26 agosto 2019

Secretário de Planejamento do RN questiona divulgações: como cortar 300 milhões por ano se repasses não chegam a 300 milhões por ano?


Do Blog Thaisa Galvão

Basta fazer a conta: se POR ANO você paga 271,9 milhões, como pode cortar 300 milhões POR MÊS?

A matemática errada é de quem paga? Ou de quem diz que corta?

A indignação do secretário de Planejamento do Estado, Aldemir Freire, se deu depois de publicações…erradas, claro, basta fazer a conta.






O secretário foi para as redes sociais expor, com números, sua indignação:



O secretário expôs ainda os números da atual gestão, num comparativo com a gestão passado, quando a UERN viveu meses de greve.



Os dados do Governo do Estado apontam que os pagamentos e empenhos orçamentários da Uern entre janeiro e julho deste ano foram maiores do que no mesmo período em 2018.

O valor pago até julho 2019, por exemplo, foi de R$ 104,2 milhões, enquanto que no ano anterior o montante foi de R$ 78 milhões.

Com relação ao valor empenhado, a proporção é semelhante:

R$ 133 milhões em 2019

R$ 122,7 milhões em 2018

O Governo garantiu ainda o repasse mensal de R$ 1,5 milhão para o custeio da Universidade, além de R$ 1 milhão destinado, exclusivamente, para finalizar a obra do campus da zona Norte de Natal, que tem previsão de conclusão até 2020.

Os recursos serão complementados com a destinação de aproximadamente R$ 11 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) para a Uern até 2023.

A equipe econômica do Governo do Rio Grande do Norte destacou a garantia de R$ 3,6 milhões em investimentos para a Uern, como contrapartidas dos contingenciamentos realizados pelo Governo Federal nas emendas destinadas pela bancada federal potiguar à instituição.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate