26 junho 2017

Estado paga salário de junho na quinta e sexta

Não é o Estado do RN e sim, o  Estado da Paraíba

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou para a próxima quinta-feira (29) o pagamento dos servidores estaduais referente ao mês de junho.

De acordo com o socialista, que fez o anúncio durante o seu programa semanal de Rádio, o ‘Fala Governador’, desta segunda-feira (26), no primeiro dia recebem aposentados e pensionistas e no segundo dia, programado para a sexta-feira (30), será a vez dos servidores da ativa.

Pesquisa: Lula lidera e Bolsonaro mantém alta para eleição de 2018, diz pesquisa da Datafolha

Folha

Pesquisa realizada pelo Datafolha sobre intenções de voto para a disputa presidencial de 2018 apontam que o ex-presidente Lula (PT) manteve a liderança, com 29% a 30% das intenções de voto, seguido por Marina Silva (Rede) e Jair Bolsonaro (PSC).

O deputado federal registra tendência de alta. Tinha 8% em dezembro de 2016, passou a 14% em abril e agora aparece com 16%, sempre no cenário em que o candidato do PSDB é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O tucano, por sua vez, oscilou positivamente em simulações de primeiro e segundo turnos, mas a sua rejeição cresceu para 34%, atrás apenas da de Lula.

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (sem partido) aparece com 11%, em quarto.

Nos cenários testados para eventual segundo turno, Lula ganha de Bolsonaro e dos tucanos Alckmin ou João Doria, prefeito de São Paulo.

O petista empata com Marina e com o juiz Sergio Moro (sem partido) na margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Marina vence Bolsonaro, e Ciro Gomes (PDT) empata com Alckmin e com Doria.

CENÁRIOS

Acusado na Lava Jato de corrupção e organização criminosa, entre outros crimes, o que ele nega, Lula vence em todos os cenários de primeiro turno simulados.

Quando disputa com Alckmin, o petista fica com 30%, e o tucano, com 8%, em terceiro. Embolados em segundo aparecem Bolsonaro, com 16%, e Marina, com 15%.

O cenário com Doria é similar: Lula, na dianteira, tem 30%, Marina e Bolsonaro, 15% cada um, e o prefeito, 10%.

Quando incluído, Joaquim Barbosa fica numericamente na quarta posição, à frente de ambos os tucanos, mas em empate técnico.

Já Moro aparece em segundo (14%), empatado com Marina (14%) e Bolsonaro (13%). Lula fica com 29%, e Alckmin perde pontuação (6%).

Em caso de o ex-presidente petista não disputar, o cenário fica mais conturbado.

Marina lidera (22%), mas com vantagem mais estreita do segundo colocado, Bolsonaro (16%). Barbosa fica em terceiro (12% ou 13%).

Se a disputa se der apenas entre nomes não citados na Lava Jato, critério que fortaleceu a especulação em torno de Doria, Marina continua em vantagem. Ela lidera (27%), seguida por Bolsonaro (18%), Doria (14%) e Ciro (12%).

Considerando-se o cenário com Lula e Alckmin, o petista vai melhor no Nordeste (48%), no Norte (39%), entre eleitores com ensino fundamental (39%) e os mais pobres (39%).

Bolsonaro cresce entre homens (22%), jovens de 16 a 24 anos (23%), com ensino médio (21%) e superior (21%) e de renda familiar mensal de cinco a dez salários mínimos (25%). Seu eleitorado é maior no Centro-Oeste (22%).

Alckmin amplia vantagem entre os mais ricos (14%), os com 60 anos ou mais (12%) e no Sudeste (12%). Marina se sair melhor no Norte (18%), entre mulheres (18%), jovens de 16 a 24 (18%) e de ensino médio (17%).

O instituto não incluiu nas sondagens feitas entre os últimos dias 21 e 23 os nomes de Michel Temer (PMDB) e Aécio Neves (PSDB).

TCE vai inspecionar 313 obras paralisadas em 100 municípios do RN

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) criou uma comissão para auditar as 313 obras paralisadas e inacabadas no Estado. Essas obras estão localizadas em pelo menos 100 dos 167 municípios, onde a Inspetoria de Controle Externo da Corte conseguiu realizar o levantamento preliminar das projetos que estão nessa situação, com R$ 308 milhões investidos de um volume previsto de R$ 600 milhões.
A secretária de Controle Externo do TCE, Anne Emilia Costa Carvalho, designou os inspetores Francisco Marcelo Assunção de Queiroz e Telma Galvão de Carvalho para executarem a auditoria por amostragem e com prazo de conclusão previsto para março de 2018, conforme determina o Plano de Fiscalização Anual 2017/2018 da Corte de Contas

Deputado José Dias está cada vez mais longe do governador Robinson Faria

Deputado José Dias foi dançar quadrilha como deputado saco preto Rogério Marinho no arraiá tucano que Robinson não foi convidado.

Comenta-se que o deputado estadual José Dias do PSDB virou tucano de verdade.. Zé Dias foi uma das peças mais importante da eleição do governador Robinson Faria, discordando da eleição da Mesa da Assembleia Legislativa saiu o partido de Robinson e ingressou no PSDB, mas manteve uma ligação com o governador fazendo o papel de líder informal do governo.

O soldado Vasco tomou conhecimento que Zé Dias afasto-se de vez do governador e ingressou no projeto dos tucanos liderado pelo deputado saco preto Rogério Marinho.

Com uma completa falta de coordenação política, o sistema político do governador Robinson Faria está sofrendo uma profunda anemia, perdendo aliados e colaboradores.
 
Fonte: Blog do Primo

Prefeitura de Ipanguaçu inicia a implantação do sistema de câmeras de monitoramento


Com a implantação da Cidade Digital, o Município de Ipanguaçu também ganhará a instalação de Câmeras de vigilância, ou sistema de monitoramento, que serão distribuídas em diversos pontos da cidade. As câmeras irão auxiliar as Polícias Militar e Civil na segurança do Município.

O prefeito Valderedo Bertoldo, acredita que o "Cidade Digital" acrescentará bastante no desenvolvimento de Ipanguaçu: "esse projeto sempre foi um dos meus sonhos para Ipanguaçu, estamos trabalhando nesta ação que vem de encontro com a necessidade atual da população, como instalação de câmeras de vigilância, distribuição de internet gratuita e melhoraria na prestação dos serviços públicos", destaca Valderedo.

O projeto 'Cidade Digital' modernizará a gestão pública e oferecerá novos serviços e facilidades para as pessoas, e principalmente levará aos moradores e visitantes uma nova perspectiva de cidadania, colaborando para que Ipanguaçu se torne a cidade do conhecimento. A primeira etapa do processo de instalação das câmeras foi iniciada, e breve estará proporcionando mais segurança aos nossos munícipes. Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA FEMURN

25 junho 2017

Após delações, prisões por corrupção no Brasil crescem 288% em três anos de operações


A regulação da delação premiada abriu o caminho para que o número de prisões fosse multiplicado por quatro de 2013 para 2016

Divulgação

Em 2013, antes da aprovação da lei sobre colaboração premiada, esse número não chegava a três por semana

As milhões de pessoas que foram às ruas em junho de 2013 não pediram a aprovação da Lei 12.850, que regulou as delações premiadas.

Mas a mudança legal – parte do pacote aprovado pelo Congresso em resposta aos protestos – abriu o caminho para que o número de prisões temporárias e preventivas e os flagrantes de corruptos acusados de desvio de verbas públicas no País fosse multiplicado por quatro de 2013 para 2016.

Números da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), da Polícia Federal, mostram que, no ano passado, dez pessoas foram presas a cada semana por agentes federais em operações de combate ao desvio de verbas públicas.

Em 2013, antes da aprovação da lei sobre colaboração premiada, esse número não chegava a três por semana (2,5 em média).

O Estado analisou os dados de 2.325 operações deflagradas pela PF no País de 1.º de janeiro de 2013 a 31 de março deste ano. Os dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso a Informação.

“O marco disso é a lei de 2013”, afirmou a delegada Tânia Prado, presidente do Sindicato dos Delegados da PF. Para ela, a legislação que emparedou o mundo político dificilmente passaria hoje no Congresso.

“Ela foi aprovada no contexto da pressão popular. Devem (congressistas) ter achado que era bom para prender traficante.”

Em 2013, a PF fez 302 operações no País de combate a organizações criminosas – desde as envolvidas com crime comuns, como tráfico de drogas, até as especializadas em delitos financeiros. Em 2016, esse número aumentou 205%, chegando a 922.

Já no primeiro ano depois da lei, em 2014, o número de prisões concedidas pela Justiça e flagrantes nessas operações chegou a 2.798 e somou 4.122 em 2016 – aumento de 771% em comparação com as 473 registradas em 2013.

Para o procurador da República Rodrigo De Grandis, a lei foi “um divisor de águas no combate à corrupção”. “Não havia o procedimento de como se fazer a colaboração premiada e hoje ela é fundamental.”

No caso das operações de combate ao desvio de verbas públicas, as prisões passaram de 135 (2013) para 524 (2016) – crescimento de 288%. De Grandis diz que, hoje, o combate à corrupção é uma prioridade na PF e no Ministério Público Federal (MPF).

Os números da PF mostram que não só as prisões de corruptos aumentaram, mas também as de todos os demais tipos de organizações criminosas, como a de traficantes. Ou seja, a lei afetou as máfias de forma indistinta – a única exceção foi os crimes financeiros.


“É mais difícil obter uma prisão por crime financeiro. A materialidade do delito é mais complexa”, disse De Grandis.

Para ele, “culturalmente”, a tendência é achar que o crime com sangue merece uma resposta mais severa da sociedade. “Isso é uma falácia. E está mudando, até no Supremo.”

Para o criminalista Roberto Podval, há uma escalada de prisões preventivas no País nos últimos anos.

“Mudou a cultura com relação à prisão no Judiciário. Saímos da impunidade absoluta para os crimes econômicos para a punibilidade absoluta, que está nesse momento. A tendência é que a gente chegue ao meio-termo. Se houve uma banalização da corrupção, houve também uma banalização das prisões provisórias.”

Tecnologia

Por trás do aumento das operações e das prisões, criminalistas, policiais e procuradores apontam ainda razões tecnológicas, como a criação de bancos de dados sobre desvios de verbas públicas e laboratórios de combate à lavagem de dinheiro.

Chamada Atlas, a nova ferramenta de cruzamento de informações da PF tem 56 bases de dados que armazenam 1,5 bilhão de registros sobre corrupção no País.

A colaboração com os órgãos de controle, como a Controladoria-Geral da União (CGU), também provocou o aumento de operações.

Leia mais...

Fonte: O Estado de S. Paulo

Moro vai condenar Lula a 22 anos de prisão, diz revista


SÃO PAULO – Reportagem de capa da revista IstoÉ desta semana afirma que o juiz Sergio Fernandes Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná, vai anunciar, nos próximos dias, a sentença que condenará Lula à prisão no caso do tríplex do Guarujá. Os crimes são por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O ex-presidente é acusado de ter recebido o imóvel da construtora OAS como contrapartida a benefícios que a empresa obteve do governo no período em que o petista esteve no poder. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente foi beneficiado com pelo menos R$ 87,6 milhões dados pela OAS, dos quais R$ 3,7 milhões foram usados por Lula no apartamento de três pavimentos.

A revista afirma ter apurado junto a integrantes da Operação Lava-Jato que o ex-presidente será condenado a até 22 anos de cadeia – 10 anos por lavagem de dinheiro e 12 por corrupção passiva.

De acordo com a publicação, no cronograma de Sérgio Moro só uma etapa o separa do anúncio da condenação de Lula: a definição da pena a ser aplicada ao ex-ministro Antonio Palocci, hoje preso.

Veja resultado do concurso público do MPRN para servidores

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) divulgou nesta sexta-feira (23) o resultado do concurso público para ingresso ao quadro de servidores da instituição, realizado pela Comissão Permanentes do Vestibular (Comperve), da UFRN.

O concurso foi até então o mais concorrido já realizado pelo Ministério Público Estadual com 24.840 candidatos, sendo 23.902 inscritos para o cargo de nível médio e 938 inscritos para os cargos de nível superior. 
Confira aqui a lista com o resultado.

Câmara dos Deputados aprova fim de multa a quem não portar CNH e licenciamento


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta quinta-feira o projeto de lei 8.022/14, que veta a aplicação de multa e a retenção do veículo se o motorista não estiver com a carteira de habitação e o licenciamento anual, caso o agente de trânsito possa obter as informações sobre o condutor e o veículo contidas nos documentos por meio de consulta a banco de dados oficial.

O projeto, que tramita desde 2014, foi apresentado pela ex-deputada Sandra Rosado (PSB-RN) e pela deputada Keiko Ota (PSB-SP) e altera o Código de Trânsito Brasileiro. Ele foi aprovado em caráter conclusivo, ou seja, se não houver recurso de algum deputado, ele vai direto para o Senado sem precisar passar pelo plenário da Câmara.

De acordo com o projeto, quando não for possível ao agente de trânsito realizar a consulta on-line das informações do veículo ou do condutor, o auto de infração será cancelado caso o motorista apresente, em até trinta dias, o documento ao órgão de trânsito responsável pela autuação. Assim, o motorista não terá pontos computados em sua carteira referentes à infração.

24 junho 2017

Veja Programação do São de Olho D'água do Borges para hoje (24)

SÁBADO – 24/06 
16h00 – Jogo de futsal dos Amigos
17h00 – 1ª Edição Trio da Alegria – Saída da Praça Francisco Sales Júnior (Rua Umarizal)
20h00 – Premiação de Campeonato e Competições
23h00 – Festa Dançante com as seguintes Bandas:
Anízio Jr
João Bandeira (O Mestre da Sanfona)
Circuito Musical
Célia Melo

23 junho 2017

Maria Helena e Antonimar Amorim, Prefeita e Vice-prefeito de Olho D'água do Borges respectivamente, CONVIDAM o povo em geral para participar do São João nos dias 23 e 24 de junho

A Festa é do Povo
Na Convenção que homologou candidaturas


Momento da assinatura do Ato de Posse

Programação do S. João de Olho D'água do Borges para hoje (23)



SEXTA FEIRA – 23/06
6h00 – Corrida de Pedestres – Masculino
7h00 – Corrida de Pedestres – Feminino
8h00 –V Cavalgada Junina: Mardônio de Alencar Fernandes, saindo da Quadra do Sítio Encantado e chegada no Sítio Pitombeira (Antigo Sítio de Zé de Joel), onde acontecerá O Forró da Cavalgada
17h00 – Concurso de Carroças mais enfeitadas e animadas 


23h00 - Festa Dançante:
 
Forró dos Três
Forró Com Ela
Giulian Monte e Deixe de Brincadeira
Goannini Alencar

PIS-Pasep: saldo será distribuído entre os trabalhadores

Valor será creditado nas contas individuais dos participantes do fundo no próximodia 30 de junho

Abono salarial do PIS-Pasep poderá ser sacado em agências da Caixa (iniciativa privada) e do Banco do Brasil (servidores públicos) ( Foto: José Leomar )

O Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep autorizou a distribuição aos participantes de parte do saldo registrado na rubrica "Reserva para Ajuste de Cotas" em 30 de junho de 2016, conforme resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 21.

De acordo com a decisão, a distribuição será creditada na conta individual do participante no próximo dia 30 de junho (sexta-feira) no valor correspondente a 1,40% do saldo da respectiva conta antes do crédito de que trata o artigo 3º da Lei Complementar 26/75.

Depois da distribuição dessa reserva, os participantes também irão receber no encerramento do exercício financeiro 2016/2017 créditos sobre o saldo de sua conta individual nos seguintes porcentuais: 1,297% de atualização monetária; 3% de juros; e 3% de resultado líquido adicional. Os participantes poderão sacar os valores de acordo com o cronograma de pagamentos, que ainda será divulgado pelo governo.

Abono

Quem ainda não sacou o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015 têm até o dia 30 deste mês. Tem direito a receber o dinheiro quem está inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por um período de pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício a ser recebido varia de acordo com o tempo de trabalho com carteira assinada exercido no ano de 2015. Se o trabalhador exerceu a atividade durante todos os 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 937). Se o tempo de trabalho foi de apenas um mês, será creditado o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78), e assim sucessivamente.

Trabalhadores da iniciativa privada pode retirar o abono em agências da Caixa Econômica Federal e servidores públicos, no Banco do Brasil. Basta apresentar um documento de identificação e o número do PIS-Pasep.

22 junho 2017

Programação do S. João de Olho D'água do Borges, período de 22 a 24/06

LOCAL: PRAÇA CENTRAL

QUINTA FEIRA - 22/06
19h00 – Apresentação das quadrilhas juninas das escolas
20h30 – Concurso de Rainhas do São João
21h00 – Apresentação da quadrilha estilizada Juventude Nordestina 

SEXTA FEIRA – 23/06

6h00 – Corrida de Pedestres – Masculino
7h00 – Corrida de Pedestres – Feminino
8h00 –V Cavalgada Junina: Mardônio de Alencar Fernandes, saindo da Quadra do Sitio Encantado e chegada no Sitio Pitombeira(Antigo Sitio de Zé de Joel), onde acontecerá O Forró da Cavalgada
17h00 – Concurso de Carroças mais enfeitadas e animadas
23h00 - Festa Dançante:
 
Forró dos Três
Forró Com Ela
Giulian Monte e Deixe de Brincadeira
Goannini Alencar 

SÁBADO – 24/06
16h00 – Jogo de futsal dos Amigos
17h00 – 1ª Edição Trio da Alegria – Saída da Praça Francisco Sales Júnior (Rua Umarizal)
20h00 – Premiação de Campeonato e Competições
 
23h00 – Festa Dançante: Anízio Jr
João Bandeira (O Mestre da Sanfona)
Circuito Musical
Célia Melo

A exemplo da Prefeitura, o Instituto dos servidores de Olho D'água do Borges pagou ontem a folha de junho

O Instituto de Previdência dos Servidores deste município, órgão da administração indireta,  efetuou ontem (21) o pagamento do mês de junho dos  aposentados e pensionistas, afirma o Presidente Anderson Holanda.
Antecipação recebeu a orientação da Prefeita Maria Helena Leite que também antecipou o pagamento de junho de todos os servidores da administração direta.
Por isso, esse é um feito histórico da pessoa pública com boas intenções políticas.
Parabéns prefeita!

Decreto da Prefeitura de Olho D'água do Borges estabelece regras na coleta e penalidades para quem jogar LIXO nas vias públicas. Leia íntegra do Decreto

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
PREFEITURA MUNICIPAL DE OLHO D'ÁGUA DO BORGES
GABINETE DA PREFEITA



 DECRETO Nº 25/2017, DE 19 DE JUNHO DE 2017.

Proíbe jogar lixo nas vias públicas do município e dá outras providências.

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE OLHO D’ÁGUA DO BORGES, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS E, 
CONSIDERANDO que o LIXO jogado nas ruas causa  danos ao meio ambiente e à saúde;
CONSIDERANDO que o Serviço de Limpeza Pública deste Município é feito rigorosamente de segunda-feira a sexta-feira;

DECRETA:

 Art. 1° Fica proibido a qualquer pessoa, física ou jurídica, jogar, colocar, deixar ou praticar qualquer ato que implique em depósito de lixo em vias públicas, salvo nos locais e horários destinados e/ou autorizados.
§1º Considera-se lixo qualquer espécie de resíduo sólido, ou semissólido, seja papel, plástico, metal, baganas de cigarro, restos de construção civil e demolição, entulhos, material orgânico ou qualquer espécie de material capaz de gerar poluição, sujeira e/ou degradação do meio ambiente, ainda que em grau mínimo.
§2º Para fins deste Decreto, o conceito de via pública adotado inclui pista de rolamento de veículos (meio da rua) e os passeios públicos (calçadas) do município.
§3º Fica proibido colocar lixo nas vias públicas ‘para coleta’ nos dias da semana compreendidos entre sexta-feira até domingo.
§4º As pessoas que acumularem grande quantidade de lixo terão que comunicar ao órgão competente da Prefeitura Municipal com antecedência mínima de 24 horas para as devidas providências no tocante a limpeza.  
Art. 2º Aquele que for flagrado depositando lixo em via pública incorrerá em sanção administrativa, sujeita às seguintes penalidades:
I – advertência;
II – multa.
§1º Àquele que praticar a infração administrativa pela primeira vez será aplicada a penalidade de advertência.
§2º Àquele que reincidir na infração será aplicada penalidade de multa equivalente a 1/3 do salário mínimo, podendo atingir um salário mínimo, no caso de ‘reincidência contumaz’.
§3º Para fixação da multa, a Autoridade Municipal levará em conta a quantidade de lixo depositado indevidamente em via pública e o número de infrações cometidas pela mesma pessoa.
Art. 3º Além da pessoa que depositar o lixo nos locais proibidos poderá ser responsabilizado aquele que tiver ordenado à prática da infração.
Parágrafo único. No caso previsto neste artigo, ao mandante será aplicada pena de multa, ainda que seja a primeira vez que incorre na infração.
Art. 4º Deverá ser garantida, pelo Poder Executivo, a ampla publicidade ao presente Decreto, visando orientar a todos sobre a infração decorrente do ato irregular de jogar lixo, devendo-se, dentre outros atos, serem afixadas placas nas vias públicas com os seguintes dizeres: “É proibido jogar lixo nas vias públicas, sob pena de MULTA.”
Art. 5º Qualquer pessoa poderá contribuir na fiscalização do presente Decreto.
Parágrafo único. Além do flagrante feito por Autoridade Municipal competente, qualquer pessoa pode, munida de provas materiais (fotos, vídeos e imagens de câmeras videomonitoramento), denunciar a prática de infração prevista neste Ato.
 Art. 6º Fica o Poder Executivo autorizado a designar uma Autoridade Municipal competente para notificar, autuar e fiscalizar, bem como a graduação das multas, e a destinação da receita obtida com os valores arrecadados.
Art. 7° Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio Mário Solano de Moura, em Olho D’água do Borges, 19 de junho de 2017.
Maria Helena Leite de Queiroga
Prefeita
CPF 465.240.614-20

Deste Blog: Este Decreto está publicado na edição de hoje (22),  do Diário Oficial dos Municípios 

Clique AQUI e Pesquise Decreto
 

Corrupção passiva: Propina da OAS para Henrique passou pela conta de Temer, aponta MPF

Agora RN

Corrupção passivaPropina da OAS para Henrique passou pela conta de Temer, aponta MPFCópias de cheques e comprovantes de transações bancárias mostram que OAS depositou R$ 5 milhões na conta do candidato a vice-presidente, dos quais R$ 500 mil seriam “carimbados” para o ex-ministro
Divulgação
Henrique e Temer

O Ministério Público Federal (MPF) concluiu que parte do dinheiro arrecadado pela campanha de Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao Governo do Rio Grande do Norte, em 2014, teve como origem o pagamento de propina pela OAS, empresa investigada na operação Lava Jato. De acordo com os procuradores, pelo menos R$ 500 mil passaram pela conta de campanha de Michel Temer (PMDB) a vice-presidente da República.

Cópias de cheques e comprovantes de transações bancárias divulgadas pela GloboNews mostram que a OAS depositou oficialmente na campanha de Temer a quantia de R$ 5 milhões em 22 de agosto de 2014, dos quais R$ 500 mil estariam “carimbados” para Henrique. A emissão do cheque da campanha de Temer para o ex-deputado aconteceu em 10 de setembro de 2014, sendo depositado no dia seguinte pela campanha de Henrique. O número e o valor do cheque estão de acordo com o depósito feito ao diretório estadual do PMDB no RN.


A afirmação do MPF de que os recursos repassados da campanha de Temer para Henrique, que seria propina, tendo como origem recursos da OAS, confirma o que declararam os delatores Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, e o doleiro Alberto Yousseff.

O cheque de R$ 500 mil com origem em recursos da OAS não foi a única verba recebida por Henrique por meio da campanha de Michel Temer. Outro cheque, também no valor de R$ 500 mil, foi repassado do então candidato a vice-presidente para o postulante a governador. Neste caso, a origem dos recursos foram repasses efetuados pela JBS, mas não há manifestação do MPF se o dinheiro é ou não lícito.


OPERAÇÃO MANUS

Ex-ministro do Turismo no governo Temer, Henrique Alves está preso preventivamente desde o dia 6 de junho, quando foi um dos alvos da operação Manus, desdobramento da Lava Jato. Na investigação, o ex-ministro é acusado de corrupção ativa e passiva junto às empreiteiras que construíram a Arena das Dunas, em Natal, e lavagem de dinheiro.

Houve dois mandados de prisão contra Henrique. Além do expedido pela Justiça Federal do RN, que investiga justamente os desvios na Arena das Dunas, houve outro mandado pela Justiça Federal de Brasília, que apura fraudes no Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS). Os investigadores descobriram que Henrique mantinha uma conta na Suíça, que foi movimentada também pelo deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) para recebimento de propina.

Henrique está preso na Academia de Polícia Militar. O Ministério Público Federal pediu que ele fosse transferido para Brasília, alegando que o quartel não tem estrutura adequada para abrigar o custodiado. Além disso, o órgão considera que o ex-ministro está tendo direito a “regalias incompatíveis com o regime de prisão cautelar”, como permanência em sala com ar condicionado, acesso a mídias proibidas e visitas permanentes.

Juiz Sérgio Moro dará sentença de Lula logo após decisão sobre Palocci

De acordo com o Blog do Noblat, nem mesmo o ex-presidente Lula nem os que o cercam mais de perto apostam na absolvição
Divulgação
 
Após alegações finais, maior parte das sentenças de juiz sai em menos de um mês

Com a apresentação das alegações finais na segunda-feira, o processo do ex-presidente Lula agora só espera a sentença do juiz Sergio Moro. Mas o GLOBO apurou que Lula terá que esperar a decisão sobre outro petista ilustre antes da definição da investigação sobre o tríplex no Guarujá: a ação contra o ex-ministro Antonio Palocci também só aguarda a sentença de Moro e, como o ex-ministro está preso, seu processo tem prioridade. As alegações finais de Palocci foram protocoladas há uma semana.

Um dos argumentos usados pela defesa de Lula veio abaixo nesta terça-feira (21). Em suas alegações finais, a defesa afirma que a OAS transferiu os direitos econômicos e financeiros sobre o imóvel a partir de 2010 para um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal. Assim, não teria como ceder a Lula a propriedade do imóvel ou prometer a sua posse.

Como lembrou o Blog do Noblat, em nota oficial, a Caixa afirmou que não é dona dos direitos econômicos do imóvel. O FGTS adquiriu debêntures da OAS garantidos pela hipoteca do prédio, do qual o tríplex faz parte. Mas isso não impediria a comercialização dos imóveis.

Condenação

A qualquer momento, o juiz Sérgio Moro poderá divulgar a sentença que condenará ou absolverá Lula. Ainda de acordo com o Blog do Noblat, nem Lula nem os que o cercam mais de perto apostam na absolvição. Se ela acontecesse, segundo alguns, seria como se Moro assinasse o atestado de morte da Lava Jato.

Da mesma forma, Lula e os seus não imaginam que Moro possa decretar a prisão do ex-presidente. Se Lula permaneceu solto até aqui, não haveria razão para prendê-lo antes de a segunda instância da Justiça confirmar ou rever a sentença de Moro.

Fonte: Com informações de O Globo e Notícias ao Minuto

21 junho 2017

'Caravana das Águas' promoveu audiência pública na manhã de ontem em Pau dos Ferros com a participação da Prefeita Maria Helena Leite

  
Vereador Vilmar Araújo, Deputado Beto Rosado e a Prefeita Maria Helena Leite


Prefeita de Olho D'água do Borges, Maria Helena entrou na luta em DEFESA da Transposição das Águas do Rio São Francisco para a região do alto oeste que, inclui este município.


Por isso é a mais nova integrante do Fórum em Defesa da Transposição das Águas do 'Velho Chico'.


Evento contou com as presenças de deputados estaduais do RN e da PB, como também da Senadora Fátima Bezerra, líder da Caravana.


Destaque para o Deputado Federal Beto Rosado e o Deputado Estadual Carlos Augusto Maia que defenderam publicamente a 'transposição das águas' do Rio São Francisco.
 

Deputado Beto Rosado ladeado pelo Vereador Vilmar Araújo e pela Prefeita Maria Helena
 
 
Prefeita Maria Helena no momento que foi convidada para assinar o Manifesto

Prefeita Maria Helena ao lado da Senadora Fátima Bezerra


Prefeita Maria Helena ao lado da Senadora Fátima Bezerra

Na manhã de terça-feira (20), em Pau dos Ferros, sob o comando da senadora Fátima Bezerra, o movimento denominado de "Caravana das Águas", apoiado pelo Senado Federal e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, reuniu vários integrantes da classe política potiguar em uma audiência pública para debater a continuidade das obras de Transposição das Águas do Rio São Francisco (Eixo Norte de Integração das Águas), e que vai beneficiar inúmeros municípios da região Oeste Potiguar.

O evento foi realizado no auditório do Campus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM/UERN).

Na oportunidade, foi discutida a elaboração de um projeto executivo que possa garantir a viabilidade técnica do eixo Apodi-Mossoró. Para isso, será fundamental a união de toda classe política do RN para assegurar recursos no Orçamento Geral da União (OGU) e, consequentemente, possibilitar o atendimento deste importante pleito.

A audiência pública teve a participação do deputado federal Beto Rosado; deputados estaduais Fernando Mineiro, Galeno Torquato, Gustavo Fernandes, Hermano Morais, Carlos Augusto e Raimundo Fernandes; do engenheiro que coordena a obra do eixo norte, Guilherme Palhares, e demais representantes do Ministério da Integração Nacional; do secretário Estadual de Recursos Hídricos, Ivan Júnior; além de prefeitos, vereadores, entidades representativas e sociedade civil. 
O prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo, e o presidente da Câmara Municipal, Eraldo Alves, fizeram parte da mesa composta pelas autoridades.
Adversários políticos juntos pela mesma causa

A audiência pública realizada pela "Caravana das Águas", na manhã de hoje, no auditório do CAMEAM, proporcionou troca gestos de cordialidade entre o prefeito Leonardo Rêgo e o deputado Galeno Torquato.

Em suas respectivas falas, tanto o prefeito como o parlamentar estadual se cumprimentaram de forma respeitosa. Ambos adotaram uma postura normal, educada, como deve ser.

Todavia, como as "trocas de farpas" entre os dois na campanha eleitoral do ano passado ainda estava fresquinha na memória de muitos dos que estavam ali presentes, não faltou quem ficasse admirado com a cena exemplar, porém, inusitada. Protagonismo de Fátima Bezerra

Em um ambiente lotado com a presença de vários políticos da mais alta estirpe, claro, nos bastidores, as eleições de 2018 não poderiam ficar de fora das conversas paralelas entre um discurso e outro.

Quando a pauta dos cochichos de ouvido apontava para o pleito estadual, muitos foram contundentes em afirmar que a "Caravana das Águas" estaria propiciando à senadora Fátima Bezerra um protagonismo indispensável para quem deseja chegar forte na disputa pelo Governo do Estado ano que vem.

Ao que parece, a estrela de Fátima brilhou bastante em sua passagem por Pau dos Ferros.

Translate