimento”, explicou.

Outra informação importante apresentada pelo reitor foi o trabalho de captação de recursos para a Universidade, seja através de emendas parlamentares ou da participação em editais. Nos últimos cinco anos, a Instituição conseguiu captar R$ 27 milhões em emendas, que são direcionadas para o investimento.

O deputado se comprometeu em agendar uma visita à Universidade e conhecer, entre outros projetos desenvolvidos, os ambulatórios da Faculdade de Medicina, em Mossoró.

Acompanharam o reitor na visita, a vice-reitora Fátima Raquel Morais e o pró-reitor de Planejamento, Iata Anderson.
Fonte: Site da UERN

22 de março é dia de luta contra a reforma da Previdência

Para presidente da CUT, sindicatos têm de derrubar o discurso do governo Bolsonaro e mostrar que reforma é ruim para o trabalhador.

Roberto Parizotti


Reunião das centrais sindicais decide mobilização dia 22 de março

A CUT, Força Sindical, CTB, UGT, CSB, intersindical Luta e Organização, CSP-Conlutas, Intersindical-Central da Classe Trabalhadora, CGTB e NCST decidiriam, em reunião nesta terça-feira (26), em São Paulo, realizar, em 22 de março, um Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência. A mobilização, segundo os sindicalistas, é um aquecimento rumo a uma greve geral em defesa das aposentadorias.

Na avaliação dos dirigentes, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 06/2019) que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) entregou ao Congresso Nacional na semana passada é muito pior do que a do ilegítimo Michel Temer (MDB), derrubada pelos trabalhadores e trabalhadoras depois da maior greve geral da história, em abril de 2017.

A PEC da reforma de Bolsonaro dificulta o acesso e reduz o valor dos benefícios ao estabelecer a obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens, 62 para as mulheres e aumenta o tempo de contribuição de 15 para 20 anos, além de retirar da Constituição o sistema de Seguridade Social brasileiro.

“Todos são prejudicados, os que já estão e os que vão entrar no mercado de trabalho, os aposentados e os que estão prestes a se aposentar”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas, reforçando que é preciso fazer uma grande manifestação para barrar a aprovação desta reforma”

A única saída é o enfrentamento – Vagner Freitas

Além do dia de mobilização, as entidades decidiram aumentar a pressão junto aos parlamentares, seja em suas bases ou nos aeroportos, em todos os locais onde eles circulem para que todos saibam que se “votar, não volta”.

A CUT e demais centrais deverão se reunir também com os movimentos sociais, lideranças partidárias e religiosas, estudantes e mulheres para deliberar uma forma conjunta de luta contra o fim da aposentadoria.

Os sindicalistas também endossaram o apoio ao 8 de março, Dia Internacional da Mulher, para mostrar as trabalhadoras que elas são as mais prejudicados com a reforma da previdência.

Pelas regras atuais, uma mulher de 55 anos e com 25 anos de contribuição teria de trabalhar mais cinco anos para se aposentar por idade e conseguir receber o benefício integral. Ou seja, estaria aposentada aos 60 anos e com 30 anos de contribuição.

Mas, a reforma de Bolsonaro, além de impor a idade mínima de 62 anos tem regras de transição duríssimas. Se o Congresso aprovar a PEC, essa mesma mulher terá de trabalhar mais sete anos (55 + 7 = 62) para se aposentar por idade. Ainda assim, ela só chegaria a 32 anos de contribuição (25 + 7 = 32) e não se aposentaria com o benefício integral, que, pelas novas regras, vai exigir, no mínimo, 40 anos de contribuição.

EDUCAÇÃO: Governo reafirma parcerias para avançar na Educação



A governadora Fátima Bezerra – acompanhada do vice-governador Antenor Roberto e dos titulares da pasta de Educação, Getúlio Marques e Márcia Gurgel – reforçou o compromisso de fortalecer a educação no Estado por meio de parcerias com os municípios, dirigentes de educaçãoe o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) durante abertura do 17º Seminário da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), que está sendo realizado nesta quinta (21) e sexta-feira (22) no Centro de Convenções de Natal.

“Devemos nos unir cada vez mais para defender as conquistas e avanços que tivemos nos últimos anos e não permitir de maneira alguma retrocessos. Temos que garantir aquilo que é a essência da escola e do ensino: a liberdade de aprender e ensinar, pois educação se faz com diálogo, autonomia e respeito”, enfatizou Fátima Bezerra.

Ela reafirmou o compromisso de, agora como governadora, fortalecer a educação do Estado: “Esta professora, que hoje está à frente dos destinos do estado do RN, não medirá esforços para que, com as parcerias, possamos avançar para que o Rio Grande do Norte se destaque como um dos estados que mais certificou os municípios com o selo Unicef.”

Na ocasião, a chefe do Executivo anunciou a adesão do Rio Grande do Norte ao programa Busca Ativa Escolar, realizado em parceria com o Unicef, Undime, com o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Fátima destacou que a plataforma vai em direção ao Plano Estadual de Educação, uma vez que a estratégia visa contribuir com os municípios e estados para o enfrentamento da exclusão escolar, além de garantir o direito de acesso, permanência e aprendizagem na idade certa de cada criança e adolescente. “A busca ativa traz um componente muito importante que é a ação intersetorial, a ação articulada principalmente entre Educação, Assistência Social e a Saúde”, acrescentou.

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, alertou que o RN tem hoje 50 mil crianças e adolescentes fora das escolas e que 154 mil têm idade inadequada à série escolar. E complementou: “A educação também perpassa por outras temáticas como prevenção à gravidez precoce e às drogas. E a resposta a todas essas temáticas necessita de ações articuladas entre Estado e municípios.”

Também participaram da solenidade o deputado estadual Kleber Rodrigues; o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli; o prefeito de São Paulo do Potengi e presidente da Femurn, Leonardo Araújo (Naldinho); o presidente da Undime Nacional, Alessio Costa; os presidentes estaduais Alexandre Soares (Undime/RN) e José Aurélio (Undime/CE); demais representantes do Unicef e gestores municipais e estaduais da Educação.

Prisão de Temer agrava atrito institucional; amigos têm medo de ele ‘não resistir’ ao processo

Para políticos e magistrados, a prisão de Michel Temer esgarçou ainda mais o tecido institucional do país. A decretação do encarceramento preventivo —sem julgamento, portanto— sinalizaria não só um ataque à “velha política” como também um chamado a novo embate entre cortes superiores e Lava Jato. Amigos do emedebista duvidam da capacidade emocional do ex-presidente de resistir ao processo. Litúrgico, ele não teria estofo para lidar com a detenção e o cerco a familiares, como a filha.

MOREIRA FRANCO


A prisão de Moreira Franco, o ex-ministro de Temer que é casado com a sogra do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), formou rápido e sólido cordão de solidariedade em torno do democrata.

Aliados de Maia demonstraram profunda irritação com a reação de bolsonaristas nas redes, decretaram o fim da reforma da Previdência, prometeram retomar o projeto que pune o abuso de autoridade e adiaram a saída de Brasília.

Postagem feita por Carlos Bolsonaro após a prisão de Temer e Moreira foi vista como uma afronta ao presidente da Câmara. Ministros foram avisados de que o estrago havia sido grande e houve cobrança para uma intervenção definitiva de Jair Bolsonaro sobre os filhos.

PAINEL / FOLHA

TCE: Escola de Contas adota novo conceito de encontros regionais com gestores e inicia ciclo 2019 por Natal

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) definiu um novo modelo para os encontros regionais de orientação a gestores municipais promovidos pela Escola de Contas Professor Severino Lopes de Oliveira. O ciclo de 2019 terá como tema “Redesenhando a gestão pública – do planejamento ao controle”, cujo objetivo é otimizar o planejamento na gestão de prefeituras e câmaras municipais no intuito de priorizar os recursos públicos e reduzir erros por falta de conhecimento.

O ciclo de 2019 começa pelo polo de Natal, dia 3 de abril, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), no bairro Nossa Senhora de Nazaré. O encontro vai abranger 68 municípios da região e terá novo formato: será realizado em apenas 1 dia, das 8h às 18h, com uma metodologia prática que, além da presença dos assessores, requer a presença dos prefeitos e presidentes da câmaras municipais até o final evento.

Outra novidade é que ao final do evento os gestores deverão manifestar sua opinião e tomada de decisão quanto às propostas que serão apresentadas: para as prefeituras, orientação e apoio técnico programado sobre planejamento e controle na aplicação dos recursos; para as câmaras, proposta de realização de ciclo de capacitação do poder legislativo, exclusivamente para os vereadores, presidentes e equipe responsável pela administração da Casa.

A definição do novo formato dos encontros regionais, também conhecidos como Escola Itinerante, foi coordenada pelo Conselheiro Tarcísio Costa, que está de volta à direção da Escola de Contas – setor que foi criado durante sua gestão na Presidência da Corte. As diretrizes e mudanças foram definidas em reuniões com os parceiros do TCE nos eventos: Federação dos Municípios do RN (Femurn) e Federação das Câmaras Municipais (Fecam).

As inscrições para o polo Natal estão abertas e podem ser realizadas pelo link http://www.tce.rn.gov.br/EscolaContas/Inscricoes. São disponibilizadas quatro vagas para cada prefeitura e quatro para cada Câmara Municipal, incluindo prefeitos e presidentes de câmaras.

METODOLOGIA
Serão utilizados procedimentos de metodologia ativa, por meio de técnicas onde os participantes terão papeis coadjuvantes junto aos instrutores e facilitadores dos temas apresentados. Na aprendizagem ativa, o processo ensino-aprendizagem não ocorre de forma passiva, com os participantes, apenas recebendo e anotando informações, mas sim, desenvolvendo a consciência crítica, por meio da motivação, além do estimulo à autonomia e à autodeterminação dos participantes do processo, centrados na realidade em que estão inseridos.

Para isto, durante o Encontro, serão utilizados os resultados do IEGM, apresentando aos gestores públicos presentes, os índices alcançados pelos seus municípios e mostrando de forma simplificada os problemas reais a serem utilizados como estratégia para motivá-los a ter interesse pelo planejamento como ferramenta, na busca de soluções adequadas e corretas.

Desta forma, as experiências reais de alguns municípios poderão ser apresentadas na “Mesa de Debates” relacionando-as à resolução dos problemas de cada um, de forma criativa e participativa. Exposta a problematização, os participantes se concentrarão em busca da resolução de problemas, de forma realista e participativa.

PROJETO

Iniciado em 2015, em parceria com a Federação dos Municípios do RN (Femurn) e Federação das Câmaras Municipais do RN (Fecam), o projeto de encontros regionais, também chamado de ‘Escola Itinerante’, tem como principal prevenir a ocorrência de desvios e irregularidades, principalmente aqueles ocasionados pela falta de informação adequada. São discutidos temas como planejamento e orçamento municipal, Lei de Acesso à Informação e Portal da Transparência, funcionamento do sistema SIAI, execução da despesa pública, entre outros.

Translate