26 maio 2021

SELEÇÃO DE PROFESSORES: Estão abertas as inscrições de processo seletivo para contratação de educadores para o Pronatec Prisional; veja unidades prisionais de trabalho no RN

FOTO: SEAP/RN

Aberta as inscrições para o processo de seleção simplificada dos profissionais que atuarão no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec Prisional. Serão selecionados educadores para funções docentes de professor bolsista, supervisor pedagógico e técnico que atuarão em unidades prisionais e ministrarão aulas de Formação Inicial Continuada (FIC). Todo o processo será organizado pelo Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC).

As inscrições serão recebidas até o dia 31 de maio por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), disponível em https://sigeduc.rn.gov.br. Ao acessar o sistema, o internauta deve ir à página inicial, clicar na aba Outros e, em seguida, selecionar o ícone Concurso. No ato de inscrição cada candidato poderá escolher uma única opção de cargo e unidade prisional para o qual concorrerá. Será exigido o envio de documentos que comprovem a experiência profissional mínima e formação compatível com os requisitos do cargo pleiteado.

Os aprovados constituirão um cadastro de reserva e serão convocados conforme a necessidade da SEEC. Todo o processo será realizado em uma única etapa, a análise curricular de caráter eliminatório e classificatório. O resultado preliminar será divulgado no dia 8 de junho e o final está previsto para o dia 15.

“A educação deve chegar em todos os lugares onde ela seja uma agente de transformação, seja em espaços escolares ou não escolares. O Governo do RN cumpre mais um importante papel social ao abrir turmas de capacitação profissional nas unidades prisionais do Estado. Trata-se de uma importante oportunidade para que essa força de trabalho seja reinserida no mercado”, frisa Getúlio Marques, titular da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN.

O gestor da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) aponta que o ensino pode mudar realidades. “Os professores exercem um papel nobre ao contribuir com a educação para as pessoas privadas de liberdade. Educar um adulto depois que ele se tornou delinquente, e contribuir para que através do estudo ele seja transformado, e não retorne aos caminhos da criminalidade, é uma missão desafiadora”, pontua Pedro Florêncio Filho, titular da SEAP.

Serão ofertados os cursos de confeccionador de bolsas em tecido, eletricista instalador predial de baixa tensão, instalador hidráulico residencial, aplicador de revestimento cerâmico, pedreiro de argamassa, preparador de doces e conservas, encanador instalador predial, pedreiro de alvenaria, assistente administrativo e pedreiro.

Os educadores atuarão nas seguintes unidades: Associação de Proteção e Assistência ao Condenados (Macau), Cadeia pública de Caraúbas, Cadeia Pública de Ceará-Mirim, Cadeia Pública de Natal, Centro de Detenção provisório de Apodi, Complexo Penal Agrícola Dr. Mário Negócio (Mossoró), Complexo Penal Dr. João Chaves (Natal), Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros, Penitenciária Estadual de Parnamirim, Penitenciária do Seridó (Caicó), Penitenciária Estadual Dr. Francisco Nogueira Fernandes – Alcaçuz (Nísia Floresta), Penitenciária Federal de Mossoró e a Cadeia Pública de Nova Cruz. O edital também atenderá o Centro de Estadual de Educação Profissional Jessé Pinto Freire.

O cadastro de reserva terá validade pelo tempo que durar o programa, observando as necessidades e demandas do Pronatec Prisional, e será financiado com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A íntegra do edital está disponível em http://bit.ly/editalPronatecSEECRN.

 Com Informações do Blog do BG

0 comentários:

Postar um comentário

Translate