27 maio 2017

Lava Jato chega à sua 41ª fase cumprindo 13 mandados, dois de prisão

Moro investiga compra de direitos de exploração na África
  Os treze mandados da 41ª fase da Lava Jato foram expedidos pelo juiz federal Sérgio Moro. (Foto: Pedro de Oliveira)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feita (26) a 41ª fase da operação Lava Jato, no cumprimento de 8 mandados de busca e apreensão, 1 mandado de prisão preventiva, 1 mandado de prisão temporária e 3 mandados de condução coercitiva no Distrito Federal e nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Os 13 mandados expedidos pelo juiz Sérgio Moro estão ligados à investigação de complexas operações financeiras realizadas a partir da aquisição pela Petrobras de direitos de exploração de petróleo em Benin, na África, com o objetivo de disponibilizar recursos para o pagamento de vantagens indevidas a ex-gerente da área de negócios internacionais da empresa.

A ação tem ligação com dois lobistas Jorge Luz e Bruno Luz, pai e filho que operavam para o PMDB na Petrobras. Os dois estão presos em Curitiba desde a 38ª fase da Lava Jato. Os alvos de condução coercitiva, nesta 41ª fase, são Fernanda Luz, filha de Jorge Luz, que não foi encontrada, e Álvaro Gualberto Teixeira de Melo. A PF ainda não informou os nomes dos demais alvos.

Nesse caso, o ex-deputado Eduardo Cunha já foi condenado a penas que somam 15 anos de prisão, acusado de receber propinas de US$1,5 milhão (R$4,9 mihlões). Os prejuízo à Petrobras foram estimados em US$77,5 milhões (R$254 milhões). Os investigados devem responder pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros.
 
Fonte: Diário do Poder

0 comentários:

Postar um comentário

Translate