12 agosto 2017

Coluna do Cláudio Humberto no Diário do Poder traz as últimas notícias da política brasileira


Amazonino também lidera 2º turno: 65% x 35% 
Amazonino Mendes (PDT) já pode mandar fazer o terno da posse: se a eleição suplementar de segundo turno para o governo do Amazonas fosse realizada hoje, ele receberia 65% dos votos válidos, contra apenas 35% do rival Eduardo Braga (PMDB). A pesquisa do instituto DMP, da Rede Tiradentes, tem 2,8% de margem de erro, para mais e para menos, e está registrada na Justiça Eleitoral sob nº AM-07699.

Confiança -
No primeiro turno, o DMP registrou impressionante precisão ao prever 38,4% para Amazonino. Apurados os votos, ele teve 38,7% dos votos.
Larga vantagem
- Considerando o total de votos, Amazonino teria 45% e, com 24%, Eduardo tem o mesmo percentual de “nenhum”. Não sabem 6%.
Amostragem - O levantamento com vistas ao segundo turno no Amazonas ocorreu entre segunda (7) e esta sexta (11), e entrevistou 1.204 eleitores.
Amplo apoio
Apesar de filiado ao PDT, Amazonino tem apoio amplo, incluindo o PSD do senador Omar Aziz e o DEM do deputado Pauderney Avelino.
Gilmar critica a ‘aristocracia togada’ brasileira
O ministro Gilmar Mendes não foge de polêmicas. Ele destacou ontem a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de abrir mão de reajuste salarial, neste momento de crise tão grave, e afirmou que o Judiciário e o setor público “precisam ter um encontro com a realidade”. Ele citou vários casos de ganhos salariais abusivos em tribunais e no ministério público e disse que se criou no Brasil “um tipo de aristocracia togada”.
Super-salários- 
Gilmar disse ter sido informado de que no Tribunal de Justiça de São Paulo, não há desembargador ganhando menos de R$70 mil líquidos.
Caixinha, obrigado
- Outro abuso citado por Gilmar Mendes foi a criação, em Cuiabá, de um “auxílio técnico” de R$14 mil para procuradores comprarem livros.
Enfrentamento
O ministro Gilmar acha que esse enfrentamento deve ser feito no plano federal: “Os Estados não têm força para lutar contra esses privilégios”.
Lobby pela incompetência
Proposta de Maria do Carmo Alves (DEM-SE) cria avaliação periódica de servidores concursados, conforme diz a Constituição. Mal avaliados serão demitidos. Mesmo assim, o relator Lasier Martins (PSD-RS) sofre pressão de categorias do funcionalismo público contra o projeto.
 
Insulto ao cidadão - Inteiramente alheio à crise que o Brasil enfrenta, o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador, fará licitação para contratar uma empresa de “personal trainer” a fim de que magistrados e servidores entrem em forma por nossa conta. No horário de trabalho, certamente.
 
Pague aí, Lula A Petrobras diz ter recebido R$432 milhões em 2016 em decorrência dos ressarcimentos oriundos da Lava Jato. Este ano o valor recuperado deve ser maior, incluindo R$16 milhões, até agora, do condenado Lula.
 
  Conta não fecha A média de aposentadorias no setor privado é de R$1,6 mil, com teto de R$ 5,2 mil, enquanto em áreas como Judiciário e no Ministério Público Federal, chegam a R$30mil por mês até a morte.
 
Penduricalhos mensais - Além do 13º e do 14º salário (R$67 mil para cada), os deputados federais têm o “cotão” que ressarce despesas de até R$45 mil/mês, sem contar R$102 mil de “verba de gabinete” para até 25 assessores.
‘O mais nefasto’ Gilmar Mendes criticou o procurador-geral Rodrigo Janot, em entrevista ontem ao programa “Bastidores do Poder”, da rádio Bandeirantes de São Paulo: “Foi o mais nefasto procurador que já passou pela PGR”.
Cara consulta -  Leitor de Brasília reclama que após contratar novo serviço que requer a troca do modem, a NET só “libera o funcionamento” após uma segunda visita técnica. Mas a nova visita custa mais R$90 ao desavisado cliente.
Criminômetro
O Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal vai lançar na terça (15), em frente à sede do governo do Distrito Federal, o Criminômetro, que contabiliza crimes no DF em tempo real. Já inicia com 600 mil. 

Pensando bem...
...hoje é dia de celebrar o Botafogo de Futebol e Regatas, algoz dos campeões da Libertadores, fundado em 12 de agosto de 1904.





0 comentários:

Postar um comentário

Translate