16 fevereiro 2018

Processo de pagamento da folha de inativos permanece na UERN



Após uma série de reuniões envolvendo o reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto, a vice-reitora Fátima Raquel Morais, pró-reitor de planejamento Fábio Lúcio e a pró-reitora adjunta de planejamento Tatiana Paula e o secretário estadual de planejamento Gustavo Nogueira ficou definido que a folha de pagamento de inativos 

(aposentados e pensionistas) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) não sofrerá grandes mudanças com o orçamento migrando para o Instituto de Previdência do Rio Grande do Norte (IPERN).

Com isso, o processamento do pagamento dos aposentados segue na UERN. “Há uma preocupação dos nossos inativos com essa situação e nós buscamos agir no sentido de tranquilizá-los quanto aos seus direitos”, frisou o reitor Pedro Fernandes que também destacou a colaboração do secretário Gustavo Nogueira. “A sensibilidade do secretário foi fundamental para que a gente pudesse garantir que mesmo com o orçamento da folha de inativos indo para o IPERN a gente mantivesse o controle de todo o processo na universidade o que na prática não altera nada para os aposentados e pensionistas”, acrescentou.

O pagamento segue sendo feito normalmente pela UERN como era antes. A única coisa que muda são os procedimentos orçamentários. “Na prática continua tudo como era antes”, explica o pró-reitor Fábio Lúcio.

Isso foi sentido no último sábado quando os servidores que recebem até R$ 4 mil tiveram depositados nas contas os salários sem qualquer mudança.

O Governo do Estado ao elaborar a LOA de 2018 colocou o orçamento de inativos da UERN no IPERN. Uma emenda do deputado estadual George Soares recolocou o orçamento de volta na folha da universidade, mas o executivo ainda não publicou a LOA. “Como ele não publicou a LOA a LDO prevê que seja executado um doze avos da proposta original encaminhada a Assembleia”, explica Fábio Lúcio.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate