14 maio 2021

INSS vai retomar prova de vida a partir de 1º de junho. Veja calendário

Procedimento será feito em agências bancárias, de forma escalonada

Quem não fizer terá benefício bloqueado

RIO — O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai retomar o bloqueio de pagamentos por falta de prova de vida de seus segurados. A obrigatoriedade do procedimento foi suspensa em março do ano passado, em decorrência da pandemia.

As regras para a retomada do recadastramento — a partir de junho — foram publicadas nesta quinta-feira, no Diário Oficial da União, por meio da Instrução Normativa (IN) 1.299.

Primeiramente, serão bloqueados os benefícios daqueles que foram convocados para fazer a prova de vida pela internet — por meio de biometria facial (selfie enviada pelo celular) — e não o fizeram.

A partir de 1º de junho, no entanto, os demais aposentados e pensionistas deverão retomar a prova de vida nas agências bancárias, mas de forma escalonada. Não é preciso correr às agências agora. Confira o calendário abaixo para comparecimento aos bancos.

Quem foi convocado para biometria facial

Segundo o instituto, os bloqueios serão retomados a partir da competência de maio de 2021, mas apenas para aqueles que foram convocados para a prova de vida digital — feita por meio do site ou do app Meu INSS e do portal Gov.br — com o envio de selfie.

Vale lembrar que o INSS lançou, em 23 de fevereiro de 2021, a prova de vida digital para 5,3 milhões de segurados, que integraram um projeto-piloto. Essas pessoas foram convocadas. Quem tiver feito este procedimento virtual recentemente não terá o pagamento cortado.

Quem foi convocado para prova de vida com biometria facial e não fez a comprovação pela web poderá agora realizar o procedimento num banco, se assim desejar.

"A rotina citada abrangerá, na competência maio de 2021, os benefícios em que não houve a realização da comprovação de vida por nenhum canal disponibilizado para tal procedimento, sendo estes selecionados para integrar o primeiro lote do processo de comprovação de vida por biometria facial", afirma a portaria.

Prova de vida nos bancos para todos os demais segurados

A partir de 1º de junho, o bloqueio por falta de comprovação de vida será feita de forma escalonada, para todos os demais segurados, que terão que ir aos bancos.

Vencimento da comprovação de vida / Retomada da prova de vida

  • Março e abril/2020  - Junho/2021
  • Maio e junho/2020  - Julho/2021
  • Julho e agosto/2020 - Agosto/2021
  • Setembro e outubro/2020 - Setembro/2021
  • Novembro e dezembro/2020 - Outubro/2021
  • Janeiro e fevereiro/2021  - Novembro/2021
  • Março e abril/2021 - Dezembro/2021

Como é o procedimento nas instituições financeiras

Algumas instituições financeiras fazem a prova de vida por meio de biometria digital, com o reconhecimento da impressão digital do segurado pela máquina de autoatendimento.

Outros exigem a apresentação de um documento com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de habilitação) a um funcionário para que a atualização de dados seja concluída.

Uns consideram que a prova de vida deve ser feita no mês de aniversário do segurado. Outros optam por convocar o interessado quando se completa um ano do último procedimento.

Em geral, os bancos informam aos beneficiários sobre a necessidade de recadastramento por meio de mensagens informativas apresentadas nos meios eletrônicos de relacionamento com os clientes.

É importante ressaltar também que até agora, mesmo com a prova de vida suspensa nos bancos, muitos aposentados e pensionistas já vinham se dirigindo às agências bancárias para realizar o recadastramento, por medo de ficarem sem seus benefícios mensais.

Embora ainda não seja obrigatório, as instituições financeiras já vêm fazendo o procedimento, para evitar que os segurados percam a viagem.

De acordo com o INSS, cerca de 6,5 milhões pessoas já fizeram a comprovação neste ano, apesar de a obrigação estar suspensa.

 Com Informações do Jornal  O Globo, parceiro deste Blog

0 comentários:

Postar um comentário

Translate