09 maio 2017

Governo traça estratégia para votar Reforma da Previdência até dia 31 de maio

Planalto cobra de aliados derrubada de destaques na comissão especial
Carlos Marun: 'Mesmo que não tenhamos hoje os 308 votos necessários, ainda no mês de maio nós teremos' - André Coelho / Agência O Globo

BRASÍLIA - A comissão especial da reforma da Previdência começa a votar, hoje, os dez destaques apresentados na semana passada. O governo elevou o tom ontem, em reunião no Palácio do Planalto, e cobrou dos líderes da base o compromisso de derrubar todos os destaques e aprovar o parecer do relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA). O objetivo é que o texto esteja amanhã na mesa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de modo que a votação em plenário ocorra ou no dia 24 ou no dia 31 deste mês. A derrubada dos destaques também teria o objetivo de mostrar que a proposta não está sendo desfigurada.

Veja também

LEIA MAIS: Veja quando poderá se aposentar

VEJA TAMBÉM: Saiba tudo sobre a reforma da Previdência
 
Fonte: O Globo
 
DESTE BLOG: Reforma retira direitos principalmente da classe trabalhadora que somente sentirá no futuro, após 2020.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate