14 março 2017

Aécio, Lula, Dilma, Serra, Renan e outros estão na lista de Janot

Do G1

A TV Globo confirmou com várias fontes que a Procuradoria Geral da República (PGR) solicitou que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorize abertura de investigações de pelo menos cinco ministros, seis senadores, um deputado e ex-integrantes dos governos Lula e Dilma, inclusive os dois ex-presidentes.

Os nomes são os seguintes:

Aloysio Nunes, ministro de Relações Exteriores
Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil
Moreira Franco, ministro da Secretaria de Governo
Gilberto Kassab, ministro de Ciência e Tecnologia
Bruno Araújo, ministro das Cidades
Rodrigo Maia, presidente da Câmara
Eunício Oliveira, presidente do Senado
Edison Lobão, senador
José Serra, senador
Aécio Neves, senador
Romero Jucá, senador
Renan Calheiros, senador

Para a primeira instância vão:
Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente
Dilma Rousseff, ex-presidente
Antonio Palocci
Guido Mantega

As acusações de modo geral são as seguintes: corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem, fraude a licitação, formação de cartel e artigo 350 do Código Eleitoral, que é prestar falsas informações à Justiça Eleitoral.

O relator da Operação Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, é quem decidirá se os inquéritos serão autorizados e se o sigilo será removido.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate