31 janeiro 2020

GOVERNO DA POLÍCIA: Polícia Militar promove mais de 2,6 mil praças da corporação em Natal

Polícia recebe promoções e até o pagamento antecipado; todo dia 15

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizou nesta quinta-feira (30) a promoção de 2.676 praças da corporação. O evento aconteceu no Quartel do Comando Geral da PM, no bairro do Tirol, em Natal. Atualmente, a corporação conta com pouco mais de 7,3 mil agentes ativos.

Durante a solenidade, 1.655 policiais foram elevados ao posto de cabo, 395 cabos ao de 3º sargento, 198 ao de 2º sargento, 200 ao de 1º sargento e 228 ao de subtenente.

A governadora Fátima Bezerra (PT), participou da solenidade. “Fizemos um esforço extraordinário e colocamos a segurança pública como prioridade do governo. Fiz questão de estar aqui para partilhar com vocês esse momento tão importante para todos nós”, afirmou.

Fátima também se referiu ao termo de ajustamento de conduta (TAC) firmado entre Governo do RN e Ministério Público Estadual (MPE) para a convocação de uma nova turma de formação de praças da Polícia Militar do RN (PM-RN), ampliando a quantidade de mulheres incluídas no processo.

O edital, que segue uma legislação da década de 1990, havia reservado para o público feminino apenas 62, das mil vagas. A nova turma de formação, segundo o termo, incluirá todos os aprovados nas seis etapas da seleção que não entraram na primeira chamada.

A quantidade de candidatos aprovados que serão chamados para a turma de 2021 ainda será definida, pois depende diretamente do prosseguimento da atual formação. Ao fim do processo seletivo foram aprovadas 1.339 pessoas, sendo 1.070 homens e 268 mulheres.

A chefe do Executivo estadual acatou a sugestão da deputada estadual Isolda Dantas, que também participou da solenidade. A deputada entregou à governadora um documento-base para um projeto de lei que equipara a participação da mulher na PM.
 
Fonte: Blog Gláucia Lima
 
DESTE BLOG: A Governadora sabe muito bem que foi eleita com a expressiva votação de todos os servidores do RN, mas promove  apenas a  Polícia. E as demais categorias? Conheço professora e professor do Estado do RN que requereram progressão funcional há mais de dois anos e ainda não tiveram seus processos deferidos pela Secretaria de Educação. 
Todavia, não tiro o mérito da Polícia, mas quero direitos iguais.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate