18 setembro 2019

Gestores municipais de Turismo confirmam presenças em Seminário que será realizado pela SETUR/RN nesta quinta-feira (19) em Natal. Confira




ERCÍLIO GOMES SUASSUNA, MEMBRO DO COMTUR, TAMBÉM PARTICIPARÁ DO EVENTO.

INUSITADO: Projeto obriga candidato ficha suja a informar situação em propaganda eleitoral



Tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) projeto que estabelece a obrigatoriedade da informação sobre candidatos ficha suja em propagandas eleitorais. O PL 4.911/2019 aguarda designação do relator na comissão.

O projeto do senador Jorge Kajuru (Patriota-GO) altera a lei das eleições (Lei 9.504, de 1997), para estabelecer que materiais publicitários utilizados na propaganda eleitoral de candidatos declarados inelegíveis pela Lei da Ficha Limpa contenham a informação “este candidato foi incurso na Lei Complementar nº 64/1990 e considerado ficha suja”. A Lei 64/1990 trata de casos de inelegibilidade, prazos de recursos e outros assuntos relacionados à eleição.

O PL assegura ao eleitor a informação sobre situação de inelegibilidade em que o candidato venha a incorrer após a formalização do pedido de registro de sua candidatura. Kajuru afirma que com a obrigatoriedade da informação, caberá ao eleitor informado a decisão política de dar ou não seu voto a um candidato ficha suja.

“É objetivo do projeto de lei propiciar o acesso do eleitor a toda informação relevante a respeito dos candidatos, de modo a garantir a deliberação refletida dos eleitores e sua responsabilidade política pela atuação dos mandatários eleitos”, justifica o senador.

O projeto foi inspirado em uma proposição de conteúdo similar apresentada pelo ex-senador Cristovam Buarque em 2012.

Maria Helena sob supervisão de Paola Lima – Agência Senado

Feriados nacionais em 2020: Quatro serão prolongados


No último sábado foi comemorado o dia da Independência do Brasil. Na ocasião, foi mais um feriado, de quatro, que em 2019 os brasileiros não puderam usufruir durante a semana. No entanto, no que tange os “feriadões”, o ano de 2020 será diferente. Ao todo, teremos 10 feriados nacionais durante a semana, isso sem contar os estaduais e municipais. Boa parte deles será próximo aos sábados e domingos, o que pode facilitar a presença de pontos facultativos, originando o “feriadão”.

Em 2019, cinco datas proporcionaram os feriados prolongados, mas quatro folgas coincidiram em um sábado ou um domingo. No ano que vem, os feriadões serão o dobro. Em janeiro, o 1° dia do ano será quarta-feira. Já a terça-feira de carnaval, será no dia 25 de fevereiro. Em março, não teremos feriados nacionais, já em abril serão dois: no dia 10, a sexta-feira da semana santa, e no dia 21, comemorado o dia de Tiradentes. Dias depois, já em maio, o dia do trabalhador (1°) será numa sexta-feira. Seguindo o ano, em junho o feriado de Corpus Christi, dia 11, vai acontecer numa quinta-feira, boa possibilidade para ponto facultativo na sexta-feira dia 12. Julho e agosto também não terão feriados.

No segundo semestre, em setembro, o dia 7 da Independência será na segunda-feira. A comemoração da Padroeira do Brasil também será em uma segunda-feira (12). Ainda no mesmo dia da semana, a segunda-feira, será o dia 2 de novembro, data de Finados. Por fim, em dezembro, o Natal (25) vai cair numa sexta-feira.

Para quem não sabe, a diferença entre feriado e ponto facultativo é que no segundo o empregador não é obrigado a liberar os funcionários. O Carnaval e o dia de Corpus Christi, por exemplo, são pontos facultativos, mas que normalmente têm ampla adesão. Outra curiosidade é que normalmente na Quarta-Feira de Cinzas não se trabalha no período da manhã e em alguns casos, o trabalhador também é liberado por todo o dia.

Feriados nacionais de 2020

1° de janeiro (quarta-feira); Confraternização universal

25 de fevereiro (terça-feira); Carnaval

26 de fevereiro (quarta-feira); Cinza

10 de abril (sexta-feira); Sexta Santa

21 de abril (sexta-feira); Tiradentes

1° de maio (sexta-feira); Dia do trabalhador

11 de junho (quinta-feira); Corpus christi

7 de setembro (segunda-feira); Independência

12 de outubro (segunda-feira); Padroeira do Brasil

2 de novembro (segunda-feira); Finados

25 de dezembro (sexta-feira); Natal

O Tempo

Assembleia Legislativa promove sessão solene em homenagem aos 51 anos da UERN



A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (AL/RN) promoverá uma sessão solene em homenagem aos 51 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A solenidade será no dia 27 de setembro, no Teatro Lauro Monte.

Na ocasião, serão homenageadas personalidades que se dedicaram e se dedicam ao crescimento e fortalecimento da Instituição no Estado. As homenagens serão prestadas ao reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto, ex-reitores, pró-reitores, diretores de unidades, professores e técnicos-administrativos, representando toda a comunidade acadêmica.

A Sessão Solene foi proposta pelo deputado estadual Alysson Bezerra. “Sempre reconheci a importância da UERN para Mossoró e para o Rio Grande do Norte, principalmente para garantir o acesso das pessoas mais carentes ao ensino superior. Quase 90% dos alunos da UERN são de baixa renda e estudaram a vida inteira na rede pública. Esse é um dado muito importante e aumenta a nossa responsabilidade em defender essa Instituição”, justificou o deputado à época que a proposição foi aprovada.

A solenidade será realizada dentro da programação comemorativa dos 51 anos da Universidade. Toda a comunidade acadêmica está convidada a participar da celebração.

Homenageados na sessão solene
Cicília Raquel Maia Leite
Elenilson José de Lima
Francisco Cavalcante de Sousa
Francisco Dantas de Medeiros
Francisco Elineudo de Freitas
Hubeônia Morais de Alencar
Humberto Henrique Costa Fernandes do Rego
Iata Anderson Fernandes
Jailson José dos Santos
Lucia Musmee Fernandes Pedrosa de Lima
Padre Sátiro Cavalcanti Dantas
Pedro Fernandes Ribeiro Neto
Verônica Carlos de Oliveira Rodrigues

17 setembro 2019

Incêndio atinge região da Serra do Lima, em Patu, desde esta segunda-feira


Várias espécies de animais morreram em busca salvamento.
Um incêndio foi registrado nas proximidades da Serra do lima, em Patu. Ele começou por voltas das 15h e ainda está sendo combatido pelo Corpo de Bombeiros. O fogo está destruindo a vegetação nas proximidades da Serra do Lima
O fogo começou por voltas das 15 horas desta segunda-feira, 16

Um incêndio foi registrado nas proximidades da Serra do lima, em Patu. Ele começou por voltas das 15 horas desta segunda-feira, 16, e ainda está sendo combatido pelo Corpo de Bombeiros. O fogo está destruindo a vegetação nas proximidades da Serra do Lima.

A Prefeitura informou que deslocou para o local várias equipes e carros pipas da cidade, mas devido a grande quantidade de fogo e vento forte não obteve sucesso. O executivo municipal solicitou ao comando do Corpo de Bombeiros em Natal providências.

O combate ao incêndio foi interrompido durante a madrugada desta terça-feira, 17, quando os bombeiros conseguiram conter as chamas e precisaram atender outras ocorrências. O trabalho foi retomado nesta manhã para tentar controlar totalmente o fogo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os danos foram somente ambientais, sem feridos ou construções atingidas. Santuário do Lima não corre risco, segundo informações.

O Corpo de Bombeiros disse que ainda não é possível dimensionar a área atingida. Não há feridos até o momento e nenhuma edificação foi danificada.

Ainda não há confirmação de como o incêndio começou, "mas a vegetação seca e os ventos fortes aumentam o perigo de queimadas nesta época do ano", alertou o Corpo de Bombeiros.

Na Carta de Natal, governadores do Nordeste criticam a “drástica” redução da presença da Petrobras na região

 Do Blog Thaisa Galvão

Terminada a reunião no Hotel Barreira Roxa, os governadores dos estados da região Nordeste divulgaram a Carta de Natal.

Confira a íntegra:
       

Terminada a reunião no Hotel Barreira Roxa, os governadores dos estados da região Nordeste divulgaram a Carta de Natal.

Confira a íntegra:

UERN: Mestrado em Ensino inicia seleção de alunos regulares


A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN/POSENSINO), realizado em associação com a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), lançou edital que estabelece as normas do processo seletivo para o preenchimento das vagas do curso de Mestrado Acadêmico em Ensino.

São ofertadas 32 vagas, sendo 23 vagas para o público em geral e três para professores e servidores técnico-administrativos das IES que compõem a associação ampla sendo uma vaga por instituição.

Ainda são reservadas outras três vagas para servidores do IFRN e mais três vagas para candidatos com deficiência comprovada pela Junta Multiprofissional da UERN.

O período de inscrições será entre 16 de setembro a 13 de outubro de através do SIGAA, no link:

https://sigaa.ufersa.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?aba=p-processo&nivel=S .

Outras informações no edital AQUI

Anexos

Quadro de Vagas

Requerimento para pessoas com deficiência

Referências

Modelo de projeto de pesquisa

Tabela de pontuação da prova de títulos

Capa da Playboy dedica revista a Bolsonaro: “Maior machista do Brasil”

A brasileira Mariah Fernandes, de 27 anos, posou para a capa da revista Playboy de Portugal, mas diz que nunca posaria da mesma forma no Brasil. O motivo? “É um país machista e liderado por um cara machista e homofóbico”, disse, se referindo ao presidente Jair Bolsonaro, em entrevista à publicação.

Como forma de protesto, ela autografou um exemplar da revista e enviou ao presidente, com uma dedicatória bastante crítica: “Bolsonaro, com carinho, para o maior machista do Brasil”.

ATRASO: Governo Bolsonaro avalia autorizar congelamento do salário mínimo

O Ministério da Economia estuda um mecanismo para autorizar o congelamento do salário mínimo em situações de aperto fiscal. A ideia é retirar da Constituição a obrigatoriedade de que o valor seja corrigido pela variação da inflação.

A medida seria incluída na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que altera regras fiscais e está em tramitação no Congresso.

De autoria do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), o texto está na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara e é debatido por um grupo de parlamentares, representantes do Ministério da Economia e técnicos de Orçamento no Congresso.
A proposta traz gatilhos que seriam acionados em situações de risco de descumprimento de regras fiscais. A versão original da matéria não prevê o congelamento do salário mínimo, mas o governo articula a inclusão desse novo gatilho no texto. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo e confirmada pela Folha.


A regra que viabilizava reajuste do salário mínimo acima da inflação deixou de valer neste ano. Agora, a nova mudança iria além, permitindo o congelamento do mínimo, sem reposição da inflação.

Pedro Paulo confirma que a previsão é uma proposta do Ministério da Economia. Para o deputado, entretanto, antes de qualquer iniciativa desse tipo, o governo deveria se empenhar na defesa da proposta.“Enquanto o governo não se manifestar claramente a favor da PEC, não tem que ficar discutindo colocar mais medidas”, disse.

A Constituição define que o salário mínimo deve ter reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo.

Com a medida estudada pelo governo, essa previsão deixaria de existir. O congelamento do salário mínimo seria permitido para ajudar no ajuste fiscal por um período. Uma das hipóteses é que o valor fique travado por dois anos.

Como o governo tem gastos atrelados ao salário mínimo, como as aposentadorias, a medida traria alívio ao Orçamento. Hoje, para cada real de reajuste do piso salarial do país, a União amplia suas despesas em R$ 300 milhões.

Para o ano que vem, o governo prevê que o reajuste levará o mínimo de R$ 998 para R$ 1.039. O aumento leva em conta apenas a inflação.

Caso, por exemplo, o governo congelasse o valor atual, a economia aos cofres públicos no ano que vem seria de R$ 12,3 bilhões.

A proposta vai em linha com a defesa do ministro Paulo Guedes (Economia) de retirar amarras do Orçamento. O ministro argumenta que as contas públicas têm excesso de gastos obrigatórios, vinculados e indexados.

R$ 300 milhões é o impacto nas contas públicas de cada R$ 1 de reajuste no de reajuste no salário mínimo

R$ 1.039 é a previsão de valor para o mínimo em 2020

R$ 12,3 bilhões seria a economia em 2020 caso o mínimo ficassem congelado nos valores de hoje

FOLHAPRESS

Programação do 1º Seminário Eleições 2020


16 setembro 2019

Muitos concursos com inscrições abertas

Pelo menos 201 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (16) e reúnem 29.630 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 30.404,42.

Confira a lista completa Aqui

Governadora do RN, Fátima Bezerra destina quase 11 milhões para a UERN em quatro anos

A governadora Fátima Bezerra está destinando quase 11 milhões de reais para a UERN.

A governadora incluiu a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte no Fundo Estadual de Combate à Pobreza (FECOP), garantindo à instituição, precisamente R$ 10.879.200,00 (dez milhões, oitocentos e setenta e nove mil e duzentos reais) nos próximos 4 anos.

O dinheiro chegará à universidade em quatro parcelas, a partir do próximo ano.

Em 2020, serão R$ 2.721.600,00. Em 2021, mais R$ 2.052.000,00.

Em 2022, R$ 2.457.600,00

E em 2023, R$ 3.648.000,00.

O dinheiro será para ações da assistência estudantil. “É uma vitória muito grande para UERN em parceria com o Governo do Estado através da Sethas. Agradecer a governadora Fátima Bezerra e à secretária Íris. A gente fica satisfeito e poderemos fazer várias ações com bolsas, restaurantes e bibliotecas. Faremos o melhor uso para a maior quantidade de pessoas”, disse o reitor da UERN, Pedro Fernandes

Diário Oficial do RN traz relação de aprovados no Processo Seletivo para Professores e Especialistas

Clique AQUI  e acesse relação, conforme publicação no DOE/RN, edição de 13/0/2019

SETUR/RN realiza Seminário de Turismo

      
 A Secretaria de Estado do Turismo irá realizar no dia 19 de setembro de 2019, no horário das 08h00 às 18h00, em Natal, Seminário sobre Institucionalização e Fortalecimento das Instâncias de Governança Regionais – IGRs, para os membros dos 05 Conselhos Regionais de Turismo do Rio Grande do Norte, em atendimento às diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo do Ministério do Turismo. Serão convidados o Ministério do Turismo e palestrantes de outros estados que apresentarão experiências de sucesso com Instâncias Regionais já institucionalizadas.

15 setembro 2019

Morre o cantor Roberto Leal

Roberto Leal Foto: Divulgação 
 
Morreu na madrugada deste domingo, no Hospital Samaritano, em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, vítima de câncer de pele. A informação, veiculada pelo jornal lusitano "O Público", foi confirmada pelo político patrício José Cesário, amigo do artista, que publicou a notícia em sua página do Facebook: “Hoje acordamos com um enorme choque. O nosso amigo, grande Português no Brasil e no Mundo, António Joaquim Fernandes, o grande Roberto Leal, acabou de falecer. A tristeza é enorme! Portugal e o Brasil estão de luto."

Leal nasceu em 1951, na aldeia de Vale da Porca, no norte de Portugal. Ele emigrou para São Paulo aos 11 anos, acompanhado pelos nove irmãos e pelos pais. Na maior cidade do Brasil, o português trabalhou como sapateiro e vendendor antes de se lançar na vida artística, nos anos 1970.
PUBLICIDADE

Durante quase meio século de carreira, o cantor, marcado por um repertório romântico e popular, acumulou sucessos como "Arrebita" e "Bate pé" — ambas parodiadas pelos Mamonas Assassinas em "O vira" —, vendendo mais de 15 milhões de discos. No total, foram dois álbuns de diamente, cinco de platina e 30 de ouro.Famoso tanto no Brasil quanto em seu país natal, Leal havia anunciado em janeiro que lutava contra um câncer. O cantor deixa mulher e três filhos. Entre eles, o músico e produtor Rodrigo Leal

MILIONÁRIO: Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 120 milhões na quarta-feira

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.188 da Mega-Sena, que estava acumulada em R$ 100 milhões. Agora, a estimativa da Caixa é que a loteria pague R$ 120 milhões na quarta (18).

Já na quina teve 154 apostas vencedoras e cada uma vai receber R$ 47.474,72 . Na quadra, 13.387 apostas ganharam R$ 780,19 cada.

Confira os números sorteados:

02 – 17 – 21 – 28 – 51 – 60


De acordo com a Caixa, o ganhador tem 90 dias corridos, após o sorteio, para sacar o prêmio. Caso o sortudo não compareça em uma agência no prazo estabelecido, o valor é repassado ao Tesouro Nacional e investido no Fundo de Financiamento Estudantil.

Prêmios acima de R$ 1.903,98 podem ser retirados somente em agências da Caixa. A partir de R$ 10 mil, os prêmios são pagos dois dias após a apresentação da aposta premiada em uma agência do banco.

Para proteger o prêmio e garantir que ninguém mais o retire, a Caixa orienta que o ganhador, antes mesmo de sair de casa, se identifique no verso da aposta com nome completo, número do documento de identificação e CPF.

No caso de aposta premiada realizada pelo Internet Banking CAIXA, o ganhador deve imprimir o jogo feito por ele e comparecer até uma agência do banco com a documentação. Nesse caso, o prêmio é pago apenas ao titular da conta, não sendo necessário informar os dados no verso do recibo.

Próximo sorteio

O próximo concurso está acumulado em R$ 105.570.573,43 e será sorteado na quarta (18). A estimativa é que o prêmio chegue a R$ 120 milhões.

A aposta mínima, com seis dezenas, custa R$ 3,50 e a possibilidade de acerto na Mega-Sena é de 1 em pouco mais de 50 milhões.

AGOR SP

14 setembro 2019

FESTA NO INTERIOR: Empresário Valcides Sales é o aniversariante de hoje (14). Felicitações do Editor deste Blog ao ilustre conterrâneo

Casal Valcides-Joseilma no dia das Bodas de Prata.
O empresário bem sucedido  Valcides Sales comemora mais um aniversário no dia e noite de hoje, mas o Blog ainda não descobriu o local do churrasco - que deve ser farto.
Repórteres estão em busca de informações sobre o local da festa.

De qualquer forma, desejo-lhe muitas felicidades na vida pessoal e profissional.

Governo do RN inicia pagamento do funcionalismo neste sábado

Várias categorias recebem apenas 30% na primeira parcela e 70% na última parcela do final do mês.


O Governo do Estado inicia o pagamento de setembro com o depósito de pouco mais de R$ 205 milhões na conta de 90 mil servidores ou quase 80% do funcionalismo estadual neste sábado, 14, para quem tem conta Banco do Brasil. Aos demais, o salário será depositado nesta segunda-feira, 16,. Os outros 20% também receberão dentro do mês trabalhado, no próximo dia 30 de setembro.

Os R$ 205.266.378,23 milhões injetados na economia potiguar neste sábado ou nesta segunda correspondem ao salário de quem recebe até R$ 3 mil (valor bruto) e 30% do salário dos servidores que ganham acima desse valor, entre ativos, inativos e pensionistas, além do pagamento integral do salário à categoria da Segurança Pública.

No próximo 30 de setembro recebem o salário integral os servidores das pastas com recursos próprios e da Educação, além dos 70% restantes de quem ganha acima de R$ 3 mil, concluindo a folha de R$ 493.321.505,65 milhões deste mês. O Governo segue trabalhando para conseguir recursos extras e quitar as últimas três folhas em atraso.

Governadora do RN CONVOCA E NOMEIA PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - INTÉRPRETE/TRADUTOR DE LIBRAS

Professores foram aprovados no Concurso Público de Provas e Títulos realizado em 2015.

Clique AQUI  e acesse a relação

13 setembro 2019

Sexta-feira 13 - DIA DA CACHAÇA: um brinde à bebida símbolo do Brasil!




Turistas mexicanos e canadense na Rota da cachaça Luiz Alves (SC). Crédito: Acpala

Ela dá origem à famosa caipirinha, possui uma legião de brasileiros apaixonados e encanta estrangeiros das mais diversas nacionalidades que vêm ao país. Criada no Brasil ainda no período colonial, a partir da destilação do caldo de cana-de-açúcar fermentado, a cachaça, cujo Dia Nacional é celebrado nesta sexta-feira (13), ostenta o título de Patrimônio Histórico e Cultural e contribui para a atração de visitantes a vários destinos brasileiros.

Apesar de o Sudeste concentrar o maior número de fabricantes, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, municípios de outras regiões despontam como grandes expoentes da tradição que envolve a bebida. Um deles fica no estado de Santa Catarina: a cidade de Luiz Alves, que, no ano passado, criou uma rota dedicada à ‘pinga’ e já acumula a conquista de prêmios mundiais por diversos rótulos.

O roteiro, que conta com 10 paradas num percurso de 25 quilômetros, desperta o interesse de viajantes. Vandrigo Wust, secretário da Associação dos Produtores de Cachaça Artesanal local, relata que a procura é variada. “A gente já teve visitantes do México, Canadá, Portugal, Luxemburgo e do Mercosul. Tivemos a visita de uma mexicana responsável por trazer a cerveja Sol ao Brasil, e ela se encantou!”, comenta.

Outro exemplo de sucesso vem de Areia (PB). A cidade integra o Caminho dos Engenhos, que reúne ícones da civilização do açúcar. Maria Júlia de Albuquerque, proprietária de um deles, o Engenho Triunfo, comemora avanços conquistados com o turismo do gênero. “Já conseguimos receber cerca de mil pessoas por semana, e isso acarreta desenvolvimento econômico para toda a comunidade”, enaltece.

Até o final de dezembro de 2018, o Ministério da Agricultura contabiliza 951 produtores de cachaça no país. A liderança é de Minas Gerais, seguida de São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro, responsáveis por mais de 70% da fabricação nacional. O país soma 3.648 registros da bebida, com destaque ainda para Paraíba, Paraná, Bahia, Santa Catarina, Goiás e Pernambuco. Clique aqui para conferir o Anuário da Cachaça no Brasil.

O Calendário Nacional de Eventos Turísticos, organizado pelo Ministério do Turismo, lista a oferta de festas alusivas à cachaça em todo o país. Acesse aqui a relação completa.

TRADIÇÃO MINEIRA

A maior fabricante do país oferece uma enorme gama de opções. Salinas, por exemplo, abriga um museu temático. Recentemente, a ‘marvada’ inspirou a criação de um circuito que congrega, além de Salinas, Taiobeiras, Rubelita, Fruta de Leite e Indaiabira. Os destinos respondem pela produção de rótulos como o Havana, um dos melhores do mundo. Já em Betim, o Museu da Cachaça guarda mais de dois mil exemplares.

SOBRE A DATA

Ainda durante os tempos coloniais, a produção de cachaça era uma importante atividade econômica no Brasil, levando à redução do consumo de bagaceira, uma bebida alcoólica portuguesa similar, importada do país de origem. Preocupados com o brilho da aguardente nacional, em 1649, os portugueses decidiram proibir a fabricação e a venda de cachaça no território brasileiro.

Indignados com as cobranças de impostos e a perseguição gerada pela comercialização da especiaria, em 13 de outubro de 1661, proprietários de engenhos de cana-de-açúcar e de alambiques no Brasil se rebelaram, tomando o poder no Rio de Janeiro por cerca de cinco meses. O protesto levou a um dos primeiros movimentos de insurreição nacional, a Revolta da Cachaça, que motivou a definição da data dedicada à bebida.


UERN comemora 51 anos de serviços prestados ao RN


A UERN é a responsável pela qualificação da maioria dos professores do médio e alto oeste do RN, como também de outros profissionais, inclusive das áreas de Saúde e Assistência Social.


Fundada em 1968, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) comemora seus 51 anos em Assembleia Universitária a ser realizada no próximo dia 28, no Teatro Dix-huit Rosado, em Mossoró.

A solenidade será marcada pela entrega das seguintes comendas: título de Doutora Honoris Causa, Professor Honoris Causa, Professor Emérito, Mérito Administrativo e a Medalha da Abolição.

O título de Doutora Honoris Causa será entregue a Maria de Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte e Chanceler da UERN. O título de Professor Honoris Causa será para o Padre Charles Lamartine de Sousa Freitas.

O professor Dr. João de Deus Lima será agraciado com o título de Professor Emérito e a servidora Eve Maria Souza e Silva, com o Mérito Administrativo.

Neste ano, a Medalha da Abolição homenageará o professor João Lima Rocha Neto, fundador do Conservatório de Música da UERN; professora Leideana Galvão Bacurau de Farias, presidente do Conselho Estadual de Educação; e Jornalista César Santos, Diretor Geral do Jornal de Fato.

A programação alusiva aos 51 anos da UERN conta ainda com Missa em Ação de Graças; Culto Evangélico e Culto aos Orixás.

Prefeita Maria Helena Leite é recebida pela Senadora Zenaide, em seu Gabinete no Senado Federal

Senadora colocou seu Gabinete à disposição da Prefeita Maria Helena.  
A Prefeita de Olho d'Água do Borges, MARIA HELENA LEITE,  visitou em Brasília/DF, a senadora Zenaide Maia, na última terça-feira, 10, onde apresentou as demandas do município.
A chefe do executivo municipal contou a senadora os problemas que o município enfrenta, e solicitou a destinação de recursos, principalmente para as áreas de saúde e educação. Maia, atualmente senadora pelo Rio Grande do Norte, e médica, conhece a realidade dos municípios, o quanto é difícil gerir com poucos recursos e principalmente enfrentando a grave crise financeira que o país vive.
"É necessário ser um grande gestor, cortar o que é desnecessário para que o povo não sofra com a falta de médicos, de remédios, mas graças a Deus estamos caminhando bem, com muito planejamento, comentou a prefeita.
Maria Helena aproveitou a oportunidade para agradecer todas as ações da senadora em prol do município e comentou que espera mais uma vez poder contar com o apoio da senadora. Participaram do encontro, o engenheiro civil, Júnior Tavares e o empresário Gilson Leite, que visitaram ao lado da gestora outros gabinetes dos senadores e dos deputados federais do Rio Grande do Norte.

Fonte: Asssecom

Aniversário de 90 Anos de Olho D'água do Borges terá uma vasta programação, incluindo bons artistas. Confira

Venha para cá! Aqui é o seu lugar. Visite o mais  novo Município do Mapa do Turismo Brasileiro.
A Prefeita Maria Helena anunciou diretamente de Brasília, às atrações que animarão a festa de aniversário de 90 anos de fundação do município de Olho d’Água do Borges-RN.

A cantora cearense Kátia Cilene, que emplacou vários hits na Banda Mastruz com Leite será uma das principais atrações. Giannini Alencar, filho da terra que vive um grande momento no cenário musical, após ter emplacado composições na voz de Wesley Safadão será a segunda atração da noite, e para encerrar com aquele forrozinho pé de serra pela manhã, a animação ficará por conta de Ismael Sanfoneiro.

O evento acontecerá na Praça Pública de Eventos, a partir das 23:00h. Sintam-se todos convidados.

Prefeitos declaram apoio a PEC paralela da Previdência

Representantes da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) manifestaram satisfação após encontro com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ao serem informados que a proposta de emenda à constituição (PEC) paralela à reforma da Previdência prevê a adesão automática de municípios à reforma assim que a lei ordinária for aprovada pelas assembleias estaduais.

“Saímos muito contentes daqui. Vota-se a PEC da Previdência, aquela já aprovada na Câmara [dos Deputados], e 15 dias depois vota-se a PEC paralela. E essa PEC terá a seguinte condição: os governadores aprovam por lei ordinária a reforma previdenciária e os municípios não precisarão fazer lei. O que for aprovado valerá para todas as cidades”, explicou o presidente da FNP, Jonas Donizette.

Segundo o texto da PEC 133/2019, a PEC paralela, tudo que for aprovado pelas assembleias legislativas também valerá para os municípios. Caso os prefeitos queiram desfazer a adoção integral da reforma, eles deverão apresentar às câmaras de vereadores e aprovar, em até um ano, uma lei ordinária tratando do assunto.

Agência Brasil

EM DEFESA DA DEMOCRACIA: Emocionada com fim de mandato, Dodge se diz preocupada com democracia



Em uma das raras vezes em que falou com jornalistas durante seu mandato à frente da Procuradoria-Geral da República, Raquel Dodge disse estar preocupada com a democracia e, emocionada, destacou que procurou trabalhar em “áreas mais nodais” em busca de uma sociedade mais igualitária e justa.

O mandato de Dodge como procuradora-geral termina na próxima terça-feira (17). Nesta quinta (12), ela participou de sua última sessão plenária no Supremo Tribunal Federal. Ao final, respondeu a perguntas dos jornalistas.

“Acho que a democracia é uma obra coletiva, da sociedade, das instituições. Na minha mensagem final aqui no Supremo procurei enfatizar que nós levamos 30 anos para erguer a democracia do Brasil e fizemos isso numa onda internacional de criação das democracias liberais em vários países”, disse Dodge.

“Acho que o grande desafio do século 21 é não deixar que as democracias morram. Muitas vezes acontecem avanços e também retrocessos, e eu percebo com alguma preocupação muitos sinais de retrocesso no tocante às democracias liberais no mundo. Eu espero que isso não aconteça no Brasil.”

Para Dodge, a sociedade está atenta, cobrando resultados das instituições. Retomando o discurso que fez quando assumiu o cargo, em setembro de 2017, ela defendeu a melhoria da educação e dos serviços públicos em geral, com destaque para a segurança pública, e disse que é preciso dar condições para os jovens das periferias.

“Eu me empenhei muito para trabalhar nessas áreas mais nodais, achando que, fazendo assim, a gente conseguiria fortalecer essa promessa de sociedade que está na nossa Constituição”, afirmou, sem conter as lágrimas.

Questionada sobre as críticas que recebeu dentro e fora do Ministério Público Federal por, supostamente, ter diminuído o ritmo da Lava Jato, Dodge disse que seu legado nessa seara ainda vai aparecer.

“A maior parte das peças que ajuizei no Supremo estão em segredo de Justiça e no tempo próprio elas expressarão o empenho com que eu trabalhei no enfrentamento da corrupção naquilo que me cabe aqui”, respondeu.

“No tocante à atuação dos meus colegas, tenho certeza de que dei a eles toda a estrutura necessária para o enfrentamento à corrupção, dotando não só cada Procuradoria com a verba necessária como também apoiando todas as iniciativas que eles tiveram”, disse.

Folhapress

12 setembro 2019

NOVO MAPA DO TURISMO BRASILEIRO 2019-2021: Vinte Municípios integram o Polo Serrano, inclusive Olho D'água do Borges


MUNICÍPIOS E SUAS RESPECTIVAS CATEGORIAS


- Alexandria: Categoria  D
- Apodi: Categoria:  C
- Caraúbas: Categoria  C
- Felipe Guerra: Categoria  D
- José da Penha: Categoria  D
- Lucrécia: Categoria  D
- Luiz Gomes: Categoria  D
- Major Sales: Categoria  E
- Marcelino Vieira: Categoria  E
- Martins: Categoria  C
- OLHO D’ÁGUA DO BORGES: Categoria  D
- Patu: Categoria D
- Pau dos Ferros: Categoria  C
- Portalegre: Categoria D
- Riacho da Cruz: Categoria  D
- São Francisco do Oeste: Categoria  D
- São Miguel: Categoria D
- Serrinha dos Pintos: Categoria E
- Venha-Ver: Categoria E
- Viçosa: Categoria E

AÇÃO PROGRESSISTA: Senadora Zenaide Maia é contra a Emissão da Carteira Estudantil pelo Governo Federal



A senadora Zenaide Maia se posicionou, na audiência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, em relação ao novo formato de emissão de carteira de estudante proposto pelo Governo.
Zenaide se disse contrária à retirada so serviço da responsabilidade das entidades estudantis.
O governo quer tirar as entidades do sistema de emissão de carteiras.
Zenaide também se mostrou favorável, em outra discussão da comissão, sobre a liberdade de expressão, da opinião e de pensamento nas escolas públicas.
“A liberdade de expressão é fundamental nas escolas. O que falta é o respeito pelo ser humano, essa violência, a falta de tolerância, isso sim precisa acabar. É através da diversidade de ideias que se criam novos projetos”, declarou.
As duas matérias irão para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, para decisão terminativa.

Cortejo Cultural anuncia início da programação do XIV FESTUERN



No intuito de convidar a população para participar do XIV Festival de Teatro da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (XIV FESTUERN), será realizado neste domingo, 15, um Cortejo Cultural na Avenida Rio Branco. A concentração será às 16h, no Memorial da Resistência de Mossoró.

Reunindo as escolas de Mossoró participantes do Festival e três grupos de Fanfarra, o Cortejo Cultural do FESTUERN fará todo o percurso do Viva Rio Branco. A expectava da organização é que 200 pessoas participem diretamente das ações do Cortejo.

“Além de anunciar o início do Festival, que será no dia seguinte, e convidar a população para prestigiar os espetáculos, o Cortejo é uma atividade significativa que está alinhada ao tema geral do evento deste ano, que é ‘Patrimônio e Identidade Cultural’”, destaca Hallyson Dantas, coordenador do Festival.

O XIV FESTUERN será realizado no período de 16 e 20 de setembro, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. Serão 30 apresentações, sendo 22 grupos escolares e oito grupos artísticos convidados. Participam das atividades do Festival alunos das cidades de Alto do Rodrigues, Apodi, Currais Novos, Guamaré, Macau, Mossoró, Natal, Olho D´água do Borges, Parelhas, Pendências e Rodolfo Fernandes.

As apresentações ocorrerão nos turnos matutino e vespertino, com entrada gratuita. Por meio de um trabalho sistemático que une cultura e educação, o FESTUERN vem se consolidando a cada ano e tem fundamental importância tanto como espaço das mais variadas manifestações artísticas quanto espaço de aprendizado para os estudantes participantes do Festival.

Translate