02 setembro 2017

UERN apresenta ao MP projetos e avanços na acessibilidade no Campus Central e na FACS

Encontro ocorreu na manhã desta sexta-feira. Foto: Joyce Moura

O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o professor Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto, se reuniu com representantes do Ministério Público (MP) para apresentar os projetos e avanços na acessibilidade no Campus Central e na Faculdade de Ciências da Saúde (FACS). O encontro foi realizado na manhã desta sexta-feira, 1, na sede da Promotoria.

A reunião contou com a presença do promotor Guglielmo Marconi, do assessor jurídico da UERN, Ítalo Dantas; o assessor de obras da UERN, Osmídio Dantas; da Secretária Geral da Diretoria de Política e Ações Inclusivas (DAIN), Luziana Filgueira; e da deputada estadual Larissa Rosado.

Durante o encontro, foi apresentado o projeto geral de acessibilidade no Campus Central, que prevê a construção de pavimentação, passarelas, rampas de acesso e sinalização horizontal de acessibilidade. O projeto está orçado em R$ 1,2 milhão. “A primeira etapa das obras de acessibilidade na Uern já foi concluída, com a pavimentação, rampas e asfalto”, afirma o assessor de obras Osmídio Dantas, destacando que os serviços desta etapa foram viabilizados por meio de emenda parlamentar de R$ 300 mil da deputada Larissa Rosado. Para a conclusão do restante do projeto, a gestão da UERN irá em busca de recursos.

Também foi apresentado, o contrato de execução das obras de acessibilidade nas salas de aulas e nos banheiros da Faculdade de Direito (FAD). Os serviços já estão em andamento e estão orçados em R$ 150 mil.

O diretor de obras ainda tratou do projeto de atualização da acessibilidade na Faculdade de Ciências da Saúde (FACS). O projeto está em fase de conclusão e as obras deverão ter investimento em torno de R$ 200 mil.

Ao final do encontro, foi agendada uma nova audiência para o próximo dia 15. Na ocasião, deverão ser apresentados os avanços da negociação com o Governo do Estado sobre o orçamento e financeiro para executar os serviços.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate