13 julho 2017

Temer ganha fôlego: CCJ rejeita parecer favorável à denúncia por 40 a 25

Governo demonstra força e barra relatório a favor da denúncia
  Governo demonstra força e barra relatório a favor da denúncia contra Temer

Por 41 votos contra 24, às 18h53, a CCJ aprovou o relatório em que o tucano Paulo Abi-Ackel pede o arquivamento da denúncia contra Michel Temer.


A Comissão de Constiruição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados acaba de rejeitar o parecer do relator, Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), por 40 votos a 25 e uma abstenção.

Zveiter havia considerado a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente da República, Michel Temer, por corrupção passiva como válida, mas o governo demonstrou força com a articulação de deputados na CCJ e venceu a primeira batalha.

Um novo relator, Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que foi contra o parecer de Zveiter, foi escolhido para elaborar um relatório contrário à denúncia e ambos serão levados a plenário.

O próximo passo é mais difícil para o governo. Conseguir quórum de 347 deputados em plenário amanhã ou na segunda (17), na véspera do recesso parlamentar. Apesar disso, é a oposição ao peemedebista que precisa obter 342 votos para autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisar a denúncia.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate