02 junho 2019

AULINHA BÁSICA DE ECONOMIA



Por Carlos Escóssia*

Se não criar emprego para o povão, a merda tá feita e empacotada.

Economia é uma ciência que depende de atores, imaginem Bolsonaro e Guedes como protagonistas.

Se a dita classe empresarial continuar mandando “coração e arminha” para o inominável, vão quebrar, sem entender a força do mercado, que é e continua sendo o grande senhor da situação.

Quem mantém o país e o consumo é o pobre: 89% da população brasileira é pobre, ganham menos de 3 salários mínimos, 11% é classe média alta e somente 3% desse total são ricos e consomem mais de 70% do PIB.

Rico é só 3%, mais ou menos são 11%.

Se não tiver o pobre para gastar – a economia não anda – quem comanda a economia desse país são os pobres.

Rico quando tem dinheiro sobrando vai para o exterior e gasta 30 mil dólares lá. O pobre quando ganha um dinheirinho a mais não sabe guardar, pega o seu carrinho e vai viajar, pobre gasta aqui no pais, diferente dos ricos.

O pobre é quem segura a economia, com um dinheirinho no bolso compra televisão, vai pro Ceará tomar uma cerveja e deixa lá 500 reais

O pobre não tem poupança, é consumista.

Empresário não ganha dinheiro com rico, ganha dinheiro com pobre que compra seus produtos.

Rico compra carro a vista, quem sustenta banco é pobre, ele junta 20 mil reais para comprar um carro e financia os outros 20 e acaba pagando 2 carros e meio.

Em suma: quem sustenta esse país são os pobres.

*É professor aposentado do curso de economia da UERN.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate