04 junho 2017

MPRN apresenta boas práticas administrativas à equipe do Tribunal de Contas

As boas práticas adotadas pela administração da Procuradoria-Geral de Justiça continuam chamando atenção de vários órgãos do serviço público. Na quinta-feira (1º), uma equipe do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) foi recebida pelo procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, para conhecer detalhes do uso do cartão corporativo para pagamento de aquisições e serviços de pequeno valor.

Além do procurador-geral de Justiça, a equipe foi recebida também pelo procurador-geral de Justiça adjunto, Jovino Pereira da Costa Sobrinho, o diretor-geral da Instituição, Marcondes Diógenes Paiva, servidores e gestores de Material e Patrimônio, Orçamento e Finanças, e do Controle Interno.

“Para nós é sempre uma satisfação uma visita dessa, de outros órgãos que nos procuram interessados em conhecer nossas boas experiências, práticas que deram certo”, disse Rinaldo Reis.

A presidente da Comissão de Controle Interno do TCE, Teresa Cristina Dias Diógenes, informou que o Tribunal de Contas está minutando uma Resolução que dispõe sobre o uso do cartão corporativo e isso motivou a visita ao MPRN para conhecer as peculiaridades do uso do cartão no órgão ministerial.

“Estamos nessa fase lá e viemos aqui saber mais da parte operacional. Encontramos aqui o ambiente favorável para a troca de experiências”, ressaltou a presidente da Comissão.

O procurador-geral de Justiça adjunto, Jovino Pereira da Costa Sobrinho, lembrou que se hoje em dia o uso do cartão corporativo no Ministério Público Estadual é uma prática exitosa, mas foi uma ação que passou por aperfeiçoamentos. “Já passamos por várias outras normas até a atual”, disse.

Para o diretor-geral da PGJ, Marcondes Diógenes Paiva, o uso do cartão corporativo no MPRN tem sido uma forma da administração dar solução para pequenas compras com agilidade e controle. Ele lembra que no início havia certa resistência dos supridos, mas com o tempo e alguns treinamentos para disseminar o uso e prestação de contas se conseguiu maior conscientização da importância do cartão corporativo para a Instituição.

Atualmente, o MPRN tem 20 portadores do cartão corporativo e o crédito é disponibilizado à medida da necessidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate