12 novembro 2018

UERN: Professores vão decidir sobre indicativo de greve


Aduern: outra greve engatilhada (Foto: arquivo)

Do Blog Saulo Vale

Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (12), a Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN (ADUERN) convocou os professores da instituição para um novo encontro, com objetivo de decidir sobre um indicativo de greve.

Será no próximo dia 20, às 9h, na sede da Aduern, em Mossoró.

Na pauta, atrasos salariais e a falta de pagamento do 13º salário de 2017, que o Governo do Estado ainda não pagou para quem recebe mais que R$ 5 mil.

Greves

A última greve da Uern aconteceu no governo Robinson Faria (PSD) e durou 127 dias.

Teve como principal reivindicação a atualização dos salários dos servidores, o que até hoje não aconteceu.

Nota do Blog Carlos Santos – A última paralisação do professorado foi encerrada em assembleia no dia 16 de março deste ano (veja AQUI). Começara dia 10 de novembro de 2017. Em 2015 ocorreu o recorde de 147 dias.

Só durante o atual governo, os docentes da Uern somaram 274 dias de greve. Na era Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) foram duas paralisação, uma com o total de 106 e outra com 66, totalizando 172 dias.

De 2011 até março deste ano, a instituição teve 446 dias de greve dos professores.
DESTE BLOG: Agora é tarde demais. Greve deveria ter sido deflagrada uma semana antes do segundo turno das eleições, pois na véspera o governador surpreendeu os professores com o pagamento de setembro previsto para 10 de outubro. De onde veio o dinheiro?

0 comentários:

Postar um comentário

Translate