24 abril 2019

'Reforma da Previdência' é aprovada na CCJ da Câmara dos Deputados


A proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro (PSL) foi aprovada no fim da noite desta terça-feira (23) pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados.

Foram 48 votos a favor e 18 contra, de um total de 66 deputados. Não houve abstenção. O texto segue para a comissão especial, que deve ser instalada nesta quinta (25) ou na semana de 6 de maio.

Essa foi a primeira etapa do principal projeto do início da gestão Bolsonaro. A CCJ analisa apenas se o texto fere ou não princípios constitucionais. Será na comissão especial a análise sobre o conteúdo da proposta.

A votação ocorreu depois de mais de nove horas de sessão.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acompanhou o final da votação. Ele comemorou o resultado, e afirmou que pretende instalar a comissão especial nesta quinta (25) ou no dia 7 de maio.

Maia também disse que o governo precisa construir maioria na próxima fase.

“O governo precisa trabalhar de forma efetiva a sua base, a sua maioria”.

O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO) disse que a gestão Bolsonaro tentará uma aproximação com os partidos.

“Vamos continuar os movimentos de aproximação, vou levar alguns líderes para conversar com o presidente”, disse.

Com quase três meses de legislatura, o deputado admitiu que o governo não tem base ao falar de seu próprio partido.

“Vamos continuar unindo o PSL, que é a pedra angular da nossa futura base”, afirmou. E negou que os pontos retirados do texto já na CCJ sejam uma desidratação. “Essas pequenas concessões não impactam a coluna vertebral da reforma.”

FOLHAPRESS

0 comentários:

Postar um comentário

Translate