21 maio 2018

RN reduz taxa de analfabetismo de 14,7 para 13,5 em 2017, diz IBGE

POR JORNAL DE FATO

A taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte reduziu 1,2 ponto percentual entre 2016 e 2017 entre pessoas de 15 anos ou mais de idade, informou nesta sexta-feira, 18, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados fazem parte da pesquisa Educação 2017, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Contínua (Pnad Contínua).

De acordo com o levantamento, em 2016 o índice estava em 14,7%, enquanto que em 2017, a taxa de analfabetismo foi reduzida para 13,7%. Esta é a terceira menor da região Nordeste. Somente Bahia (12,7%) e Pernambuco (13,4%) estão a frente.

Se o analfabetismo caiu no estado, a distribuição das pessoas de 15 a 29 anos de idade que não estavam ocupadas e nem estudavam ou se qualificavam no RN subiu no período. Em 2016, o número era de 25,9%. Já em 2017, o índice chegou a 26,5%.

O percentual de jovens nesta faixa etária no Brasil que não trabalhava e não estudavam no ano passado cresceu 1,2 ponto percentual, passando de 21,8% para 23%. Segundo a pesquisa do IBGE, no ano passado, em um universo de 48,5 milhões de jovens nesta faixa etária, 11,16 milhões estavam nesta condição (de não trabalhar e nem estudar), contra 10,54 milhões existentes em 2016.

Em 2017, das 48,5 milhões de pessoas com 15 a 29 anos de idade, 23,0% (11,2 milhões) não trabalhavam nem estudavam ou se qualificavam, contra 21,9% em 2016. De um ano para o outro, esse contingente cresceu 5,9%, o que equivale a mais 619 mil pessoas nessa condição.

Confira aqui pesquisa completa

Fotos: Reprodução/IBGE

0 comentários:

Postar um comentário

Translate