26 maio 2019

Deputado Beto Rosado reafirma posição contrária à reforma da Previdência


Deputado fala sobre Previdência e Coaf em entrevista

O deputado federal Beto Rosado (Progressistas) reafirmou que votará contra à reforma da Previdência proposta pelo governo Jair Bolsonaro (PSL).

A matéria já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados e agora está na Comissão Especial da reforma da Previdência, devendo ir à votação no plenário nos próximos dias.

"Temos que ter muito cuidado para a reforma da Previdência não tirar benefícios de proteção que alguns setores da nossa sociedade merecem. Eu já me posicionei contra. Algumas alterações já estão com bastante avanço, como previdência rural e BPC [Benefício de Prestação Continuada]. Além disso, o governo queria que essa matéria fosse votada apenas por metade do Congresso, o que é um absurdo", criticou em entrevista ao Enfoque Político (Super TV) desta sexta-feira (24).

Ele lembrou ainda que votou a favor da admissibilidade da reforma da Previdência na CCJ, "mas lá só analisamos a constitucionalidade da matéria. O mérito é discutido e votado no plenário".

Coaf

Sobre a mudança do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que deve sair do Ministério da Justiça, comandado por Moro, e ir para o Ministério da Economia de Paulo Guedes, Beto afirmou que Coaf é assunto administrativo, que há mais de 20 anos estava na pasta da Economia e que Guedes "tem condição total de tocar o conselho e não vai negar a participação de Moro no Coaf". Por isso, votou a favor.

Disse ainda que a bancada do Progressistas fechou questão sobre a votação.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate