25 julho 2019

Educação de Jovens e Adultos é tema de encontro estadual


Educadores e alunos discutiram, durante a tarde do dia  (23), sobre os caminhos da educação de jovens e adultos (EJA) no RN, durante no I Encontro Estadual de EJA. Realizado na escola estadual Edgar Barbosa, em Natal (RN), o evento teve por objetivo discutir a realidade da educação de jovens e adultos e construir uma política pública que atenda às necessidades dessa modalidade de ensino.

Promovido pelo Fórum Potiguar de EJA, o encontro uniu mais de 140 participantes, entre estes representantes de secretarias municipais e instituições locais. Em seu discurso de abertura, a secretária adjunta frisou a importância do debate levantado no evento, que traz, nesta primeira edição, o tema “Educação de Qualidade Social como Direito de Trabalhadores e Trabalhadoras”.

“E esse tipo de debate que estamos tendo hoje é fundamental para traçarmos os eixos e estratégias que devem ser definidas, e fazer um trabalho em conjunto com vocês, com as instituições aqui presentes a fim de que possamos superar os índices de analfabetismo e de abandono na escola. Temos que ter uma ação mais organizada, não só do Estado, mas também com os municípios para ampliação das oportunidades de acesso à educação de jovens e adultos”, considerou a secretária, saudando os presentes.

Após a mesa de abertura, a programação do evento teve continuidade com uma palestra sobre o tema central do evento, e apresentações de trabalhos em torno de temas que permeiam a educação inclusiva do jovens e adultos. Também estiveram presentes na abertura a coordenadora de Desenvolvimento Escolar (Codese), Glauciane Pinheiro, e a subcoordenadora de Educação de Jovens e Adultos (Sueja), Liz Araújo.

Além dos citados, também estavam presentes no I Encontro representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), além de profissionais que trabalham por meio da EJA.

16º Eneja

Além da discussão sobre o fortalecimento da atuação do EJA no Estado, o evento também teve como objetivo, definir propostas e eleger os 15 delegados potiguares que representarão o RN no 16º Encontro Nacional de EJA, realizado entre os dias 18 e 22 de setembro, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Esse evento trata-se de uma oportunidade de debater, em nível na nacional, as pautas de atuação do EJA nos estados da federação e seus principais desafios.

A EAJ no RN

Com foco em jovens e adultos que não conseguiram concluir a educação básica, a EJA atua por meio dos níveis Fundamental e Médio de ensino público. Seu público “são homens e mulheres que foram excluídos da escola e que procuram concluir seus estudos através da EJA”, segundo a subcoordenadora da Sueja, Liz Araújo.

Atualmente, quase dois mil professores atuam na educação de jovens e adultos, no contexto da rede pública estadual de ensino do RN, em 92 municípios. Ainda de acordo com a subcoordenadora, a EJA também comtempla aqueles alunos que “estão os privados de liberdade”, estudantes das unidades prisionais do Estado.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate