11 fevereiro 2020

MTur entrega mais de 5 mil Certificados de reconhecimento do trabalho de regionalização do turismo

Praça da Estação, em Belo Horizonte (MG), uma das 2.694 cidades do Mapa do Turismo Brasileiro. Crédito: Pedro Vilela/MTur
  
- Dentre outros benefícios, documento facilita a solicitação de apoio financeiro para a estruturação dos destinos turísticos. Saiba como emiti-lo
 
Mais de 5 mil certificados para gestores, prefeitos e presidentes de conselhos municipais que atuam na regionalização do turismo já foram entregues pelo Ministério do Turismo neste ano. Além de dar reconhecimento ao trabalho e de comprovar a participação no Mapa do Turismo Brasileiro, o documento facilita a solicitação de apoio financeiro, destinado pelo MTur, a projetos de estruturação dos destinos.
Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é gratificante ver que muitos gestores estão engajados em desenvolver o turismo brasileiro. “A quantidade destes certificados mostra o quanto de parceiros temos espalhados pelo país com um mesmo interesse: fazer do nosso país uma potência no turismo. Isso valida a responsabilidade no âmbito federal e local de trabalharmos juntos para ajudar o Brasil na geração de emprego e renda”, ressaltou o ministro.
Ao todo, foram emitidos 333 certificados para gestores regionais, 2.694 para prefeitos e outros 2.694 para presidentes de conselhos municipais de turismo, como é o caso do presidente da Federação do Circuito Turístico do estado de Minas Gerais, Igor Diniz. Para ele, a certificação traz maior acompanhamento por parte do governo federal e dos próprios municípios. “Ele mudou completamente a questão da visibilidade dos municípios em relação ao programa de regionalização do Ministério do Turismo”, citou.
O certificado faz parte do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), do Ministério do Turismo, e é ofertado para todos os entes e gestores que fazem parte do Mapa do Turismo brasileiro. A iniciativa orienta a atuação do governo federal no desenvolvimento das políticas públicas e define o recorte territorial a ser trabalhado prioritariamente, incluindo ações de infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos, observando características peculiares de demanda e vocação turística de cada município.
De acordo com o secretário de Turismo de Baía da Traição, na Paraíba, Aluízio José de Lorena, ações como essa são de suma importância para fortalecer o turismo para quem está na ponta. “O programa de regionalização tem uma importância fundamental para os que estão na ponta. Temos nesse programa a oportunidade de conhecer a potencialidade desses municípios, tornando a região propícia para qualquer turista do mundo, além de direcionar os recursos do MTur diretamente para quem se preocupa com o desenvolvimento do setor”, finalizou.
Para emitir e imprimir seu certificado, basta acessar o site do Mapa do Turismo, selecionar os campos Macrorregião, UF, Região Turística e Município e, em seguida, clicar em “pesquisar” e aguardar o resultado destacado com a cor azul. A partir daí, é só clicar no destino selecionado e escolher a opção “emitir certificado”.
ENGAJAMENTO – No fim de 2019, o Ministério do Turismo lançou a hashtag #conexãoPRT com o objetivo de promover nas redes sociais os avanços do programa e conectar as esferas estadual, municipal e federal. Com isso, o MTur espera acompanhar as ações realizadas pelos estados e municípios relacionadas ao Programa de Regionalização do Turismo (PRT).
Edição: Cecília Melo
DESTE BLOG: O MUNICÍPIO DE OLHO D'ÁGUA DO BORGES FOI UM DOS QUE RECEBERAM CERTIFICADOS.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate