27 junho 2019

LENGA-LENGA: Fórum dos Servidores se reúne com governadora Fátima Bezerra nesta quinta-feira


O encontro acontecerá na Governadoria, às 15h. A pauta de reivindicações das categorias contempla o pedido de reajuste de 16,38% para todos os servidores, apresentação de calendário de pagamento dos salários atrasados e calendário referente a 2019
Novo encontro acontece a partir das 15h

Está agendada para esta quinta-feira, 27, uma nova reunião entre o Fórum de Servidores do Rio Grande do Norte e a governadora Fátima Bezerra (PT). O encontro acontecerá na Governadoria, em Natal, às 15h. A pauta de reivindicações das categorias contempla o pedido de reajuste de 16,38% para todos os servidores, apresentação de calendário de pagamento dos salários atrasados e calendário referente ao ano de 2019.

A reunião acontece em um momento de tensão entre as categorias e a gestão estadual, aflorado pela proposta de reajuste de 16,38% aos procuradores do Estado, apresentada por meio de projeto de lei complementar enviado à Assembleia Legislativa pela chefe do Executivo do RN. Ao JORNAL DE FATO, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN (SINSP/RN), Janeayre Souto, afirmou que espera de Fátima Bezerra o envio de um novo projeto de lei, dessa vez contemplando todos os servidores estaduais.

“Esperamos que o Governo reconheça o equívoco em ter enviado para a Assembleia um projeto de lei discriminatório e preconceituoso e envie um novo projeto, inclusivo, contemplando todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas”, declarou, acrescentando: “O Governo precisa apresentar um calendário de pagamento, não se pode mais ficar nesse exercício de futurologia. O Governo precisa parar de brincar com o servidor.”

As reivindicações das categorias incluem ainda a apresentação de uma data para pagamento da antecipação de 40% do 13° salário de 2019 para todos os servidores. A presidente do Sinsp/RN também cobra informações sobre ações anunciadas pelo Governo para arrecadar dinheiro extra que seria utilizado para quitar as folhas ainda em atraso, como novembro e dezembro e 13° de 2018. “Ninguém ouve mais falar em antecipação de royalties, venda de folha”, diz Janeayre Souto, mencionando alternativas apresentadas pela gestão Fátima Bezerra para equacionar débitos salariais.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate