03 novembro 2020

CLIMA DE ELEIÇÃO: Justiça Eleitoral do RN realiza preparação de urnas para Eleições Municipais

Desde terça-feira, 27, a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte está realizando a geração de mídias e preparando as urnas eletrônicas para o primeiro turno as Eleições Municipais de 2020. No pleito deste ano, serão utilizadas 7.676 urnas em todo o estado. Ontem (30) foi concluída a preparação das urnas que serão utilizadas nas eleições de Natal.

“É um dos processos mais importantes antes do dia de votação”, afirma o Coordenador de Eleições do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), Tyronne de Medeiros, “É o que impede, por exemplo, que um eleitor vote em uma seção que não é a sua”, destaca.

A geração de mídias consiste na instalação dos dados e programas que funcionarão em cada urna eletrônica. Para isso é utilizado o Sistema Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica (Gedai-UE), que gera as tabelas de candidatos, partidos, coligações, eleitores e seções de votação. Também são inseridos o sistema de apuração (SA), o de recuperação de dados (RED), verificação pré e pós eleição (VPP) e Ajuste de Data e Hora (ADH).

Já a preparação das urnas divide-se em quatro etapas. Primeiro, as caixas das urnas são identificadas com etiquetas que apontam Zona Eleitoral, local de votação e seção eleitoral correspondentes aos dados inseridos no equipamento.

Em seguida, as mídias geradas no sistema Gedai-UE são inseridas nas urnas das seções e nos equipamentos de contingência. Após isso, é realizado um teste de votação, com eleitores e candidatos reais para validação do comportamento dos sistemas. Por fim, as urnas são lacradas e embaladas nas respectivas caixas.

Procuradores Eleitorais fiscalizam preparação dos equipamentos

Os procedimentos são realizados pelos servidores em cada uma das 60 Zonas Eleitorais do estado. As ZEs de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Macaíba realizam os procedimentos no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (COJE), na capital potiguar, enquanto as outras Zonas fazem o processo em suas respectivas sedes.

Na tarde da última quinta-feira (29), procuradores federais do Ministério Público Eleitoral compareceram ao COJE para fiscalizar a geração de mídia e a preparação das urnas que serão utilizadas no pleito deste ano. Estiveram presentes o promotor da 1° Zona Eleitoral, Augusto Flávio de Araujo Azevedo; a promotora da 2°Zona Eleitoral, Iara Maria Pinheiro de Albuquerque e o promotor da 4°Zona Eleitoral, Afonso de Ligorio Bezerra Junior.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate