21 março 2021

Chile é o país da América do Sul com vacinação mais adiantada; leia números

O Chile é o país que mais vacina sua população contra a covid-19 na América do Sul. A cada 100 pessoas, aproximadamente 43 já receberam ao menos uma dose. O Brasil está em 4º lugar no continente, com uma média de 6 pessoas vacinadas a cada 100 habitantes.

Os dados são do Our World in Data e foram atualizados até 5ª feira (18.mar. 2021). Dos 12 países sul-americanos, 8 mantêm informações regulares e atualizadas sobre a campanha de vacinação contra o coronavírus em seus territórios. Só Suriname, Guiana, Equador e Venezuela não disponibilizam dados. Como a Guiana Francesa não é um país, e sim um território da França, não foi considerada no levantamento.

A situação do Chile é uma exceção na América do Sul. A vacinação em todos os outros países não alcançou 10 pessoas entre 100 habitantes. Com uma população de cerca de 18,7 milhões, o Chile já conseguiu imunizar 28% da sua população, ou pouco mais de 5 milhões de pessoas. Representa toda a população de risco para a covid.

O país também avança na imunização completa: 13% da população já recebeu as duas doses. O objetivo do governo é vacinar o restante do país até o fim do 1º semestre.

A campanha de vacinação chilena começou em 24 de dezembro de 2020. Atualmente, as vacinas aplicadas são a CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca/Oxford. O Chile escolheu negociar as vacinas ainda no 1º semestre de 2020 para garantir que o país tivesse doses o suficiente dos imunizantes.

Em contraste, o Paraguai é o país com a pior taxa de vacinação entre os países sul-americanos que divulgam os índices de imunização. Até 18 de março, levando em consideração toda a população paraguaia, menos de uma pessoa (0,19) foi vacinada a cada 100 habitantes.

O governo do Paraguai é acusado de má-gestão da pandemia e o país já foi palco de diversos protestos desde o início de março. Os manifestantes pediram a renúncia do presidente Mario Abdo Benítez. Um processo de impeachment foi aberto, mas o Congresso do país manteve Marito, como é conhecido o político, no cargo.

VACINAÇÃO NO BRASIL

Na América do Sul, o Brasil é o 4º no ranking de vacinação. A cada 100 habitantes, aproximadamente 6 foram vacinados contra a covid-19. O governo brasileiro também utiliza a CoronaVac e a vacina da AstraZeneca em sua campanha, como no Chile. Mas a vacinação começou mais tarde: em 17 de janeiro. Além disso, as campanhas Estaduais já foram paralisadas diversas vezes por falta de doses.

O país completou 2 meses de vacinação contra a doença na 4ª feira (17.mar.). No período, apenas 5% dos 213 milhões de brasileiros receberam a 1ª dose da vacina.

Na 6ª feira (19.mar), o Ministério da Saúde assinou contratos com as farmacêuticas Pfizer e Janssen (braço farmacêutico da Johnson & Johnson) para a compra de 138 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. As vacinas devem ser entregues até o final de 2021, o que pode acelerar a vacinação em todo o país.

O Brasil precisa avançar na campanha de vacinação para conter as infecções por coronavírus. Nas últimas semanas o país tem registrado recorde de mortes e de casos. Além disso, também enfrenta as novas variantes do coronavírus. Na semana passada, mais uma cepa do vírus foi descoberta no Brasil, que já se tornou um “celeiro de variantes”, segundo especialistas.

PODER360

 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate