25 novembro 2020

MP Eleitoral determina abertura de apuração sobre 5 mil candidaturas femininas

 

O procurador regional eleitoral de São Paulo, Sérgio Monteiro Medeiros, determinou a abertura de apuração sobre ao menos 5 mil candidaturas femininas nas eleições com suspeitas de irregularidades.

A principal suspeita é de “candidaturas laranjas”, de mulheres que são lançadas pelo partido sem apoio e financiamento efetivo, muitas sem qualquer voto, apenas para cumprir a cota de 30%.

As 5 mil candidaturas femininas suspeitas foram levantadas por uma equipe dos deputados Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) e do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).


Foram selecionadas candidaturas de mulheres sem declaração de renda, com escolaridade baixa, nenhum gasto de campanha e de partidos com baixo número de mulheres filiadas na cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate