03 junho 2017

TRE inocenta prefeita de cidade potiguar suspeita de abuso de poder

Maria de Fátima (PT) e o vice-prefeito foram cassados em novembro por prática de condutas proibidas, mas TRE-RN entendeu que não houve crime. A chapa da prefeita de Ouro Branco, Maria de Fátima Araújo da Silva (PT), foi absolvida no último dia 30 pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte do processo de cassação.

Segundo a investigação eleitoral, a prefeita e seu vice teriam cometido atos de abuso de poder econômico e político na última eleição municipal. Ambos não chegaram a ser afastados dos cargos, pois não houve sentença do TRE.
A votação que absolveu a prefeita foi de 6 votos fatoráveis e 1 contrário. Do mesmo modo, também foi absolvido o seu vice, Dr. Araújo(PSB). Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O advogado da prefeita, Thiago Cortez, explicou que “das 29 pessoas contratadas, 34%, ou seja, 10 pessoas, 0,44%do eleitorado da cidade, não votam em Ouro Branco”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate