29 abril 2018

Parlamento do Mercosul presta solidariedade ao ex-presidente Lula

O Parlamento do Mercosul (Parlasul) – órgão democrático e legislativo da representação civil dos povos do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela – denunciou nesta sexta-feira (27), em Montevidéu, no Uruguai, a prisão que classifica como “arbitrária” de Lula e se integra à campanha para libertação do ex-presidente.

A bancada progressista iniciou a reunião com um “bom dia, Lula” e o Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel fez um pronunciamento no plenário sobre a experiência de ter sido barrado na visita ao petista na Polícia Federal de Curitiba.

A senadora Fátima Bezerra, que é membro do Parlasul, assinalou que a prisão do ex-presidente já comove o mundo e que gestos como o que teve a bancada progressista do Parlamento do Mercosul fortalecem a resistência ao arbítrio e à injustiça da prisão de Lula. “Uma solidariedade que ultrapassa as fronteiras do Brasil. Somos muito gratos”, destacou a senadora.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate