05 setembro 2019

REITERADAS PROMESSAS: Governo do RN pretende pagar parte dos atrasados com recurso da cessão onerosa

O Governo do Rio Grane do Norte pretende pagar uma parte dos salários atrasados com os recursos da cessão onerosa do pré-sal. A afirmação foi feita pelo Secretário de Estado do Planejamento e das Finanças do Rio Grande do Norte, Aldemir Freire, em entrevista ao Jornal da Tarde (Rádio Rural de Mossoró) nesta quarta-feira (4).

O RN deve reve receber R$ 450 milhões da cessão onerosa até o final do ano. Outra parte desse dinheiro deverá ser usada para quitar dívidas com fornecedores.

O Estado já havia garantido outra fonte de recurso extra, com a venda da folha para o Banco do Brasil. Com o recurso, a governadora Fátima Bezerra anunciou que serão pagos o 13º salário de 2019 de todos os servidores.

Enquanto isso, o Secretário de Planejamento, Aldemir Freire, segue sem participar das negociações tratadas em audiência entre o Fórum Estadual dos Servidores com a governadora Fátima Bezerra e os secretarios estaduais.

A pasta do secretario é a responsável por planejar, executar e avaliar os sistemas estaduais de Planejamento, Orçamento e Finanças, elaborando planos de desenvolvimento para as diversas áreas; estabelecendo a programação financeira de recursos do Estado, avaliando a programação orçamentária e financeira das entidades da Administração Indireta dependentes de repasses do Tesouro Estadual, entre outras.

A ausência do chefe da pasta nas reuniões impede que a situação financeira do estado seja entendida em sua completude e por essa razão, os servidores desconhecem o que fez o estado optar pelo afastamento de Aldemir das negociações.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate