15 maio 2020

DEMISSÃO DO MINISTRO DA SAÚDE TEICH: “Bolsonaro coloca o Brasil de joelhos frente à pandemia”

O líder do PSB na Câmara, deputado Alessandro Molon, também comentou a saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde:

“Bolsonaro não quer um ministro técnico. Ele quer alguém que concorde com suas insanidades ideológicas, como o fim do isolamento e o uso da cloroquina. Com essa insistência, o presidente perde o segundo ministro da Saúde em menos de um mês e coloca o Brasil de joelhos frente à pandemia.”

Molon disse que o impeachment de Bolsonaro é necessário para “evitar uma catástrofe”.

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) afirmou:

“Sobrarão poucos na República Apache.”

0 comentários:

Postar um comentário

Translate