19 janeiro 2021

O POVO AGRADECE: Ato simbólico para início da vacinação no RN ocorrerá nesta terça-feira

 

Após quase um ano de pandemia e mais de 3 mil mortes provocadas pela covid-19 no Rio Grande do Norte, os potiguares poderão finalmente ser imunizados contra a doença.

O Governo do Estado agendou para às 10h desta terça-feira (19) o ato simbólico de início da vacinação no território do RN, com local a ser divulgado em breve. 

As 82 mil doses da vacina que saíram de São Paulo no fim da manhã desta segunda-feira (18) em direção ao RN têm previsão de chegada entre o final da noite de hoje e a madrugada desta terça-feira (19). Devido a questões de logística do Ministério da Saúde, os voos sofreram um atraso, prolongando o horário estipulado de chegada das vacinas nos estados. A governadora Fátima Bezerra esteve na capital paulista, juntamente com os demais governadores, para receber oficialmente os lotes. “É um momento muito emocionante. A largada está sendo dada”, afirmou a gestora.

Apesar de confirmar a ação simbólica, a campanha só deve começar oficialmente na quarta-feira (20), conforme já havia sido anunciado na semana passada. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap), essas primeiras doses serão utilizadas para vacinar os grupos prioritários compostos por profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia e idosos residentes em Instituições de Longa Permanência. 

O secretário de Saúde, Cipriano Maia, informou que “a expectativa é receber novas doses a cada 10 dias se for mantida a programação de produção das doses” para garantir a imunização das outras parcelas da população. Ele ainda chamou a atenção para a necessidade de, mesmo com o início da vacina, se manter as medidas de prevenção à covid-19, como o distanciamento social, o uso de máscara e higienização pessoal. Além disso, ele pediu respeito à vida do próximo. “A chegada da vacina não garante ainda a imunidade coletiva. Produzir a imunidade leva algumas semanas e nós estamos numa situação de pico. Não podemos mais perder irmãos, pessoas para a covid-19. Vamos evitar eventos, aglomerações. Vamos respeitar a vida das pessoas”, concluiu.

Logística

Assim que desembarcarem em solo potiguar, as vacinas serão recebidas pela Polícia Federal. Em seguida, na saída do aeroporto, a escolta será feita pela Polícia Rodoviária Federal até a sede da Unicat, em Natal. Ao passar para as mãos do Estado, a guarda da vacina será de responsabilidade da Polícia Militar.

Com as doses em mãos, o Governo do RN fará a distribuição dos imunizantes para as sete centrais de saúde do estado: Além de Natal, receberão as vacinas as regionais de Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó, Santa Cruz, João Câmara e São José de Mipibu. A partir das centrais, as vacinas serão distribuídas para todos os municípios potiguares.

Saiba como se cadastrar no sistema ‘RN Mais Vacina’

Atualmente, o Rio Grande do Norte possui 900 mil seringas em estoque e mais dois milhões adquiridas e destinadas especificamente à vacinação contra a Covid-19. Sendo que as que o Estado possui em estoque serão usadas na primeira fase da vacinação e o restante nas demais etapas. “Estoque de seringas não será problema, principalmente porque vamos vacinar em fases progressivas. O estoque é suficiente para vacinar a população de acordo com as doses disponíveis”, garantiu o secretário de Saúde. 

Além disso, o Estado conta com um ultrafreezer, sete câmaras frias de mil litros, 18 câmaras frias de mil litros (três para cada regional); no Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais são duas câmaras frias de mil litros, uma câmara fria de 340 a 400 litros, além de 28 Câmaras frias de 340 a 400 litros distribuídas em quatro municípios (quatro em São Gonçalo do Amarante, quatro em Parnamirim, oito em Mossoró e 12 em Natal); possui ainda oito câmaras frias de mil litros: duas para cada município descrito anteriormente. Em parceria com a UFRN, são sete ultrafreezer para armazenamento das vacinas.

O Governo também firmou uma parceria com a Cosern Neonergia para aquisição de 95 refrigeradores científicos a serem distribuídos entre municípios potiguares para armazenamento das vacinas. Além disso, a empresa doou dois refrigeradores à Sesap com capacidade de 280 litros e 420 litros respectivamente, suficientes para armazenar cerca de 18 mil doses de 0,5 ml. A contribuição faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Eficiência Energética (Aneel).

0 comentários:

Postar um comentário

Translate