30 abril 2021

GOVERNO DO RN PARTICIPA DE REUNIÃO COM PROFESSORES DA UERN E DISCUTEM A VIABILIDADE DO ESTUDO DE PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS

Para tanto, foi criado Grupo de trabalho plural  que  fará estudo sobre plano de cargos dos professores da Uern

Em reunião realizada,  quinta-feira (29), entre o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Aduern), foi criado um grupo de trabalho (GT), composto por representantes da Uern, da Aduern, do Gabinete Civil e das secretarias de Educação e de Administração do Governo do Estado, para realizar o estudo da proposta do plano de cargos e salários dos professores da Uern.

A proposta foi apresentada pela presidente da Aduern, Patrícia Barra, que explicou a importância da implantação do plano de cargos da categoria docente. “A proposta do plano de cargos e salários corrige distorções, valoriza e estimula o professor, estabelece critérios de promoções”, explicou a presidente, afirmando que o prazo para a sua consolidação, segundo a proposta apresentada, é de 5 anos, com impacto financeiro a partir do segundo ano.

A reitora da Uern, Fátima Raquel Morais, ressaltou o empenho da governadora em atender os pleitos da Universidade e destacou a importância do diálogo constante entre a Reitoria e o Governo do Estado. Ela reafirmou a importância da implantação do plano de cargos e carreiras não apenas dos docentes, como também dos técnicos da Uern.

“É um pleito de grande importância para a nossa universidade. Na sequência, tenho certeza que também será agendada uma reunião como esta com a nossa categoria de técnicos, que também aguarda por seu plano de cargos. São demandas de décadas, tanto a aprovação dos nossos planos, como também esses reajustes. São pautas que garantem a dignidade dos trabalhadores. E eu tenho certeza da sensibilidade desse governo para com a nossa Universidade”, afirmou a reitora.

A governadora Fátima Bezerra participou da reunião e reconheceu a legitimidade do pleito da categoria docente da Uern, mas lembrou que outras categorias também esperam a implantação de outros direitos. “Existem demandas de outras categorias também. Vamos tratar as demandas da Uern com muita sinceridade e transparência. Este grupo de trabalho vai estudar e definir os passos que possam ser dados para o fortalecimento e expansão da universidade com valorização profissional e salarial dos seus profissionais”, afirmou a governadora.

Ela reafirmou seu compromisso com a Universidade e seus segmentos (docentes, técnicos e estudantes) e, mais uma vez, reafirmou o esforço que tem sido feito para a implantação da autonomia financeira da Uern. “Nunca tivemos um governo com tanta atenção com a Uern, que tivesse um relacionamento com a nossa Universidade e seus segmentos, sejam docentes, sejam técnicos e sejam os próprios estudantes, um governo que tivesse tanto diálogo, pautado pelo respeito, pela transparência, pelo compromisso. A autonomia é compromisso assumido pela governadora e pelo nosso governo. Já temos comissão tratando desse tema e queremos avançar na valorização dos profissionais da universidade”, garantiu Fátima Bezerra.

Participaram ainda da reunião Socorro Batista, secretária adjunta do Gabinete Civil; Getúlio Marques, secretário estadual de Educação;  Aldemir Freire, secretário estadual de Planejamento; José Ediran, representante da Secretaria de Administração; Iata Anderson, pró-reitor de Planejamento da Uern; Kelânia Freire, vice-presidente da Aduern, e Valdomiro Morais, também da diretoria da Aduern.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate