21 abril 2021

SALÁRIOS ATRASADOS DO GOVERNO ROBINSON: Professores da UERN deliberam para que todos os servidores recebam um valor fixo do salário atrasado, proposta mais sensata na visão deste Blog

PROPOSTA SERÁ APRESENTADA NA REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES


Professores e professoras da UERN se reuniram em assembleia geral extraordinária e virtual da categoria na manhã de hoje (20). Na pauta, além dos informes, o repasse da audiência do governo com o Fórum dos Servidores, acerca do pagamento dos salários em atrasos e a discussão sobre as atividades remotas.

No início das atividades o Professor Gautier Falconieri solicitou que as eleições na UERN não fosse incluídas como informes, como proposto pela direção, mas como ponto de pauta, possibilitando não apenas esclarecimento, mas discussão e encaminhamentos sobre o tema. A solicitação foi acatada pela mesa e a modificação da pauta foi aprovada pela categoria.

Em seguida a ADUERN realizou o repasse das informações da audiência. A direção elucidou que inicialmente seriam realizadas duas audiências simultâneas com o Executivo, uma para tratar sobre os salários atrasados e outra para discutir a autonomia financeira da UERN, dando início aos trabalhos da comissão constituída pelo governo para tratar do tema da qual representantes da categoria docente fazem parte. A segunda atividade não ocorreu e foi remarcada para a próxima quinta-feira às 10h.

Na audiência sobre os salários atrasados, o Governo confirmou que continuará o pagamento dos passivos no mês de maio, mas que ainda não há uma definição de qual valor será disponibilizado. O executivo também informou que a metodologia de pagamento dos atrasados está em aberto e que as entidades sindicais poderiam levar às suas bases o questionamento de qual seria a melhor forma para repasse dos valores.

Propostas de metodologia de pagamento propostas pelo governo:

• A primeira alternativa seria a continuidade ao pagamento nos moldes do que foi feito em fevereiro, onde receberão as pessoas que tem até R$ 3500 de salário líquido. Nesses termos o pagamento continuaria seguindo dos menores para os maiores salários, conforme a disponibilidade de recursos.

A segunda opção contemplaria uma mudança na metodologia que viesse a contemplar todos os servidores. Nesses termos um percentual ou um valor fixo uniforme seria pago ao todos os servidores.

A diretoria da ADUERN manteve a posição de reivindicação do pagamento integral dos atrasados, mas trouxe para a categoria as opções apresentadas pelo Executivo, para que fosse realizada uma deliberação coletiva. Após amplo debate, a categoria decidiu acordar com a mudança da metodologia de pagamento com a definição de um valor fixo uniforme para todos os servidores.

A posição da categoria será levada ao governo em nova audiência agendada para o dia 04 de maio, onde os valores que serão pagos serão anunciados.

Andamento do pagamento dos salários atrasados

Dois salários do ano de 2018 ainda não foram quitados. O passivo do decimo terceiro pagos aos servidores que recebem até 3.500 reais líquidos representaram 90 milhões de uma folha de cerca de 320 milhões. Para continuidade ao pagamento o governo afirmou que inicialmente pretendia disponibilizar mais 90 milhões, mas já tem como certa a frustação dessa expectativa. Com os possíveis 70 milhões pagos agora em maio, restará ainda um passivo de 160 milhões, que deve ser pago até novembro, e mais todo o valor referente a folha de dezembro de 2018 dos servidores, com previsão de ser pago apenas no próximo ano. 

Fonte: ADUERN, com retificações no título e supressão no texto, sob a responsabilidade deste Blog.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate