01 agosto 2017

Postura do Governo com UERN levou reitor a se desfiliar do PSD

O reitor da UERN, Pedro Fernandes, falou dos motivos da sua desfiliação ao PSD, partido que passou a integrar há pouco mais de um ano, durante entrevista ao jornalista Saulo Vale, da Rádio Rural de Mossoró, nesta segunda-feira, 31.

"Eu fui [para o PSD] porque tenho independência e autonomia para ir ao partido que eu quiser. Quando fui chamado pelo governo para integrar o PSD, me senti lisonjeado. Só que tudo que faço, faço com intensidade. Eu não tinha participação alguma. Por isso, depois da campanha da Reitoria da UERN, pedi desfiliação pessoalmente ao governador", destacou.

Ainda segundo o reitor, a desfiliação aconteceu por discordar de posturas do governo em relação a UERN. "Eu queria conhecer mais, participar de um projeto de estado, de um projeto de país. Discutir segurança, saúde. Como não tive essa participação que eu queria, pedi desfiliação", afirmou, acrescentando que não possuiu nenhum cargo comissionado no governo estadual.


0 comentários:

Postar um comentário

Translate