05 junho 2021

FURA TETO SALARIAL: Câmara prevê efeito-cascata em decreto do teto, que beneficia Bolsonaro e Ministros com salários acima do Teto

A Câmara dos Deputados passou a se mobilizar contra a portaria do governo que possibilitou que servidores públicos recebam salários acima do teto constitucional, atualmente em R$ 39,2 mil.

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Casa aprovou requerimento para que Paulo Guedes explique a portaria e alegou que ela pode provocar um efeito-cascata nos salários da administração pública.

A nova norma, publicada no fim de abril pelo Ministério da Economia, contempla todos os servidores do Poder Executivo federal e beneficia Jair Bolsonaro, Hamilton Mourão e ministros.

Com Informações do Antagonista

0 comentários:

Postar um comentário

Translate