06 junho 2017

Decadência: Henrique vai para o comando da PM, Fred na cela especial e familiares estão liberados

Agora RN
 
Audiência de custódia com o juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara, determinou o destino dos envolvidos
  Canindé Soares 
 
Henrique Alves foi preso sob força de um mandado de prisão acusado de ser beneficiário de um esquema de corrupção

O ex-ministro Henrique Eduardo Alves vai ficar preso cumprindo o mandado de prisão no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar. A decisão foi dada há pouco após a audiência de custódia, na Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN), com o juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, titular da 14ª Vara.

Além de Henrique, também tiveram seus destinos decididos os demais presos da Operação Manus, que investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal. O ex-secretário municipal de Obras (Semopi) Fred Queiroz será encaminhado para uma cela especial do sistema prisional por ter curso superior completo e por não ser uma prisão por decisão condenatória. A mulher de Fred, a blogueira Érika Nesi, e o filho do casa, Matheus Queiroz, foram liberados.

A defesa de Henrique Eduardo Alves já está preparando um pedido de soltura por meio de um habeas corpus para ser apresentado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) a qualquer momento.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate