12 março 2020

MTur discute novos critérios para atualização do Mapa do Turismo



Encontro com interlocurotes do PRT discutiu novas diretrizes de regionalização. Crédito: Divulgação
 
 Novas diretrizes serão apresentadas durante encontro nacional marcado para abril
 
Durante a 4ª reunião dos representantes macrorregionais do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), realizada neste mês pelo Ministério do Turismo, em Brasília (DF), interlocutores dos estados do Pará, Amazonas, Mato Grosso, Espírito Santo, Paraíba, Paraná e Santa Catarina discutiram novas diretrizes de regionalização. Também participaram do encontro representantes das regiões turísticas de Costa Verde e Mar (SC), Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu (PR) e Fórum de Turismo do Brejo (PB).
Durante as oficinas foram definidas três estratégias, sinalizadas como linhas orientadoras para as novas diretrizes de regionalização: “Ordenamento territorial” – envolvendo estados, regiões e municípios dentro do Mapa do Turismo Brasileiro, com critérios diferenciados para os diferentes níveis; “Gestão com planejamento, organização e monitoramento” - integrado a programas de financiamento; e “Promoção” - com ações ligadas à promoção de produtos, roteiros, regiões, empreendimentos, atrativos, destinos, etc.
Além desses pontos, foram discutidos a inclusão de novos critérios para a atualização do Mapa do Turismo de 2021 como a disposição das Instâncias de Governança formalizadas (com a participação do setor público, privado e do terceiro setor) e seus respectivos Planos de Trabalho; a comprovação dos Conselhos Estaduais de Turismo; além da autonomia das Unidades da Federação com critérios e calendários próprios.
Todos os novos critérios e adequações do Sistema de Informação do PRT serão apresentados e discutidos na 33ª Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do PRT a ser realizada em abril no estado do Pará. Para o secretário de Estruturação do Turismo substituto, Hercy Filho, esta atualização atende à demanda dos interlocutores. “O PRT é um programa de integração e de diálogo. Todos são atores principais e contribuem para o aprimoramento do programa em prol da estruturação dos destinos, da gestão e da promoção do turismo no País”, destaca.
A coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial, Ana Carla Moura, destacou a importância do Mapa do Turismo na orientação de políticas públicas de turismo e na gestão e no ordenamento territorial do país. “Durante o encontro, concluímos que o PRT começou como um programa, passou a ser um macro programa e atualmente é uma diretriz, que permeia as políticas do MTur de forma transversal“, ressaltou Moura.
REUNIÃO NACIONAL – A 33ª edição da reunião nacional dos interlocutores estaduais do Programa de Regionalização do Turismo acontecerá na cidade de Belém (PA), entre os dias 3 e 5 de abril de 2020. A programação e as exposições técnicas ocorrerão durante a 9ª Feira Internacional de Turismo da Amazônia – FITA.
Edição: Cecília Melo

0 comentários:

Postar um comentário

Translate