01 setembro 2017

Docentes da UERN decidem sobre indicativo de greve na manhã de hoje

Blog ainda acredita que o Governador enviará uma proposta para análise da Assembleia
Professores e professoras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) decidem amanhã (01/09/2017) às 9h30, em assembleia geral, se paralisam ou não suas atividades. O indicativo de greve foi aprovado pela categoria no dia 18 de setembro e é motivado pela falta de calendário de pagamento e do cumprimento do plano de cargos e salários dos docentes.

A assembleia também terá como objetivo pensar que estratégias podem ser utilizadas pelos servidores da universidade a fim de barrar os ataques à instituição. Os docentes da UERN sofrem com os reiterados atrasos salariais, que já se arrastam por 18 meses.

Na ultima semana, a Diretoria da ADUERN esteve reunida com representantes do Governo, que foram taxativos em afirmar que não há previsão para que os salários comecem a ser pagos em dia e que a reposição salarial de 7,64%, prometida pelo Governador Robinson Faria, ainda em janeiro, não tem respaldo técnico e financeiro.

ELEIÇÃO – Antes da discussão sobre o indicativo de greve, a comissão eleitoral que coordenou a disputa à direção da ADUERN apresentará o relatório final do processo. Os dados serão apreciados pela categoria, homologando assim o resultado da eleição.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate