28 abril 2020

NÃO ESCUTE BOLSONARO. Países que ouviram a OMS estão em melhores condições

Durante a coletiva em Genebra, o diretor-geral da OMS Tedros Adhanom, decretou a Covid-19 uma emergência de saúde internacional no dia 30 de janeiro, antes de qualquer pessoa morrer pela doença fora da China.

Na época não havia registros da doença na África ou na América Latina.

“O mundo deveria ter ouvido a OMS com cuidado na época porque a emergência de saúde internacional, o nível mais alto de alerta, foi ativado quando só tínhamos 82 casos e nenhuma morte no resto do mundo”, disse Tedros.

“Todos os países poderiam ter ativado todas as suas medidas de saúde pública possíveis. Eu acho que isso é suficiente para demonstrar a importância de ouvir os conselhos da OMS”, acrescentou.

“E, então, nós aconselhamos todos os países a implementar uma abordagem de saúde pública abrangente. E nós dissemos: ‘ache, teste, isole, trace os contatos, e assim por diante’. Vocês podem ver por si mesmos que os países que seguiram isso estão em uma situação melhor que outros. Isso é fato”, disse Tedros.

Os países que seguiram recomendações de combate à Covid-19 estão em situação melhor.

O Brasil continua sem ouvir.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate