12 junho 2017

Projeto do PT inclui nome do prefeito Carlos Eduardo como candidato ao Senado

Nos bastidores da política potiguar, já se discute um novo rumo para o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que tem o nome cogitadíssimo para disputar o Governo do Estado no próximo ano.

E o futuro do prefeito começa por tirar do PMDB o seu vice-prefeito, Álvaro Dias.

Primeiro passo para se descolar do partido que hoje tem o seu presidente Henrique Alves preso.

Não interessa mais a Carlos Eduardo ser aliado do PMDB.

E sem o PMDB como aliado, com seu poderoso tempo de televisão, fica difícil para o prefeito sair sozinho ou com aliados de pouco peso para um projeto de Governo.

O Senado tem sido a nova cogitação para o prefeito de Natal.

Mas, nada de integrar a chapa de reeleição do governador Robinson Faria (PSD) como tem se falado.

Carlos seria o nome que falta hoje para a chapa que terá – em tempos de hoje – a senadora Fátima Bezerra (PT) como candidata ao Governo e a deputada federal Zenaide Maia (PR – se filiará ao PMB) como candidata ao Senado.

Carlos, do PDT que votou contra o impeachment de Dilma Rousseff, seria o segundo senadorável do projeto liderado pelo PT.

O projeto vem sendo discutido a sete chaves, a ponto de aliados já estarem se desfazendo de projetos que vinham tomando forma.

Resta saber se um contratempo, tipo…a prisão do ex-presidente Lula, não viria a atrapalhar.

E voltando à troca de partido de Álvaro Dias…

Não interessa a Carlos Eduardo renunciar ao mandato e entregar a Prefeitura de Natal ao PMDB, que no projeto em discussão, será seu adversário.

No cenário que começa a se debater, Carlos disputaria o Senado contra o primo senador Garibaldi Filho, do PMDB.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate