18 maio 2017

Lava Jato: Bomba pode fazer Michel Temer renunciar ao mandato de presidente

Bomba de Joesley Batista pode levar Temer a deixar o cargo
 
A delação do empresário Joesley Batista e diretores da JBS Friboi, revelada no jornal O Globo, terá o efeito devastador de bomba atômica. Confirmada a denúncia, poderá custar o mandato do presidente Michel Temer, se não por impeachment, por renúncia. Assessores próximos de Temer sempre disseram que ele jamais enfrentaria um processo de impeachment, como o de Dilma Rousseff. O presidente foi gravado dando aval à compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As delações também ferem de morte, definitivamente, o presidente do PSDB, Aécio Neves, gravado pedindo R$2 milhões.

No curtíssimo prazo, a “bomba atômica” disparada por Joesley Batista deve dificultar a aprovação das reformas trabalhista e da previdência.

Agora se pode dizer que não vai sobrar pedra sobre pedra. Nem as que, no governo Temer, ainda não tinham virado pó na Lava Jato.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate