26 janeiro 2018

Preso, Lula pode manter regalias de ex-presidente

Como ex-presidente, manterá assessores, seguranças e motoristas

Este Omega importado, placa OUG-1107, pago pelo governo para Lula, acumulou 8 multas em três meses, para o contribuinte pagar.

Publicidade A legislação sequer prevê o que acontecerá com as regalias de ex-presidente de Lula, quando ele passar a cumprir sua sentença de 12 anos e 1 mês de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro. A Lei não prevê o cancelamento de regalias bancadas pelo governo. Até quando no exterior, Lula é acompanhado por assessores pagos pelo governo. Mesmo preso, é provável que ele ainda receba os benefícios. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os contribuintes roubados bancam para Lula dois carros com motoristas, além de assessores com salários de até R$13 mil mensais. Um dos carros, um Ômega importado placa OUG-1107, acumulou oito multas apenas entre agosto e outubro de 2016, em São Paulo.

O gabinete pessoal de Lula, na condição de ex-presidente, tem um custo mensal de R$70 mil somente com salários e auxílios. 
 
A lei sobre regalias de ex-presidentes é de 1986, mas as alterações de ‘94 e 2002, e a regulamentação (2008). Nada falam em cassar direitos.

Parte dos assessores do presidente Michel Temer defende que ele revogue as regalias de Lula, mas ele ainda não decidiu.
 
Fonte: Diário do Poder

0 comentários:

Postar um comentário

Translate