09 julho 2019

CNTE e a 20ª Semana Nacional da Educação



Na última terça-feira (03/07), a Comissão de Educação Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), presidida pela deputada Beatriz Cerqueira, entregou os votos de congratulação aprovados em 2019. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), representada pela secretária-geral, Fátima Silva, foi homenageada pela importante realização da 20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública.
O evento, que aconteceu em abril desse ano no Brasil e no mundo, buscou debater com educadores/as e a sociedade temas como a Reforma da Previdência, organização, segurança e estrutura das escolas, a formação e a valorização dos/as profissionais em educação.
Na oportunidade, a deputada Beatriz Cerqueira destacou o trabalho desenvolvido pela CNTE e disse que reconhecer o trabalho da Confederação é uma maneira de também valorizar a educação pública de qualidade social educadores/as, estudantes e a organização da classe trabalhadora. “A CNTE desenvolve um trabalho extremamente relevante, pautando desde o financiamento até a valorização profissional e uma educação pública e gratuita para todos e todas. Ela cumpre um papel estratégico e vital para o nosso país. Tivemos um mês de maio de lutas, mas, a nossa Confederação faz a luta pela educação todos os anos, de maneira constante”, ressaltou.
A deputada também lembrou que, em 2017, foi uma greve nacional convocada pela CNTE que possibilitou a classe trabalhadora se unir e derrotar nas ruas a Reforma da Previdência do governo Michel Temer.
Foi registrada a presença da diretora do Sind-UTE/MG, Marilda de Abreu Araújo, também da direção executiva da Confederação. A coordenadora-geral do Sindicato, Denise Romano, e outros integrantes da direção estadual do Sindicato também prestigiaram a audiência pública.
A secretária-geral da CNTE, Fátima Silva, disse que receber essa homenagem histórica na Assembleia Legislativa de Minas Gerais é o reconhecimento de tudo aquilo que a Confederação e seus sindicatos filiados têm feito nos mais diversos rincões do país, nas comunidades mais carentes, nas aldeias indígenas e nos quilombos. E, neste contexto, destacou também a ação combativa e atuante do Sind-UTE/MG. Lembrou-se do trabalho feito nas escolas rurais, nos pequenos, médios e grandes municípios. “Estamos muito honradas por esse reconhecimento e vamos continuar a serviço da educação”, repetiu.
Fátima Silva ainda refletiu sobre o momento pelo qual passa o país e disse que vivemos num país que desrespeita a educação, que ataca educadores e educadoras e promove um retrocesso sem precedentes em todo o processo educacional. Prova disso é que a educação está indo às ruas para contestar esse governo, que “persegue a educação e seus profissionais com teorias que negam totalmente a ciência”.


(Site deputada estadual Beatriz Cerqueira, 03/07/2019)

0 comentários:

Postar um comentário

Translate