24 novembro 2017

Educação do RN longe da Meta: Apenas 3% das escolas do RN conseguem patamar mínimo de qualidade no Ideb


Por isso, ao assumir a Secretaria da Educação deste Município convoquei os Profissionais da Educação, Igrejas, Sindicados, Associações Comunitárias, Conselho Tutelar e demais representantes da Sociedade Civil Organizada para juntos lutarmos pela melhoria da qualidade da Educação deste Município. Para tanto, a SMECET tem o seguinte lema: "TODOS PELA EDUCAÇÃO"
Esse enunciado se coaduna com o  'conceito amplo' de educação contido no Art. 1º da LDB.


O Rio Grande do Norte integra a lista dos estados brasileiros em que menos de 10% das escolas de ensino fundamental atingiram o patamar mínimo estabelecido pelo Ministério da Educação. Apenas 3% das escolas potiguares conseguiram a média 6,0 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para os anos iniciais (4º ao 5º ano do ensino fundamental), cujas provas foram realizadas em 2015.

Ao todo, 10 estados tiveram menos de 10% das escolas com Ideb 6. Todos estão nas regiões Norte e Nordeste. Além do RN, estão na lista Amapá, que ainda não tem nenhuma escola dos iniciais com a nota, Sergipe (1%), Bahia (2%), Maranhão (2%), Pará (2%), Paraíba (3%), Alagoas (4%), Pernambuco (5%) e Tocantins (9%).

A meta do governo federal é de que até 2021, o Brasil atinja nota seis no índice, que mede a qualidade do ensino. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que aplica a Prova Brasil e calcula o Ideb, definiu a meta estimando que o desempenho 6 (entre 0 e 10) corresponde ao desempenho médio dos estudantes do 5º ano do fundamental da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) na edição 2003 do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa).

(Leia mais…)

0 comentários:

Postar um comentário

Translate