23 abril 2021

UERN: Primeira reunião da Comissão de Autonomia financeira da UERN define cronograma de atividades


Foi realizada na manhã de hoje (22) a primeira reunião da Comissão de Autonomia Financeira da UERN, formada por representações das categorias, da reitoria da universidade e do Governo do Estado.

Durante a reunião de hoje foi estabelecido um cronograma das atividades para a comissão. A ideia é que todos os trabalhos devem ser finalizados até o mês de junho. As reuniões da comissão acontecerão preferencialmente de forma quinzenal, mas podem ser adequadas de acordo com as necessidades da comissão.

Ficou definido que a coordenação da comissão de autonomia será feita pela Secretária-Adjunta do Gabinete Civil do Governo, professora Socorro Batista e na secretaria a professora Patrícia Barra, presidente da ADUERN.

Durante o encontro foi realizado um resgate da construção proposta de autonomia financeira e uma apresentação de como o documento está construído.  A partir daí os membros da comitiva se dividiram em três grupos de trabalho com as seguintes tarefas

1º Grupo: Realizar uma atualização do texto da proposta de autonomia

2º Grupo: Realizar atualização dos dados orçamentários da proposta

3º Grupo: Realizar pesquisa sobre legislações e experiências de autonomias financeiras em outras universidades

O terceiro grupo apresentará o resultado de seu trabalho em 30 dias e os outros deverão apresentar um cronograma de atividades que conclua o processo de discussão até o mês de julho deste ano.

A Presidente da ADUERN, Patrícia Barra, avaliou a primeira reunião como positiva e importante para a efetivação dessa luta histórica, mas lembrou que é necessário garantir a participação e democratização da comunidade universitária na gestão dos recursos provenientes da autonomia.

“A autonomia financeira da UERN é uma luta histórica da universidade e estamos caminhando para conquista-la. Será a garantia de recursos para o pleno funcionamento da instituição, mas é fundamental pensar mecanismos padra que a gerência desses recursos seja feita de forma profissional e célere e ao mesmo tempo decentralizada e desburocratizada”, afirmou Patrícia.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate