24 agosto 2017

Casos de Calazar em Pau dos Ferros mobilizam municípios do Alto Oeste

Em meio a confirmações de diagnóstico de leishmaniose visceral (Calazar) em cães e no homem, em Pau dos Ferros e cidades do Alto Oeste, a Prefeitura de Encanto teve a iniciativa de iniciar o debate preventivo em torno do cenário.

“Quando surgiram esses casos foi um furor muito grande. Muitas pessoas vieram me procurar”, declarou o secretário de saúde Ednardo Soares, que mediou a mesa-redonda em relação à temática no auditório do Legislativo, cuja proposta foi orientar a população.

A primeira parte das explanações ficou na incumbência das médicas Márcia de Oliveira e Mônica Duarte, ambas do Programa Saúde da Família (PSF) do município. As profissionais versaram sobre pontos esclarecedores, dando ênfase ao quadro clínico da infecção em humanos e às medidas preventivas.

A terceira convidada, a veterinária Graziela Paiva, detalhou a doença nos cães e revelou a existência de tratamento contínuo do Calazar em animais contaminados – se em estágios iniciais da enfermidade –, substituindo, assim, a eutanásia, decisão da maioria dos donos.

A realização durou pouco mais de uma hora e se encerrou com o agradecimento de Ednardo aos presentes, além da entrega de certificados de colaboração às expositoras.
Curiosidades:

1) A transmissão ocorre pela picada da fêmea do mosquito-palha, birigui ou tatuquira;

2) A atividade do transmissor é maior durante o entardecer e à noite;

3) Nem todos que são picados adoecem;

4) A infecção depende do sistema imunológico. Público mais propenso: Crianças, idosos e portadores do vírus HIV;

5) Há cura em humanos.
 
Fonte: O Mossoroense
 
DESTE BLOG: No Município de Olho D'água do Borges existem muitos 'cães de ruas' jogados à própria sorte.
Por isso, a Prefeitura Municipal deverá realizar campanha visando evitar que a doença se propague.
 
 

0 comentários:

Postar um comentário

Translate