13 dezembro 2020

Plano Nacional de Imunização: Governo federal pretende vacinar 51 milhões de pessoas no primeiro semestre de 2021


Foto: reprodução/CNN Brasil

O governo federal pretende imunizar 51,4 milhões de pessoas contra a Covid-19 no primeiro semestre de 2021. A informação consta do Plano Nacional de Vacinação entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) em um dos processos que tratam do tema na Corte.

Uma nota técnica que acompanha o material confirma a manutenção dos grupos prioritários informados durante a semana pelo Ministério da Saúde e faz a estimativa.

A primeira fase contemplará trabalhadores de saúde, idosos acima de 75 anos, idosos com mais de 60 anos que estejam em asilos e população indígena. Esse público é estimado em 14 milhões de pessoas.

Na segunda fase estão pessoas de 60 a 74 anos, que somariam 21,3 milhões. A terceira é voltada a pessoas com comorbidades, uma população estimada em 12,6 milhões. A quarta fase contempla professores, trabalhadores de forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional, público de 3,3 milhões.

No plano, o governo conta que para atender a essa população precisa de 108,3 milhões de unidades de imunizante, levando em conta a aplicação em duas doses e o cálculo de vacinas que acabam sendo desperdiçadas no processo.

O Globo

 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate