23 maio 2017

PF busca taxista que levou Rocha Loures com mala com R$ 500 mil

Do G1RN

A Polícia Federal tenta localizar o taxista que buscou o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), um dos aliados mais próximos a Michel Temer, após receber uma mala na qual estariam R$ 500 mil, de propina.

Ex-assessor especial do presidente da República, Rocha Loures foi gravado por agentes federais saindo de uma pizzaria, na zona sul de São Paulo, carregando uma mala com dinheiro repassada pelo dono da JBS, Joesley Batista, para que o peemedebista defendesse interesses da empresa em um processo em tramitação no Cade.

Na gravação, o deputado do PMDB aparece, inicialmente, na porta do restaurante sem nada nas mãos. Ele olha para os dois lados e, então, entra novamente no restaurante.

Logo depois, Rocha Loures reaparece na fachada do estabelecimento comercial com uma mala. Antes de sair, ele volta a olhar para a rua e corre até um táxi que o espera nas proximidades. O parlamentar entra no veículo e vai embora.

É este taxista que a PF procura para tentar avanças nas investigações, segundo apurou o Blog. As outras malas entregues com dinheiro já foram encontradas. Falta apenas essa mala usada na pizzaria.

As investigações apuram se a propina entregue a Rocha Loures foi repassada ao presidente Michel Temer. Em depoimento à Procuradoria Geral da República, o executivo Ricardo Saud, da holding J&F, que controla a JBS, afirmou ter "certeza absoluta" que o dinheiro foi destinado a Temer.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate