07 outubro 2017

Pagamento em dia e melhoria na segurança gabaritam Robinson para 2018, crê Galeno

Galeno acredita que o atual governador chegará a 2018 com chances de disputar a reeleição se, além de prosseguir com o atual trabalho, fizer ajustes em determinados segmentosgaleno torquato
João Gilberto

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) disse nesta sexta-feira, 6, que o governador Robinson Faria (PSD) vem tendo “muita responsabilidade” ao conduzir a administração estadual. Na avaliação do parlamentar, o chefe do Executivo vem “superando os obstáculos”, mesmo com crises instaladas nas áreas política, institucional, hídrica e econômica.
Por considerar que a atual gestão vem tendo um bom desempenho, mesmo em um período de forte retenção, Galeno acredita que o atual governador chegará a 2018 com chances de disputar a reeleição se, além de prosseguir com o atual trabalho, fizer ajustes em determinados segmentos. O empréstimo de cerca de R$ 698 milhões que deverá ser contraído junto ao Banco do Brasil também deve colaborar, segundo o peessedista.
“Creio que, através desse empréstimo, muitas coisas nesse governo serão melhoradas: infraestrutura, saúde, trechos rodoviários e folha de pagamento. Se melhorar a folha, der um ajuste na segurança e organizar mais os hospitais regionais para desafogar os da Grande Natal, o governador Robinson terminará bem este ano e chegará a 2018 com a perspectiva de uma possível candidatura para continuar governando o Rio Grande do Norte”, destacou.
Segundo Galeno, contudo, o cenário eleitoral para o Governo do Estado ainda está indefinido. Para o deputado, duas questões contribuem para a “nebulosidade” do quadro: a votação da reforma política no Congresso e a complicada situação jurídica de pretensos candidatos, como Robinson, que é investigado na operação Anteros.
“O Brasil está passando por uma avalanche de denúncias e inquéritos. Não se sabe quem poderá ser candidato. Temos que ver como vai ser a regra do jogo e como a situação vai se comportar daqui para frente”, colocou.
Sobre os possíveis nomes da disputa, Galeno visualiza atualmente quatro principais possibilidades. Além do governador Robinson, ele cita como pré-candidatos a senadora Fátima Bezerra (“ainda não declarou, mas é forte candidata”), o desembargador Cláudio Santos (“homem de respeito que assumiu a presidência do TJ e fez um bom trabalho”) e o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.
Em relação ao pleito para o Senado, o parlamentar do PSD assinalou que os atuais senadores que terminarão o mandato em 2018, Garibaldi Alves Filho (PMDB) e José Agripino Maia (DEM), “merecem o respeito do povo do Rio Grande do Norte pelos serviços que prestaram”, mas registrou que “podem surgir nomes”, oriundos da Assembleia Legislativa, da Câmara Federal ou mesmo do setor empresarial.

Translate