21 maio 2019

Policiais, idosos e deficientes ganham destaque em plano B da reforma da Previdência discutido por grupo de deputados

O Blog  de Thaisa Galvão teve  acesso a um documento que chama todas as atenções em um gabinete da Câmara Federal…

Documento que visa dar uma remodelada na reforma da Previdência apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Deputados e senadores querem apresentar o que seria uma solução do Congresso, vez que a solução governista tem desagradado mais do que agradado e caminha para não ser aprovado.

E adianto dois pontos desse Plano B que poderá ser apresentado pela Câmara:

No caso específico dos policiais: a intenção é que a idade mínima para se aposentar, homens ou mulheres, seja 52 anos.

E o tempo de contribuição seja de 25 anos para elas e 30 anos para eles.

Já os idosos e portadores de deficiência que comprovadamente não tem rendimentos nem mesmo de familiares próximos, pela proposta dos deputados, eles poderão dispor de uma aposentadoria recebendo um salário mínimo por mês.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate