06 outubro 2020

PROIBIÇÃO DE EVENTOS POLÍTICOS: PSB, PSOL e Solidariedade entram na justiça contra decreto de Álvaro Dias que proibiu aglomerações na campanha

O PSB, PSOL e o Solidariedade entraram nesta terça-feira com uma ação na justiça eleitoral contra o decreto do Prefeito Alvaro Dias que normatizou ações eleitoras de rua durante a campanha eleitoral por causa da pandemia.

O decreto de Álvaro Dias proibiu comícios, passeatas, carreatas e reuniões com mais de 100 pessoas.

Os três partidos, que tem os candidatos Kelps Lima, Hermano Morais e a candidatura coletiva do PSOL são contras já que entraram com a ação, para eles deve se permitir as aglomerações de campanha.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate