28 outubro 2016

14,5 mil candidatas a vereadora não recebem nenhum voto no país

G1RN

Quase 15 mil candidatas que se candidataram a vereadora nestas eleições no país não tiveram nem um voto sequer. É o que mostra levantamento da TV Globo em conjunto com a agência de dados Gênero e Número com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São 14.498 mulheres que se lançaram à disputa e terminaram zeradas na urna – ou seja, não votaram nem em si próprias. Veja reportagem do Jornal Nacional no vídeo acima.

O contingente de mulheres sem voto representa 10% do total de candidatas ao Legislativo. O mesmo não vale para os homens. Apenas 1.704 terminaram zerados – 0,6% do total de postulantes.

Ao menos 65% de todos os municípios tiveram alguma candidata com voto zerado. O dado reforça a tese de que muitas mulheres são colocadas no páreo apenas para cumprir a cota obrigatória. Esta é a segunda eleição municipal com a vigência da lei 2.034/2009, que estabelece que cada partido ou coligação deve preencher o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo.

A proporção de candidatas mulheres subiu de 2008 para 2012 após a lei. Mas se manteve em 2016. E está próxima do mínimo de 30%. Leia mais

Nas capitais, 170 mulheres acabaram o pleito sem nenhum voto. A única das 26 cidades que não teve nenhuma mulher candidata a vereadora sem voto foi São Paulo. Dos 35 partidos, 33 tiveram pelo menos uma candidata sem voto.

A cidade com o maior número de candidatas a vereador sem voto no país é Maturéia (PB): 92% delas acabaram zeradas. A Paraíba, aliás, é o estado com o maior percentual de candidatas ao cargo sem nenhum voto: 23% do total.

Veja abaixo o percentual de candidatas com zero voto por estado:


ESTADO PERCENTUAL


PB 23%

AM 22%
BA 22%
AL 19%
MA 19%
PE 18%
AP 16%
CE 15%
SE 15%
PA 14%
AC 12%
GO 11%
PI 11%
RN 11%
TO 11%
MT 9%
MG 8%
PR 8%
RO 8%
RR 7%
SP 7%
MS 5%
RJ 5%
ES 4%
SC 3%
RS 2%

0 comentários:

Postar um comentário

Translate